Pontos deVistas

A arte é um resumo da natureza feito pela imaginação.

Segurar a lâmpada Anterior Seguinte

Segurar a lâmpada

       Anterior Seguinte       

#Object

Lembro-me de que certa noite, eu teria uns quatorze anos, quando muito, encarregaram-me de segurar uma lâmpada elétrica à cabeceira da mesa de operações, enquanto um médico fazia os primeiros curativos num pobre-diabo que soldados da Polícia Municipal haviam carneado. (...) Apesar do horror e da náusea, continuei firme onde estava, talvez pensando assim: se esse caboclo pode aguentar tudo isso sem gemer, por que não hei de poder ficar segurando esta lâmpada para ajudar o doutor a costurar esses talhos e salvar essa vida? (...)
Desde que, adulto, comecei a escrever romances, tem-me animado até hoje a ideia de que o menos que o escritor pode fazer, numa época de atrocidades e injustiças como a nossa, é acender a sua lâmpada, fazer luz sobre a realidade de seu mundo, evitando que sobre ele caia a escuridão, propícia aos ladrões, aos assassinos e aos tiranos. Sim, segurar a lâmpada, a despeito da náusea e do horror. Se não tivermos uma lâmpada eléctrica, acendamos o nosso toco de vela ou, em último caso, risquemos fósforos repetidamente, como um sinal de que não desertamos nosso posto.

Texto de Érico Veríssimo.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 2959
Publicação: 2017-03-26
Grupo: Objectos
Câmara: KODAK DX6490
Abertura: f 8
Distância focal: 11.1 mm
Velocidade do obturador: 1/1000 sec
Flash: Disparado

  Mais fotografias

Oca, sem água... ...com água, molhada Best European Destination 2017 Aceso na alma Uma espécie de Carnaval Ode ao gato À descoberta de... Petite 600

  Escolha da semana

Gootchaï's Photoblog: Rencontre improbable
Gootchaï's Photoblog: Rencontre improbable

  Comentários

Existem 9 pontos de vista. Quem será o próximo?
Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar
01
Gravatar Chica
em 2017-03-26 21:48:50

Texto lindo do Érico e a foto igualmente bela! abraços, chica

02
Gravatar Steven
em 2017-03-27 01:12:25

A great analogy that is true words to follow in today's society!!

03
Gravatar Questiuncas
em 2017-03-27 10:41:10

Fiquei curioso e confuso.
A lâmpada está acesa, ou é só flash?
Nota-se na rosca da lâmpada a luz do flash (acho eu), mas com uma velocidade de 1/1000 s a luz do flash será suficiente para iluminar a lâmpada?
Curioso e confuso, é assim que estou.
Também poderia dizer que sinto a falta de alguns comentários, mas isso são outras conversas.
provocará na fotografia algum ef
como o fundo está totalmente negro, fiquei confuso

04
Gravatar Manu
em 2017-03-27 10:54:56

Segurou a lâmpada, mas não a acendeu, certo?
Ficou um belo contraste!

05
Gravatar Willem
em 2017-03-27 11:04:24

This "cool" idea beautifully photographed.

06
Gravatar Olivier
em 2017-03-27 12:33:04

Another very intense photography period (...).
In the image of this light bulb, you have a lot of imagination and you're a crazy man... that's for sure! ;-)
Congratulations for this beautiful work, these beautiful photographic experiences, my friend. It's always a pleasure to come to your site. Thank you.

07
Gravatar Lis
em 2017-03-27 16:38:14

'Segurar a lâmpada', diz muito além da historinha.
Quantas vezes torna-se necessário um pouco de claridade para sairmos do torpor que nos embrenhamos... e tão bom é se encontramos alguém que nos segure a lâmpada. Gostei Remus
Abraço de muitos outros que darei porque estou na área _querendo muito não desertar, de novo.

08
Gravatar João Menéres
em 2017-03-27 19:17:07

Embora esteja presente no casquilho o uso do flash, creio que uma lâmpada fosca sobre um fundo negro bem o dispensava, digo eu...
E precisou de 1/1000?

09
Gravatar Dida
em 2017-03-28 00:01:40

A lampada estáva apagada. O flash estava ligado....
A lampada ficou fosca, o casquilho ficou em destaque...
Peço explicações ;-)