Pontos deVistas

A Internet aproxima as pessoas. Inclusive as que tu não queres.

Sou barco Anterior Seguinte

Sou barco

       Anterior Seguinte       

#Water

Sou barco abandonado
Na praia ao pé do mar
E os pensamentos são
Meninos a brincar
Dei-lo que salta bravo
E a onda verde-escura
Desfaz-se em trigo
De raiva e amargura.

Ouço o fragor da vaga
Sempre a bater ao fundo,
Escrevo, leio, penso,
Passeio neste mundo
De seis passos
E o mar a bater ao fundo.

Agora é todo azul,
Com barras de cinzento,
E logo é verde, verde
Teu brando chamamento
Ó mar, venha a onda forte
Por cima do areal
E os barcos abandonados
Voltarão a Portugal.

Poema «Sou Barco» de António Borges Coelho.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 2025
Publicação: 2013-11-12
Grupo: Água
Câmara: KODAK DX6490
Abertura: f 3.7
Distância focal: 63 mm
Velocidade do obturador: 1/350 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Estrela da tarde Dâbliucê Meia-vida Se o amor não fosse assim Filho do Condor O sol é tão giro e quentinho Cogumelo O Natal chegou!

  Escolha da semana

Questiuncas: Terminal de cruzeiros do Porto de Leixões
Questiuncas: Terminal de cruzeiros do Porto de Leixões

  Comentários

Existem 15 pontos de vista. Quem será o próximo?
Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar
01
Gravatar Willem
em 2013-11-12 11:45:59

Lovely serene photo.

02
Gravatar João Menéres
em 2013-11-12 12:05:52

Um esplêndido jogo de cores frias e quentes que resultaram numa imagem, de facto, que transmite muita paz e sossego ( E eu estou tão carenciado disso !...).

A motora está registada em Vila do Conde, mas não imagino onde seja este local!

03
Gravatar Zekarlos
em 2013-11-12 17:40:11

Gosto deste encosto, quase um miminho, um descanso merecido depois de mais um dia de trabalho árduo. Grande abraço

04
Gravatar Questiuncas
em 2013-11-13 13:44:43

Mal vi este barco, lembrei-me do Popeye.
Não é que me agradem muitos os espinafres, nem o cachimbo, mas vá-se lá saber o porquê desta associação.
Mudando de assunto, não poderia deixar de gostar muito desta fotografia.
Tem uma das duas coisas que obrigatoriamente me fazem gostar de qualquer fotografia:
até o barco poderia estar de pernas para o ar,
até a fotografia poderia estar inclinada 89º,
até poderia aparecer algúm maluco a correr para a água,
até podiam muitas coisas, mas esta fotografia foi tirada ao final do dia e adoro estes tons de luz.

05
Gravatar L Reis
em 2013-11-13 21:04:50

Até o Sr Armindo está de conluio com o demo do rapaz, a deixar ali o barquinho, assim mesmo a jeito de ser fotografado... uma cena muito pacífica que deixa a alma em calmaria.

06
Gravatar Elisa Fardilha
em 2013-11-13 23:18:46

Genial!

Adorei a foto. Parece tirada ao entardecer!

Beijinhos.

07
Gravatar Lis
em 2013-11-14 02:00:09

Um horizonte especial,parecem rochas além-mar
... e o barco remete a solidão, saudade e sabe-se lá por que...
faz o meu gênero _gosto de paisagens sentimentais.
mando abraços

08
Gravatar Ana Lúcia
em 2013-11-14 14:43:43

:) Mesmo linda!

09
Gravatar Alex
em 2013-11-15 23:45:34

a luz explêndida da "golden hour"... uma palete de cores muito suaves e quentes... uma composição tecnicamente muito bem executada.

10
Gravatar Jéfferson Cezimbra
em 2013-11-16 01:04:01

Gostei da imagem.
Fazia tempo q não postavas imagens do tipo por aqui, ou estou enganado?

11
Gravatar Luislapa
em 2013-11-16 17:18:53

Belo registo!! Gosto.

12
Gravatar Helena Prata
em 2013-11-21 00:49:06

Composição que transmite muita serenidade, bonita paisagem.

13
Gravatar Roadrunner
em 2013-11-23 14:59:32

Gostei. Algo melancólica...

Saudações!

14
Gravatar Rute
em 2013-11-23 21:25:35

Gosto muito desta paisagem e das tonalidades de fim de tarde. Aprovadíssima;)
Beijo

15
Gravatar Remus
em 2013-11-24 11:58:33

Estou muito agradecido pelos vossos comentários.

Willem: Thank you.
João Menéres: A fotografia foi tirada na Póvoa de Varzim.
Jéfferson Cezimbra: Podemos dizer que sim. É um facto que não tenho saído muito para fotografar... ;-)