Pontos deVistas

Amigos são familiares que cada um escolhe sozinho.

Até me perder... Anterior Seguinte

Até me perder...

       Anterior Seguinte       
Às vezes não sei o rumo que hei-de dar às emoções que tantas vezes me assaltam e me envolvem como um abraço apertado e que me fazem arder a pele marejando-me os olhos de uma água inexplicável que parece vir de fontes longínquas.
Sereno, doce e misterioso é esse elixir que se derrama assim no meu pedaço de ser, sem pudor e sem explicações!
Não sei de onde vem esta exaltação que assenta arraiais no meu peito e se derrama depois como uma avassaladora avalanche, em todos os poros do meu corpo.
É como uma viagem não planeada sem destino e sem bagagem na qual apenas levo comigo os pés despidos transformados em pássaros e pequenas nuvens desmanchadas em pedaços de algodão que me vão abrindo caminho para que simplesmente eu me possa abandonar, caminhar até me perder, até me perder...

Este é o resultado da colaboração da Dupla R&R no mês de Fevereiro.
Como sempre, a minha «Menina R» deu as palavras e eu a imagem. Mas porque outros motivos se impõem na vida, este mês tornou a existir um gamanço consentido. As palavras fazem parte do post «Até me perder...» que a Rute publicou em Maio de 2012.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 2934
Publicação: 2017-02-21
Grupo: Preto e Branco
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 5
Distância focal: 82 mm
Velocidade do obturador: 1/6 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Ouve e voa No fio Analógica Segundo a etiqueta Atrás da sombra da janela Ninguém é dono do mar Na ponte Moda 2017

  Escolha da semana

Shoot me: Curiosidade
Shoot me: Curiosidade

  Comentários

Existem 7 pontos de vista. Quem será o próximo?
Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar
01
Gravatar Hugcardoso
em 2017-02-21 23:31:07

Ora aqui está uma boa metáfora para o nosso dia a dia.

02
Gravatar Dida
em 2017-02-21 23:37:11

Que dizer? Gosto! Gosto muito.
É menino. É, inovador. É surpreendente. É futurista.
Mas também é fofo.
A opção P&B está quanto a mim, delicada. O boneco poderia ser para publicidade de um filme.
Está maravilhoso. Bem enquadrado e engendrado.
Ninguém se perdeu, acredito.

03
Gravatar João Menéres
em 2017-02-21 23:59:34

Bem esgalhada!
E o texto muito bem pescado!

04
Gravatar Steven
em 2017-02-22 00:11:24

A somber narrative that accompanies this post. I hope that everything is OK.

05
Gravatar Manu
em 2017-02-22 02:05:15

Fiquei perdida, confesso, não sei por onde começar. A foto está perfeita e com uma luz que o Remus sabe utilizar na perfeição e tudo ficou bem melhor com as palavras sempre emocionantes da Rute.
Continuem a perder-se em palavras e olhares.

06
Gravatar Camerando
em 2017-02-22 02:18:04

O boneco foi emprestado de Ana? Onde vocês encontraram estes bonecos? Eles são fotog'enicos :)!!! Estou com problemas no teclado :(
Sobre a fotografia: O único pormenor imperfeito me parece um dos pés do boneco. Como manifestado anteriormente: O imperfeito é a arte da vida real. Fotografia tecnicamente fantástica em enquadramento e iluminação. Minha humilde opinião.

07
Gravatar Willem
em 2017-02-22 09:59:17

Beautifully done, fine compo, exposure and B/W processing.