Pontos deVistas

Para ver claramente, basta mudar a direcção do olhar.

Ramalhete Anterior Seguinte

Ramalhete

       Anterior Seguinte       

#Object

Antigamente, bastava riscar um fósforo numa superfície áspera, que ele automaticamente acendia. Por isso, é que em muitos filmes de Cowboys, os vemos a acender os fósforos em qualquer lugar, até na sua própria barba. Mas os fósforos fabricados hoje, só acendem se forem riscados contra a parte áspera da sua própria caixa. Porquê? O que é que mudou?
Se antigamente a substância química fósforo, (substância que em contacto com o oxigénio oxida e emite luz), estava na própria cabeça do fósforo, actualmente, essa substância química está na faixa áspera que se encontra do lado de fora da caixa dos fósforos. As cabeças dos fósforos actuais são compostas por um agente oxidante, como enxofre ou clorato de potássio, e parafina e cola que servem como combustível para alimentar a chama.

E já estamos a um mês do Natal...

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 2035
Publicação: 2013-11-25
Grupo: Objectos
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 5.3
Distância focal: 90 mm
Velocidade do obturador: 1/8 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Com pepitas Careca ou cabeludo? Se o amor não fosse assim Esperar que a poeira assente Segurança contra incêndio É um tempo de reflexos Barco negro Pérolas

  Escolha da semana

Arco-Íris Reloaded: O dia em que escolhi amar-te
Arco-Íris Reloaded: O dia em que escolhi amar-te

  Comentários

Existem 20 pontos de vista. Quem será o próximo?
Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar
01
Gravatar Cecília
em 2013-11-25 17:21:27

Depois de ler a explicação, que acho fantástica, fiquei a perceber um bocadinho de fósforos e da sua história acabo por constatar (com ajuda) que falta um mês para o natal :) não sei se há ligação com os fósforos mas achei fantástico como remate.
O tempo passa mm a correr.
Ah! Excelente fotografia, simples, bonita e perfeita.

02
Gravatar Manu
em 2013-11-25 18:43:48

As coisas que se aprendem por aqui! Confesso que gostava de os acender tipo cowboy e estes estão tão lindos que dá vontade de atear, mas como não quero causar danos a este blog, fico-me pela contemplação :P

03
Gravatar João Menéres
em 2013-11-25 19:13:23

Os de antigamente até na sola se acendiam...
Agora, metade deles partem-se ao riscar na lixa !

Vai mandar algum foguetão para a menina ?

Um abraço.

04
Gravatar Elisa Fardilha
em 2013-11-25 20:28:02

Adorei a foto!

Simples, original e bela!

Beijinhos.

05
Gravatar Photo Attraction
em 2013-11-25 22:11:59

Imagem de marca Remus: iluminação impecável numa composição cuidada.

06
Gravatar Cropping View
em 2013-11-25 23:06:33

O Remus anda a brincar com o fogo...
abraço

07
Gravatar Willem
em 2013-11-26 15:57:53

Lovely use of focus and nice exposed as alway.
A beautiful photo as result with a good compo.

08
Gravatar L Reis
em 2013-11-26 19:34:47

Sim, sim, é tudo verdade e tudo muito educativo. Dantes os fósforos também acendiam as fogueiras e, ainda mais dantes, usavam-se as fogueiras para queimar os hereges. Agora a malta está mais laica aqui para os nossos lados e já não anda por aí a grelhar as pessoas e, no entanto, há muita heresia que sobrevive, da qual é exemplo supremo esta fotografia. (Fotografia com a habitual luz invejável, a habitual ideia enervante, o habitual pormenor devastador e o habitual título a condizer)Vai daí, apetece-me um retorno em versão light (que eu não sou uma bárbara) ao tempos antigos, para eu ter uma base legal para , pelo menos, pelo menos, poder usar estes fósforos e chamuscar Remus, o Herege.
Isso é que era!!!

09
Gravatar Ana Lúcia
em 2013-11-26 22:03:56

Realmente, estamos muito perto, está na hora de fazer a minha árvore de Natal. :)
Obrigada pela partilha de conhecimento.

10
Gravatar Lis
em 2013-11-27 00:01:00

Gosto quando trabalha com os fósforos_ não é a primeira vez e sempre muito bem! o resultado é surpreendente!
* andei indo lá no flinpo pra ver as fotos e abri a sua, esqueci que estava lá e fiz um comentário e fui fazendo também nas anteriores até dar por mim que estava no ano de 2011 kkkkk
Foi divertido e bom ver tanta fotografia linda que tens !
um abraço Remus e desculpe a doideira... rs

11
Gravatar Kaipiroska
em 2013-11-28 00:14:39

Coisa linda que está aqui! Um ramalhete de fósforos. Onde é que já se viu um disparate desses?! Só aqui.

(deixa lá que isto é a dor de cotovelo a falar)

12
Gravatar Dida
em 2013-11-29 11:13:21

Por isso quando a caixa está pouco cuidada as cabeças não explodem.
Já a foto, dá vontade de lhe pegar foto.
Fantástico

13
Gravatar Helena Prata
em 2013-12-01 00:54:21

Excelente luz, uma fotografia de estúdio como deve ser ;-)

14
Gravatar Margot Félix
em 2013-12-01 06:03:15

Ficou um mimo! :)

15
Gravatar Questiuncas
em 2013-12-02 13:10:02

Porquê aquele buraquinho no meio do ramalhete?
É um fósforo pigmeu?

16
Gravatar Jéfferson Cezimbra
em 2013-12-06 00:13:30

O q dizer de uma imagem dessas?
Gira, muito gira rsrsrsrs

17
Gravatar Remus
em 2013-12-07 22:26:35

Muito obrigado pelos vossos comentários.

Cecília: Não existe uma associação directa. Dado a data em que foi publicada, foi simplesmente uma constatação. :-P
João Menéres: Para essa tal "menina", vou enviar bombas de Carnaval. :-P
Willem: Thank you.
L Reis: Olha quem fala! Estivéssemos ainda no tempo de andar a queimar os hereges, a senhora seria a primeira da fila e eu só estaria em 6937º lugar. :-)
Lis: Mesmo nas fotografias antigas, os seus comentários são sempre muito bem vindos.
Questiuncas: Porque disseram-me que todo o ramalhete que se preze, tem que ter um buraquinho. Pelos visto é de algo de lei. :-)

18
Gravatar Roadrunner
em 2013-12-09 12:10:59

Ramalhete explosivo!

Saudações!

19
Gravatar Olivier
em 2013-12-18 12:54:25

Simples e eficaz. Eu quero mais ...

20
Gravatar Alex
em 2014-01-04 00:04:06

obrigada pela explicação... o q significa q estes objetos agora se deveriam chamar tudo menos fósforos... sugiro "cloratos"... :) adoro o ramalhete