Pontos deVistas

Quanto mais se quer, melhor se quer.

Guardião Anterior Seguinte

Guardião

       Anterior Seguinte       
Em termos mitológicos, o grifo era um ser fantástico que pertenceu a várias mitologias e foi reproduzido em diversas alturas da história, sendo bastante recorrente na Antiguidade, na Idade Média e na época renascentista. Possuía cabeça e asas de águia e corpo de leão e além disso, dizem que punha ovos de ouro sobre ninhos também de ouro. O seu nome, em grego, significa "recurvado", como alusão ao bico curvo de águia e às garras de leão.
Os grifos eram seres guardiões, que se pensava guardarem tanto a cratera de vinho do deus Dioniso como o tesouro de Apolo situado no país dos Hiperbóreos. Devido à sua simbologia de guardião, durante a Idade Média, foi muitas vezes transposto para a escultura em igrejas e catedrais.
Actualmente existem somente dois tipos de Grifos: os idênticos ao da fotografia e o Grifo Planante do João Menéres.
;-)

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 2644
Publicação: 2016-02-05
Grupo: Fauna
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 5.6
Distância focal: 105 mm
Velocidade do obturador: 1/250 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Azevinho Praesepium Serviços Florestais Mundo inventado Para venda, antes que caia a baixo Uma questão de vista Mesa campestre Vai e vê

  Escolha da semana

D'Al Art: Ahavah
D'Al Art: Ahavah

  Comentários

Ainda não existem comentários.
Seja o primeiro a dizer algo.