Made in China
Made in China

f AnteriorSeguinte e

Até agora já existem 19 pontos de vista.
Comentar
01
Roadrunner
em 2013-05-06 18:52:30

Como seria o mundo sem as chinesas?...

Saudações!

02
Willem
em 2013-05-06 19:14:52

This idea beautifully photographed.

03
Ana Lúcia
em 2013-05-06 23:02:40

Ainda fiquei com menos apreço pelo país e em particular pelos seus governantes. Também não tenho qualquer gosto pelas lojas chinesas... mas tenho de confessar que ADORO comida chinesa. :)
E já agora o que foi que andaste a destruir/escavacar para fazer esta fotografia? :P

04
Rute
em 2013-05-06 23:25:43

Isso que dizes é terrível, na verdade esse lado da cultura chinesa assusta-me profundamente, é a negação dos mais básicos direitos humanos, da dignidade do ser humano.
1 beijinho

05
Dida
em 2013-05-07 00:28:42

Não faço ideia como seria.
Por cá?
Menos lojas de quinquilharias.
Nós também emigramos para trabalhar fora (para produzir).
Tenho a sensação que os chineses que por cá "pairam" invadiram o nosso país para descarregar contentores de lixo.

Um dia em que me doíam os pés como o diabo, entrei numa loja "deles" comprei umas sandálias por 15€ (giras e confortáveis). Calcei-as na hora. Deram para chegar até ao estacionamento onde tinha o carro. Quando lá cheguei já estavam num estado de degradação que...
Levadas ao doutor (sapateiro) me arrancou mais 15€ para as colocar de novo em circulação.
Ou seja: Tenho umas sandálias que me custaram apurado o valor 30€.
Por este valor tinha comprado numa sapataria made in Portugal.
Estou rezingona, vou ficar caladinha.
Beijinho

06
Manu
em 2013-05-07 01:25:26

Depois do panorama descrito e que nos deixa a pensar, lembrei-me de uma ocasião em que pude visitar duas cidades da China e o que mais me impressionou foi vê-los nas lojas (sempre abertas) onde comiam à socapa uma malga de arroz e quando entrávamos interrompiam o repasto para nos atender com um bonito sorriso, muito diferente dos que proliferam por cá.
Mesmo que não compre Made in China, há os grandes costureiros parisienses e não só, que mandam lá confecionar os vestidos das ladies e depois pensamos que estamos a vestir uma coisa muito in e que afinal veio de lá, não é o meu caso porque não tenho papel que chegue para me dar a esses luxos :P
Com esta prosa toda já me ia esquecendo da foto que como sempre tem o dedo inconfundível e original "made by Remus" :)

07
Zekarlos
em 2013-05-07 10:14:02

E não é que tens razão, é bem a pura da realidade. Mas tb não sei como seria se eles não existissem. Abraço

08
Olivier Rault
em 2013-05-07 13:20:52

Et oui, tout est fabriqué en Chine de nos jours :((
La photo est superbe, ça rend bien un composant électronique, sublime!

09
Sérgio Pontes
em 2013-05-07 16:00:22

Realmente é um ponto de vista que nos deve fazer reflectir... Infelizmente o desemprego está para ficar e com os gigante económicos a "meterem cá os gadenhos" torna-se ainda mais dificil

10
Kaipiroska
em 2013-05-07 19:10:08

Coriscos dos chineses que fazem tudo e mais alguma coisa. Mas quase que aposto que destas coisinhas não se encontra nas conhecidas lojas dos chineses.

Estou maravilhada com a tua escolha da semana. Grande olho!!
Obrigada mais uma vez pela distinção! É uma honra.

11
Questiuncas
em 2013-05-08 10:25:41

Se o Ministro do Comércio da China visse este post, certamente que apresentaria uma reclamação formal aos "nossos" Paulo Portas e Álvaro Santos Pereira.
Então em vez de nos apresentares o último modelo de motherboards, apresentas uma velhinha placa de som, penso que com barramento ISA e ainda com necessidade de tirar/colocar os jumpers para configurar as entradas/saídas de som.
Atenção que eu não sou o representante do Ministro do Comércio da China em Portugal.

