Pontos deVistas

Um dia perdido é aquele em que não nos rimos.

Porta do Sol Anterior Seguinte

Porta do Sol

       Anterior Seguinte       

#Urbanism

Chegamos à porta do Sol: sentámo-nos ali a gozar da majestosa vista. É majestosa mas triste. A ribanceira que dali corta abaixo, até ao rio, é árida e quase calva: cobrem-na apenas, como a mal povoada nuca de um velho, alguns tufos de verdura cinzenta e grisalha de um arbusto rasteiro, meio frutex meio herbáceo, que aqui chamam "Salgadeira" e que a tradição diz ter vindo de África para segurar a terra nestes taludes e precipícios. O aspecto e hábito da planta é realmente africano e oriental, não tem nada de europeu. Mas esta derradeira e ocidental parte da nossa Espanha é, geologicamente falando, já tão África, tão pouco Europa. que não seria necessária a transplantação talvez; e porventura ficou esta memória entre o povo do uso que os moiros faziam da planta para esse fim.
Esta porta do Sol dizem que é onde se faziam as execuções em tempos antigos. Foi bem escolhido o sitio; não o há mais triste e melancólico. Ao pé está um torreão quadrado da muralha que aí forma canto para seguir depois na direcção de sul a norte. Deste lado as fortificações e lanços de muro estão todas pouco estragadas; e do mirante a que subimos, pode-se formar perfeita idéia do que era uma antiga cidade murada.

Excerto do livro «Viagens na Minha Terra» de Almeida Garrett.

@ Porta do Sol em Figueira Castelo Rodrigo

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 2320
Publicação: 2014-12-06
Grupo: Urbanismos
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 8
Distância focal: 22 mm
Velocidade do obturador: 1/160 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Bons garfos mas más línguas Memória volátil O quê? Não dá o xicolate!? Praça-forte de Almeida Lava Praia do Cabedelo Ajustem as dioptrias Sigo pelo caminho mais fácil?

  Escolha da semana

Gootchaï's Photoblog: Rencontre improbable
Gootchaï's Photoblog: Rencontre improbable

  Comentários

Existem 17 pontos de vista. Quem será o próximo?
Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar
01
Gravatar Willem
em 2014-12-06 16:03:05

Compo/framing and light are fantastic here.

02
Gravatar João Menéres
em 2014-12-06 16:36:26

Não pude deixar de reparar nas linhas curvas da padieira e o efeito da sombra da parede no chão!

03
Gravatar Elisa Fardilha
em 2014-12-06 20:18:06

Não conheço Figueira Castelo Rodrigo, infelizmente.

A foto esta genial, com um jogo de luz e sombras, excelente.

Beijinhos.

04
Gravatar Manu
em 2014-12-06 23:07:43

Gostei da luz e sombra que foi captada nesta Porta do Sol, felizmente o burro ficou à sombra.
Excelente perspectiva! O Remus posicionou-se no sítio ideal para conseguir este resultado.

05
Gravatar Ana Freire
em 2014-12-07 02:03:52

Adoro cidades muradas... são um mundo dentro de outro mundo...
Os muros isolam, mas também protegem e aconchegam... e se repararem bem... são este género de cidades que não estando abertas a todas as influências do mundo, melhor conservam a sua essência e genuinidade, desde os primórdios da sua fundação.
E como diz o Padre António Vieira, os muros só são muros enquanto não se fecham... e por isso gosto de muros... e de ter os meus... com o livre arbítrio de escolher se são efectivamente muros... ou se aqui e além, de vez em quando, há uma janelita, ou porta que se abra...
Adoro a imagem. Tem uma perspectiva fantástica. E o prolongamento da porta nos reflexos do sol no chão, faz um efeito magnifico... Lá está... numa terra onde há uma porta para o sol... não existem verdadeiros muros...

06
Gravatar Mariianacapela
em 2014-12-07 02:05:05

está tão bonita :) e esse sitio parece-me lindo! já está na minha lista :))

07
Gravatar Lis
em 2014-12-07 21:30:45

Melancólica mesmo Remus
Tem um ar de desafeto _apesar do sol que a redime.
Belo ângulo conseguistes!

08
Gravatar Paulo César Silva
em 2014-12-07 22:17:58

(quase) todas as povoações muralhadas tem uma porta do sol... mas esta emana mesmo sol... está tudo na sobra e só há sol a partir da foto... bem conseguida! só uma coisita, um preciosismo: isto é Castelo Rodrigo, Figueira de Castelo Rodrigo é mais lá para baixo... embora seja tudo concelho de Figueira de Castelo Rodrigo!

09
Gravatar Jéfferson Cezimbra
em 2014-12-07 23:06:45

Gostei do sitio, da composição, da luz, das sobras e do céu à Remus.
Abraço

10
Gravatar Dalmeida
em 2014-12-08 00:13:37

'Viagens na Minha Terra' foi uma leitura escolar obrigatória. Lembro-me que os primeiros 20 capítulos foram difíceis, mas também me lembro que os capítulos seguintes compensaram o esforço, tendo acabado por adorar o livro :).
Aqui em Setúbal também existe uma Porta do Sol, assim ogivada, muito representada pelos artistas plásticos da cidade, mais que os fotógrafos :).
Esta revelada pelo Remus é bem bonita, airosa, mais romântica que melancólica, mais intemporal que triste :).
Amei o pormenor do burro lá ao fundo! Eu tenho uma paixão por burros!

11
Gravatar Oldshutterhand
em 2014-12-08 14:01:17

Seems to be a hard road that you travelled.

12
Gravatar Pat
em 2014-12-09 19:40:02

Good management of the light! j love the rustic side of the stone

13
Gravatar Roadrunner
em 2014-12-10 13:52:51

Um excelente pormenor histórico-literário.

Saudações!

14
Gravatar Alex
em 2014-12-11 02:35:18

andei la perto, por estes dias... :) q postal... até o raio do burro ficou a posar para ti... sortudo!

15
Gravatar Jarek
em 2014-12-16 20:05:52

Nicely composed photo, and the donkey in the background is cute :-)

16
Gravatar Remus
em 2014-12-21 11:20:46

Muito obrigado pelos vossos comentários.

Willem, Jarek and Oldshutterhand: Thank you.
Manu, Dalmeida e Alex : O burro que não é realmente um burro. Era uma espécie de cartaz. ;-)
Pat: Merci.

17
Gravatar Ana Lúcia
em 2014-12-23 17:59:33

Adoro as linhas e a sombra.