Pontos deVistas

A arte de agradar muitas vezes encobre a arte de enganar.

Mais rápido que a luz Anterior Seguinte

Mais rápido que a luz

       Anterior Seguinte       

#Experiment

E se alguém andasse mais rápido que a luz?
Segundo a famosa equação de Albert Einstein E=MC², onde E é energia, M é massa e C é a velocidade da luz, massa e energia são a mesma entidade e podem ser transformadas uma na outra. Devido a essa equivalência, quanto mais energia tiver um objecto, maior é a sua massa. Em outras palavras, quanto mais veloz for um objecto, maior sua massa. Isso só torna-se perceptível a velocidades realmente altas. Se o objecto mover-se a 10% da velocidade da luz, sua massa será apenas 0,5% maior que no estado normal. Mas se ele se mover a 90% da velocidade da luz, a sua massa será o dobro do que no estado normal. Conforme o deslocamento torne-se mais rápido, mais cresce a massa; quanto mais próximos da velocidade da luz, maior será a massa, aproximando-se de valores infinitos. Ou seja, precisaríamos de energia infinita para continuar a aceleração até atingir os 300 000 quilómetros por segundo (a velocidade da luz no vácuo é de 299 792 458 metros por segundo).
Moral da história, nunca irá ser possível viajar à velocidade da luz, independentemente da quantidade de energia que se consiga produzir.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 2152
Publicação: 2014-04-28
Grupo: Experiências
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 4.2
Distância focal: 36 mm
Velocidade do obturador: 1/8 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Todo o prodígio é de ar Ás 2 3 F HGM JFC Vazio Podia e pude Soltar minhas amarras Psitacídeo À mulher poveira

  Escolha da semana

To whom it may concern: Torenvalk, Falco tinnunculus
To whom it may concern: Torenvalk, Falco tinnunculus

  Comentários

Existem 19 pontos de vista. Quem será o próximo?
Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar
01
Gravatar Ana Freire
em 2014-04-28 23:52:52

Nos tempos que correm, mais rápido do que a luz... só se for mesmo a conta da luz...
Mas se alguém andasse mesmo mais rápido do que a luz... acho que se espalhava mais depressa, ainda...
Daí a formula Espalhanço=Muita Correria ao quadrado.
Quem corre, não reflecte. E quando não se reflecte, comete-se erros e... espalha-se.
Até a própria teoria do Einstein ainda continha alguns erros... e porquê? Porque não deu ouvidos ao velho ditado: devagarinho que tenho pressa... e quis ir à velocidade da luz.
Em relação à foto... não poderia estar mais adequada ao tema e ao título , com esse desfoque soberbo...
Quando for grande, quero aprender a fazer um desfoque assim...
Enquanto isso... continuo focada.
Bjs
Ana

02
Gravatar Jarek
em 2014-04-29 06:53:37

Interesting....

03
Gravatar Photo Attraction
em 2014-04-29 09:49:54

E tudo isto apartir de velas.
O Einstein ficaria orgulhoso...

04
Gravatar Questiuncas
em 2014-04-29 11:03:45

Lamento, mas tenho de concordar no presente (com o que actualmente conhecemos), mas discordar recorrendo ao passado e vendo a evolução e abandono das diversas teorias.
Para ilustrar esta teoria minha, relembro os nomes de Ptolomeu, Copérnico, Galileu, Kepler, Newton, Einstein e Questiuncas (mais à frente percebem o porquê de me incluir).
O conhecimento não é como a velocidade da luz, constante, é uma evolução e um constante desafiar de teorias.
Apesar desta introdução toda convém esclarecer que, no presente, já é possível andar mais depressa do que a velocidade da luz. Até há locais próprios para isso: «Sou pedra»; «Orogenia»; «The hills are alive»; «Corre, Questiuncas. Corre!»

05
Gravatar Manu
em 2014-04-29 13:09:41

Ainda bem que não é possível viajar à velocidade da luz, já imaginou a energia que se perdia e as coisas interessantes, como é o caso desta foto, que se deixavam de ver?!
Eu prefiro o estilo "caracol" devagar devagarinho, ou mesmo parada :P Pois foi como fiquei especada a olhar para a foto e a perguntar-me, como é que o Remus conseguiu este brilhante efeito?

06
Gravatar Sérgio Pontes
em 2014-04-29 14:56:46

Um efeito "panning" muito bem conseguido

07
Gravatar João Menéres
em 2014-04-29 15:08:24

Uma imagem bem pensada, bem executada e que resultou muito bem graças ao REMUS saber utilizar as variantes (velocidade de obturação e profundidade de campo).
As minhas felicitações e aquele abraço devido ao editor de um blogue verdadeiramente didáctico.

08
Gravatar Zekarlos
em 2014-04-29 15:52:50

Boa, isto é que é brincar com a luz, seja ela rápida ou lenta. Abraço

09
Gravatar Willem
em 2014-04-29 17:16:17

Cool shot, full of effects in beautiful b/w, very well done.

10
Gravatar Elisa Fardilha
em 2014-04-29 20:28:24

Prefiro não correr e ficar aqui sentadinha apreciando a magnífica foto.

Beijinhos.

11
Gravatar Cristina
em 2014-04-29 22:02:35

Rápido gostei desta foto.

P.S. Agradeço por estar mais uma vez na escolha da semana, espero ver aqui uma fotografia com a dica que te passei, ;))

12
Gravatar Oldshutterhand
em 2014-04-30 07:17:24

Nice idea with that cake, hat, light ring.

13
Gravatar Jéfferson Cezimbra
em 2014-04-30 17:26:53

Andas a rezar muito? Isso é devido aos inúmeros pecados? rsrsrsrs
O efeito resultou muito bem.Só escureceria mais o fundo para evidenciar ainda mais o excelente efeito conseguido. Mas isso se fosse eu,mas como é o Remus, que assim seja rsrsrsrs
Abraço

14
Gravatar Lis
em 2014-05-04 03:49:56

Nunca faria nada parecido Remus
Parabéns! sempre com ideias iluminadas...

15
Gravatar Roadrunner
em 2014-05-06 00:55:00

Não estou tão certo disso. Ando a ver o Cosmos...

Saudações!

16
Gravatar Olivier
em 2014-05-09 13:05:01

Wow ... I love your effect. With the zoom lens?

17
Gravatar Remus
em 2014-05-12 21:02:46

Estou muito grato pelos vossos comentários.

Ana Freire: Gostei dessa interpretação da formula E=MC². :-P
Jarek, Oldshutterhand and Willem: Thank you.
Ana Freire e Manu: É fácil fazer fotografias assim, mas também é trabalhoso. Primeiro temos que usar uma velocidade lenta e depois quando clicamos no disparador, é necessário mexer no zoom da câmara/lente ou então, temos que nos chegar para a frente ou até para trás, conforme o efeito que queremos criar. São necessárias várias tentativas para conseguir acertar nos momentos certos. Mas depois de saber é sempre a andar. :-)
Jéfferson Cezimbra: Ámen! :-D
Olivier: Merci.

18
Gravatar Ana Lúcia
em 2014-05-12 21:47:05

Cheguei tarde!!! Já todos sabem que os ovnis existem menos eu!
:(
E viram os ETs? :)

19
Gravatar Alex
em 2014-06-03 23:55:44

... tu conseguiste, com esta imagem psicadélica! ;)