12
Marina Linhares
em 2013-05-08 23:27:26

Recentemente vi umas fotos de uma produção de sapatos vendidos para uma loja caríssima na China, e fiquei horrorizada. Eles trabalham sentados no chão para dar mais espaço sem conforto algum, passam a cola nos sapatos com os dedos, e tem muito mais coisas de arrepiar.
Esses sapatos são vendidos em uma loja chiquérrima e caríssima.
E assim caminha a humanidade...

13
Tossan
em 2013-05-09 03:46:04

Jano era o deus de duas faces da mitologia romana. Uma face olhava para o passado, e a outra, para o futuro. Quando uma mentia, a outra dizia a verdade e, assim, um interlocutor jamais obtinha uma resposta assertiva para perguntas como: afinal, estou certo ou errado?
Resumindo: Um + um = dois, certo? Não, errado, com os chinas um + um = 5. As indústrias de trequinhos em geral que davam muitos empregos no Brasil estão quase todas fechadas e os empregos sumiram. Não sei se estou certo ou errado. Abraço

14
Lis
em 2013-05-11 00:18:31

Arrumastes o que falar com esse "Made in China" hem Remus/
viu quanta história nos comentários... como não fui por lá e nem pretendo rs vou ficando por aqui com os meus "made in brazil"...
abraços abraços

15
Vera Cymbron
em 2013-05-13 08:54:23

E o que vamos fazer para mudar isso?!

16
Remus
em 2013-05-19 10:45:02

Estou muito agradecido pelos vossos comentários.

Willem: Thank you.
Ana Lúcia: Poderei dizer que destruí um computador. :-)
Dida: É como diz o povo: Por vezes, o barato sai caro. :-P
Olivier Rault: Merci.
Questiuncas: Aparentemente é um grande conhecedor de tecnologia. :-)
Vera Cymbron: Pelos vistos... nada. :-|

17
Alex
em 2013-05-22 21:58:05

estamos a ser tomados por eles... :) até se aprende mandarim, aqui para os meus lados...

18
Roadrunner
em 2013-05-23 11:27:50

Essa filosofia económica-mercantilista é igual em qualquer parte do mundo...
A nossa taxa EFECTIVA de desemprego vai mais para além do dobro da chinesa. Arriscava os 23/24%.

Saudações!

19
Toper | 1 Million Free Picture
em 2013-11-10 16:24:52

Oh yeah, made in China!

Comentar

 

Como seria o mundo sem os produtos chineses?
Qual é a percentagem de produtos que tem em sua casa, que não possui na etiqueta a famosa expressão "Made in China"?
Porque é que existem tantos produtos chineses nas nossas casas?
Resposta mais honesta e simples: Esses produtos são sempre os mais baratos.
A China é uma superpotência económica e com uma enorme população. E é o facto de possuir uma superpopulação, que faz com que consiga ter uma "mão de obra barata".
Actualmente a taxa de desemprego da China é de "somente" cerca de 8% (sendo que a nossa é actualmente o dobro dessa e na vizinha Espanha, é de mais do triplo). Mas esses 8% relacionados à população chinesa, faz com que no total sejam perto de 30 milhões de chineses desempregados, ou seja, é o mesmo que ter três vezes a população portuguesa como desempregados.
Com 30 milhões de possíveis trabalhadores, as empresas não precisam de dar melhores condições de trabalho aos seus trabalhadores. Numa análise pura e crua: Se um possível trabalhador não aceitar trabalhar nas condições impostas, existem 30 milhões na fila, dispostos a trabalhar nessas condições.


Partilhe:

 

#1881 • Publicação: 2013-05-06
Grupo: Objectos
Máquina: KODAK DX6490
Abertura: f 3.2 • Distância focal: 11.1 mm
Velocidade do obturador: 1/10 sec
Flash: Não Disparado

Já viu estas fotografias?

Hora do lancheNegras águasTrês cabeçasTu que comes sem saborear
Naturopatia«Ulex Europaeus»Paços do ConcelhoNeblina ou nevoeiro?


Escolha da semana

Momento da Foto
Momento da Foto: In turns
In turns


Ver outras escolhas da semana



As fotografias publicadas neste sítio, não poderão ser copiadas, alteradas ou distribuídas sem a autorização expressa do autor.
No images, may be reproduced, retransmitted or distributed in any way, without the prior express permission of the author.
2004 - 2014 © Pontos de Vistas
Flinpo
Google+
Facebook
Photoblogs
Coolphotoblogs
Coolphotoblogs PdV
Vfxy Photos