Pontos deVistas

Olho por olho... e o mundo acabará cego.

Existência dupla Anterior Seguinte

Existência dupla

       Anterior Seguinte       

#Graphic

Mas há momentos, nunca o pensaste?, há momentos em que tudo se nos abisma até à fadiga. O desânimo sem fundo. A vertigem para lá de qualquer significação. Nós somos o artifício de nós. Mas é aí que construímos a legitimação de se existir. Somos duplos do que somos e por baixo da camada que nos torna plausíveis há uma outra realidade que revela o plausível em ficção. O que somos não é. O que somos é o que resta depois de tudo se dissipar. O falso de nós é que é verdadeiro. Ou ao contrário, não sei.

Pensamento de Vergílio Ferreira

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 1565
Publicação: 2012-03-15
Grupo: Grafismos
Câmara: KODAK DX6490
Abertura: f 2.8
Distância focal: 6.3 mm
Velocidade do obturador: 1/500 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Cavalinhos de pau Ilusões de claridade Suspiro dos cativos Galo e cruz Creme dental Bicolor Semana maior Torço olfactivo

  Escolha da semana

To whom it may concern: Torenvalk, Falco tinnunculus
To whom it may concern: Torenvalk, Falco tinnunculus

  Comentários

Existem 17 pontos de vista. Quem será o próximo?
Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar
01
Gravatar Willem
em 2012-03-15 07:34:13

Abstract photo, well done

02
Gravatar Adelina Silva
em 2012-03-15 09:41:55

Vergílio Ferreira... as suas reflexões são inconfundíveis. As fotos do Remus são únicas: inconfundíveis também.

03
Gravatar João Mourão
em 2012-03-15 10:29:49

Fantástico este grafismo a verde. Abstrato mas forte na sua expressão.

04
Gravatar Andrem
em 2012-03-15 17:21:17

Um bom jogo entre a transparência e a sombra projectada... ou 'retroprojectada' neste caso...
Abraço

05
Gravatar Fábio Martins
em 2012-03-15 18:19:29

Parece-me ser uma planta mas qual é que não vou lá. O meu conhecimento de plantas não é assim tanto caramba :o)

Não costumo ser fã de verde (por razões obvias) mas este ficou altamente :)

06
Gravatar Clarice
em 2012-03-15 18:37:27

Remus... tão bem escolhidas as palavras lindíssimas de Vergílio Ferreira para esta encantadora imagem...
Ouvi dizer que andam por aí problemas cardíacos a acontecer :) também estou a sentir qualquer coisa:))

07
Gravatar Kaipiroska
em 2012-03-15 22:06:30

Grande foto! O verde está sublime e os veios super bem definidos. Um excelente grafismo!

08
Gravatar Rute
em 2012-03-15 22:48:49

Sabes que me prendo sempre muito com o sentido das palavras e Vergílio Ferreira era exímio com elas. Estas que escolheste são viscerais...adorei. Mas também adorei a fotografia, tem uma definição e uma luminosidade incríveis! E aquelas finas sombras pretas vindas não se sabe donde, dão-lhe um ar misterioso e mágico. Adorei este post, Remus.
1 beijo:)

09
Gravatar Dida
em 2012-03-16 00:04:56

Hoje perdi-me nas letras (perdoa) um pouco mais do que na imagem.
Porque: por momentos pensei que se me abriu a alma e alguém me espiava dentro do peito...
"há momentos em que tudo se nos abisma até à fadiga..."

Abraço

10
Gravatar Mfc
em 2012-03-16 00:27:45

Nervuras, texturas, cores... um conjunto lindo!

11
Gravatar Yz
em 2012-03-16 19:25:22

excellent shot

12
Gravatar Sérgio Pontes
em 2012-03-17 15:22:16

Gosto particularmente do jogo de sombras por detrás da folha

13
Gravatar Remus
em 2012-03-20 14:56:27

Estou muito agradecido pelos vossos comentários.

Willem and yz: Thank you.
Fábio Martins: «Parece ser uma planta...» Mas tu tens dúvidas que seja?! :-)
clarice: É... ultimamente tem sido mais fortes. :-P

14
Gravatar Alex
em 2012-03-22 23:27:44

simples... facil de fazer... so é preciso um olhar atento... que é aquilo q tu tens...

15
Gravatar Iris
em 2012-03-25 23:45:15

maravilhoso, tudo. é-se obrigado a acreditar que a vida é um mistério e nunca se duvide do teu talento

16
Gravatar Chica
em 2017-11-14 09:05:18

Palavras e foto lindas! abraços, ótimo dia! chica

17
Gravatar Janita
em 2017-11-14 15:13:08

Por vezes também sinto que o falso em mim (?) é que poderá ser verdadeiro... não sei!
Mas em relação à fotografia não tenho dúvidas... é um coração!!!
:)