Pontos deVistas

O sal da vida é a amizade.

Sem gesto Anterior Seguinte

Sem gesto

       Anterior Seguinte       

#Experiment

Há momentos em que sentir
é como a ausência do postigo
por onde poderia, se houvesse,
infiltrar-se a voz melíflua do poema
É como a carência das manhãs transcedentes
e o constante perfume do orvalho no ar
É como a garrafa lançada ao mar viajando
sob estrelas que por sua vez viajam o éter
trazendo mensagens (poemas?) do inicio das eras
É como a solidão que se instala transbordando
tudo que eu ainda não disse/não fiz
É como o som das insidiosas máquinas de guerra
que ca(n)tam as velhas canções
e reverberam a cantilena de velhos discursos
É como o choro silencioso,
sem gesto,
sem destino,
sem começo
e sem fim
É como um labirinto
infinito
onde a esperança repousa ingente.

Excerto do poema «Palavras efêmeras» de J L Silva

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 1767
Publicação: 2012-12-07
Grupo: Experiências
Câmara: KODAK DX6490
Abertura: f 5.6
Distância focal: 6.3 mm
Velocidade do obturador: 1/1000 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Isolamento profundo 8º aniversário do Pontos de Vistas Copo de leite A cidade Em alta cotação Torre dos Clérigos Revistas Não é estação

  Escolha da semana

To whom it may concern: Grote bonte specht, Dendrocopos major
To whom it may concern: Grote bonte specht, Dendrocopos major

  Comentários

Existem 27 pontos de vista. Quem será o próximo?
Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar
01
Gravatar Zekarlos
em 2012-12-07 14:12:49

Que grande silhueta, parece um desenho de tão bem recortado. Bom fds.

02
Gravatar Fábio Martins
em 2012-12-07 14:49:19

Oh ZEKARLOS, então não se vê logo que aquilo é tudo photoshop? :-)
Estiveste bem Remus, belo contra-luz

03
Gravatar Questiuncas
em 2012-12-07 16:51:33

Vocês não percebem nada.
É evidente que aquilo é gelatina de chocolate e ainda por cima o Remus deixou torrá-la no tacho.

04
Gravatar Yz
em 2012-12-07 17:10:39

great color transition in the sky

05
Gravatar Fabricio K Ramos
em 2012-12-07 17:27:00

Essas são minhas preferidas. Gostei muito da silhueta. Está a esconder a imensidão do mar.
Abraços.

06
Gravatar Zekarlos
em 2012-12-07 18:14:00

Eheheheheh acabei de responder à tua questão.
Grande abraço

07
Gravatar Tiago Braga
em 2012-12-07 22:33:33

Boa fotografia, gostei das cores, bons contrastes, cores e tonalidades

08
Gravatar João Menéres
em 2012-12-08 01:44:25

Admirável, Marco !

09
Gravatar Lis
em 2012-12-08 03:37:52

As pedras geralmente tem contornos bonitos e na contra-luz nota-se mais,
e o poema complementa falando de uma certa solidão, captada pela sua câmera,
muito boa foto,
mando abraço ao Remus

10
Gravatar Ana Lúcia
em 2012-12-08 08:38:20

Bonito contra luz!

11
Gravatar Clarice
em 2012-12-08 10:34:36

Pena serem rochas e pedras muito pesadas... ai, roubava, roubava... para sombras chinesas com histórias medonhas ou de encantar!
E a luz... o que eu gosto desta luz de quando o sol diz boa noite...

(Remus... por favor entende que muitas vezes esta minha vontade em fazer as coisas saírem do seu (primeiro) lugar :) é culpa TUA! Falas vezes demais neste assunto e a vontade duplica ou triplica... é que isto é uma doença ... e desde toucas de banco de plástico do mais fraquinho que há, a paisagens com um oceano pela frente... fico cega e a coisa dá-se!:) :)

12
Gravatar João Menéres
em 2012-12-08 16:00:34

Quando à 1:44 ( da noite ! ) escrevi :
Admirável, Marco !

queria escrever :

ADMIRÁVEL, REMUS !

As minhas desculpas, Remus!

13
Gravatar Roadrunner
em 2012-12-08 16:48:59

O que estará por detrás, para além do pôr-do-sol ou nascer do sol?

14
Gravatar Willem
em 2012-12-08 18:07:25

Bela imagem Remus.
Excellent light.

15
Gravatar Rem_la
em 2012-12-08 18:54:08

tres belle lumiere

16
Gravatar Jorge Monteiro
em 2012-12-08 19:12:32

Bonita a luz que nos mostras aqui...
Gosto do pormenor do Sol por trás da rocha.

17
Gravatar Manu
em 2012-12-09 14:07:23

Gosto dos tons de fim de tarde e imaginar gigantes de pedra que em vão tentam esconder a beleza do entardecer que aqui nos mostra.

18
Gravatar Vera Cymbron
em 2012-12-09 16:57:57

A cor do céu e o primeiro plano todo escuro resultam muito bem.

19
Gravatar Kaipiroska
em 2012-12-09 22:15:05

Bonito contraluz sr. Remus. Esta é mesmo uma foto ao meu género. Gosto e muito dos tons suaves do céu em contraste com o negro das rochas :)

20
Gravatar L Reis
em 2012-12-09 23:28:57

Eu vejo ali um gigante inclinado sobre uma bela adormecida dentro de uma caixinha...e não me contraries!
(...gosto daquela escuridão a contrastar com as nuances pálidas do céu)

21
Gravatar Dida
em 2012-12-10 20:35:02

A mim parecem-me monstros bondosos. Figuras feiosas por fora e belas por dentro.
Gosto disto!

22
Gravatar Helena Prata
em 2012-12-10 21:34:00

Gosto do degradê suave das cores.

23
Gravatar Llapa
em 2012-12-11 21:25:32

Belas cores!!

24
Gravatar Alex
em 2012-12-13 19:36:25

q contra luz... brutalissimo.. as cores do por do sol estão lindas....

25
Gravatar Remus
em 2012-12-14 21:16:50

Muito obrigado pelos vossos comentários.

Fábio Martins: É... É...
Questiuncas: Gelatina de chocolate?
Yz and Willem: Thank you.
Clarice: A fama, essa já ninguém a tira. :-)
João Menéres: :-) Ainda foi a tempo e corrigiu a troca. :-P
Roadrunner: O mar...
Rem_la: Merci.

26
Gravatar Olivier Rault
em 2012-12-24 14:51:35

Lumière divine !
Bonnes fêtes de fin d'année à toi ;)

27
Gravatar Ger7son
em 2012-12-31 18:17:54

Realmente, você acertou em registrar o ponto certo do contra-luz. Notei também que está inspitado nas palavras.