Pontos deVistas

O sal da vida é a amizade.

Todo o prodígio é de ar Anterior Seguinte

Todo o prodígio é de ar

       Anterior Seguinte       

#Black&White

Palavras com o seu peso, apaixonadas
pelo seu peso.
Palavras que demoram nas fronteiras do solo,
palavras trabalhadas pelo vento,
palavras com sede como a água.
Até onde as palavras já não possam progredir.
No cimo do cimo, numa árvore de estrelas.
Um deus murmura, se é um deus o ar, o deus do aberto e do intacto.
Tão perto de ser nada, renasço no vazio, renasço anónimo.
Nada me protege nesta abóbada aberta e tudo me soergue.
Tudo é vago, tudo é irmão do vento, tudo é informulável.
Se escrevesses as palavras poderiam ser lâmpadas de pólen.
Mais longe, mais alto desata-se a serpente dos sinais.
Todo o prodígio é de ar, todo o sentido é ar.

Poema «Para além das palavras com as palavras» de António Ramos Rosa.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 2120
Publicação: 2014-03-17
Grupo: Preto e Branco
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 10
Distância focal: 50 mm
Velocidade do obturador: 1/250 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Que me acalma a ansiedade Usar e deitar fora Energia hidráulica Recarregar Meu mar Para o DWC A pá do gigante F HGM JFC

  Escolha da semana

To whom it may concern: Grote bonte specht, Dendrocopos major
To whom it may concern: Grote bonte specht, Dendrocopos major

  Comentários

Existem 20 pontos de vista. Quem será o próximo?
Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar
01
Gravatar Cristina
em 2014-03-17 18:03:47

Sou a primeira hoje, então vou dizer que gosto muito desta imagem e da perspectiva diferente.

02
Gravatar João Menéres
em 2014-03-17 18:42:55

Grande homenagem a António Ramos Rosa corroborada com a excelente imagem!

03
Gravatar Alex
em 2014-03-17 20:16:05

perfect!

04
Gravatar Elisa Fardilha
em 2014-03-17 20:16:20

Uma foto divinal/única!

Beijinhos.

05
Gravatar Ana Freire
em 2014-03-17 20:57:21

Belo texto e belíssima perspectiva da foto!
Mas isto de começar a tirar fotos pendurado pelos pés, já vai muito além...
Coloca tudo num patamar... bem mais elevado!

06
Gravatar Willem
em 2014-03-17 21:12:05

Simply excellent!!

07
Gravatar Jose Vilhena Moreira
em 2014-03-17 23:30:04

Belíssima respiração.
:)

08
Gravatar Manu
em 2014-03-18 06:46:03

O ar que faz com que as palavras se soltem, que os olhares se percam, que as emoções fluam e que a delicadeza de um olhar nos seduza, como é o caso.

09
Gravatar Roléro-t
em 2014-03-18 09:16:12

Perfecto! Remus

10
Gravatar Zekarlos
em 2014-03-18 12:38:39

Tão simples, tão bom. Gosto.

11
Gravatar Questiuncas
em 2014-03-18 15:23:29

Porquê a fotografia ao contrário?
Ainda estás sob efeito das 300 caipirinhas? (Mais tempero que fruto)

12
Gravatar Mariiana Capela
em 2014-03-18 18:39:24

ai pá, adoro este contraste! sou grande fã das tuas fotografias a preto e branco sabias? Gosto mesmo muito, está linda!

13
Gravatar Tossan
em 2014-03-20 03:43:18

Show de fotografia, show de criatividade. Abraço do teu fã brasuka. Abraço

14
Gravatar Jarek
em 2014-03-20 07:49:47

Great shot! I like it!

15
Gravatar Ana Lúcia
em 2014-03-21 22:11:21

:P Andaste às voltas com os ramos!!!?? Espero que não tenhas ficado preso.
Mais uma fantástica.

16
Gravatar L Reis
em 2014-03-22 14:28:39

Bonito macramé vegetal! Uma fotografia a apostar na simplicidade de elementos...mas não haverá nenhum espécie de fotografia onde este senhor não seja um sucesso??? Eu tenho esperança... pequenina, é certo, tão pequenina...

17
Gravatar Rute
em 2014-03-22 17:00:36

Gosto muito da simplicidade desta fotografia, muito. E as palavras do grande Ramos Rosa vêm embelezar ainda mais o ambiente.
Beijinhos

18
Gravatar Roadrunner
em 2014-03-23 15:25:58

5 *****!

Saudações!

19
Gravatar Kaipiroska
em 2014-03-27 01:15:20

É coisa para se dizer: "o prodígio és tu!" Grande foto! Simples e muito bem enquadrada.

20
Gravatar Remus
em 2014-03-28 20:34:39

Estou muito grato pelos vossos comentários.

Ana Freire: Não é preciso ficar pendurado. Basta fazer o pino. :-P
Willem and Jarek: Thank you.
Roléro-t: Merci.
Questiuncas: Para ficar diferente. Mas também faço intenções de publicar uma outra fotografia, muito parecida com esta, que ficou no seu estado "normal".
Mariiana Capela: Não sabia. Ainda por cima, não acho que fotografia a preto e branco seja o meu ponto forte. ;-)