Pontos deVistas

A fotografia é um texto, com apenas uma palavra.

Penumbra doce Anterior Seguinte

Penumbra doce

       Anterior Seguinte       

#General

Diz-se que a solidão torna a vida um deserto;
Mas quem sabe viver com a sua alma nunca
Se encontra só; a Alma é um mundo, um mundo aberto
Cujo átrio, a nossos pés, de pétalas se junca.

Mundo vasto que mil existências povoam:
Imagens, concepções, formas do sentimento,
— Sonhos puros que nele em beleza revoam
E ficam a brilhar, sóis do seu firmamento.

Dia a dia, hora a hora, o Pensamento lavra
Esse fecundo chão onde se esconde e medra
A semente que vai germinar na Palavra,
Cantar no Som, flores na Cor, sorrir na Pedra!

Excerto do poema «Hino à Solidão» de António Feijó

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 1278
Publicação: 2011-02-12
Grupo: Geral
Câmara: KODAK DX6490
Abertura: f 2.8
Distância focal: 6.3 mm
Velocidade do obturador: 1/60 sec
Flash: Disparado

  Mais fotografias

Tutalho Viajante Bye bye  2010 Voltas e mais voltas Verdade ou mentira? Felicidade bate à porta Filarmónica ou sinfónica? Já te foste

  Escolha da semana

Arco-Íris Reloaded: «Osgiliath Wood»
Arco-Íris Reloaded: "Osgiliath Wood"

  Comentários

Existem 32 pontos de vista. Quem será o próximo?
Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar
01
Gravatar Ams
em 2011-02-12 17:56:26

Mesmo sem ler o texto que acompanha a foto, invadiu-me uma sensação de despojamento e solidão. Muito Boa! Excelente!

02
Gravatar Rute
em 2011-02-12 17:57:27

Pode ser de facto uma penumbra doce! O título que deste à imagem é, em si mesmo, um lindíssimo poema! Para quem diz que não é bom com as palavras...Gosto TANTO da foto,que juntamente com o título e poema, preencheram todos os bocadinhos de solidão que andavam por aqui a incomodar-me ;)

1 beijo:)

03
Gravatar Cr
em 2011-02-12 18:33:07

Fantástico trabalho! Parabéns!
Uma braço.

04
Gravatar Richard Geven
em 2011-02-12 18:57:37

A wonderful composition Remus!! Simple but strong!!

05
Gravatar Sérgio Pontes
em 2011-02-12 21:13:58

Adorei o detalhe da foto, apenas o único reparo seria que eu daria mais cerca de 1 cm de foto na parte de cima a nível de enquadramento. Mas mesmo assim ficou com um resultado muito bom.

Abraço

06
Gravatar Helder Ferreira
em 2011-02-12 22:42:06

Muito bom Remus! Parabéns!

07
Gravatar Fábio Martins
em 2011-02-12 23:13:42

Não acho que o título se enquadre de alguma forma nessa fotografia. Quanto à mesma... tem um enqnadramento fantástico e a cor ajuda-a a transmitir uma mensagem de solidão.

08
Gravatar Jorge C Reis
em 2011-02-13 10:31:41

Excelente p&b. Enquadramento estranho mas que resulta magnificamente. Parabéns

09
Gravatar Fernando Santos (chana)
em 2011-02-13 14:28:07

Bela fotografia...Espectacular....
Cumprimentos

10
Gravatar Quetzal
em 2011-02-13 14:49:52

Gosto da simplicidade, da simetria, do uso do P&B e também do poema :-)

11
Gravatar Mfc
em 2011-02-13 16:00:15

Uma foto absolutamente diferente!
O espaço como elemento interrogativo.
Parabéns.

12
Gravatar Willem
em 2011-02-13 16:37:26

Simply but great

13
Gravatar Adrian Laroque
em 2011-02-13 17:46:42

Perfeita

14
Gravatar Paulo Marcelino
em 2011-02-13 19:23:05

Ok, esta convenceu-me, contraste excelente! Muito bom trabalho Remus

15
Gravatar Iris
em 2011-02-13 22:39:16

penumbra reveladora. existe e é, de facto, muito doce :-)
obrigada pela visita e pela generosidade dos comentários (achados por mero acaso mas em boa hora :-))

16
Gravatar Clarice
em 2011-02-14 00:50:11

E assim me sento, aqui!:)

17
Gravatar Sonia Pires
em 2011-02-14 09:03:27

Como a imagem encaixa tão bem no poema, ou vice-versa. Imagem, titulo e poema muito bom.....e para mais, foste buscar um poeta da minha terra. Gostei!

Beijinhos

18
Gravatar Rue Du Lavoir
em 2011-02-14 12:00:03

Un très beau cadrage et de belles textures...

19
Gravatar Alex
em 2011-02-14 13:04:00

a solidão dos dias... uma imagem que fala por si.. carregada de historia... de simbolismo... uma edição mto suave... gosto mto da inclusão do chão... de "muito chão"...

20
Gravatar Aa
em 2011-02-14 14:48:03

Gosto do enquadramento!!! Original!

21
Gravatar Gonçalo
em 2011-02-15 11:25:32

O encanto está na simplicidade e geometria que provocam uma enorme descontracção.

22
Gravatar Domlortha
em 2011-02-15 11:30:32

Great composition in BW, with the geometry of the ground and the white of the bench! Well seen and well done!!!
Have a nice day.

23
Gravatar Ruimnm
em 2011-02-15 16:08:23

adoro esta imagem. a simplicidade faz a fotografia. e se o banco fosse branco, então era perfeito.

24
Gravatar Dalmeida
em 2011-02-19 14:07:59

Gostei imenso desta. Muito sugestiva sem necessidade das cores. Também há uma sensação de grafismo e texturas nela... Tema bonito.

25
Gravatar Remus
em 2011-02-19 14:56:09

Muito obrigado pelos vossos comentários.

Rute: É um facto plenamente comprovado que não sou muito dado a questões de letras. :-)
Richard Geven, DomLOrtha and Willem: Thanks!
Sérgio Pontes: Sugestão aceite.
Rue Du Lavoir: Thanks!

26
Gravatar Jorge Monteiro
em 2011-02-20 17:40:38

Perspectiva e tonalidades tal como eu gosto...e tu sabes disso!

27
Gravatar Existe Um Olhar
em 2011-02-20 20:51:45

A escolha do P&B foi óptima para acentuar a ideia de solidão.
Gostei!
Beijos
Manu

28
Gravatar Ana Freire
em 2014-04-13 23:12:33

Adoro a imagem, pela simplicidade e despojamento absoluto.
Eu teria puxado o banco ligeiramente mais abaixo... tirando isso está perfeita.
Texto absolutamente excepcional... decididamente tenho que começar a olhar para a poesia com outros olhos... normalmente a minha praia, costuma ser mais a prosa...
É sempre bom haver alguém que nos mostra mundos diferentes.
Um abraço
Ana

29
Gravatar Fabrício
em 2014-04-14 17:57:07

Mais uma vez, poesia e fotografia se complementam...

30
Gravatar Mario
em 2017-01-30 22:45:15

Uns anos depois esta fotografia voltou a ser vedeta. Um banco acompanhado de paralelepípedos está, de facto, só. A única e verdadeira companhia é a parte gráfica que a valoriza e assim se impõe.

31
Gravatar Ana Lúcia
em 2017-01-30 22:48:38

:) Acho que me sentava aí.

32
Gravatar Mariam
em 2017-01-31 00:17:55

Bom registo e tema! Pbs! Bjs