Pontos deVistas

Como as plantas a amizade não deve ser muito nem pouco regada.

Eram aos molhos Anterior Seguinte

Eram aos molhos

       Anterior Seguinte       

#Object

Nos finais do século XIX, existia em Portugal um número considerável de pequenas oficinas e fábricas de fósforos.
Esta realidade altera-se em 1895, por decisão do Governo, com a criação da Companhia Portuguesa de Fósforos, à qual concedeu o exclusivo do fabrico de fósforos. Esta abre duas fábricas de grande porte, uma em Lordelo do Ouro, no Porto, e outra no Beato, em Lisboa. Durante cerca de trinta anos, a Companhia produziu fósforos de enxofre, integrais e amorfos, de cera e de madeira.
Entretanto outras empresas aparecem em Portugal, nomeadamente em 1926 surge a Fosforeira, que se localizou em Espinho, mas era no Porto que se concentrava a produção de fósforos. A Fosforeira laborou até ao dia 30 de Setembro de 2006, na altura era a última empresa que produzia fósforos em Portugal.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 2321
Publicação: 2014-12-07
Grupo: Objectos
Câmara: KODAK DX6490
Abertura: f 3.2
Distância focal: 23.1 mm
Velocidade do obturador: 1/60 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

10º aniversário do Pontos de Vistas Em ramos nus Debaixo da minha cama Museu de Arte Contemporânea Sou como um rio Olho e sigo as linhas do infinito Bayerische Motoren Werke Sigo pelo caminho mais fácil?

  Escolha da semana

In' Pression a LUZ: {speechless}
In' Pression a LUZ: {speechless}

  Comentários

Existem 18 pontos de vista. Quem será o próximo?
Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar
01
Gravatar Chica
em 2014-12-07 10:07:15

Foto linda e foi bom saber mais da história dos fósforos! legal!abraços, lindo domingo! chica

02
Gravatar Willem
em 2014-12-07 11:27:50

Beautifully done, fantastic result.

03
Gravatar Ana Freire
em 2014-12-07 14:13:40

Efectivamente... eram mesmo aos molhos, as coisas que este país já produziu em tempos... e que se constata, como aos poucos deixa de o fazer... não escapando à onda de desindustrialização e deslocalização, da produção europeia, para países asiáticos.
Nem os fósforos escapam...
E a mim também não me escapa, o facto de ver por aqui, mais uma foto genial, pela sua concretização e simplicidade aparente...
Como sempre uma iluminação impecável... que não me parece ser feita... à luz de fósforos...
Esses fósforos estão mesmo com um ar iluminado... cheios de bons pensamentos, pudera... vê-se que só têm pensamentos cor de rosa...
Bjs
Ana

04
Gravatar Elisa Fardilha
em 2014-12-07 16:00:42

Tudo se "mata" neste país empobrecido!

Uma foto de luxo, com a cabeça dos fósforos com um rosa forte contrastando, magnificamente, como preto do fundo.

Beijinhos.

05
Gravatar João Menéres
em 2014-12-07 19:47:32

Deixo o meu comentário para quando o REMUS vir estes FÓSFOROS e como a foto mais votada no Flinpo!
Portanto, desde já, os meus parabéns.

06
Gravatar Manu
em 2014-12-07 20:35:34

Os fósforos deram lugar aos isqueiros, embora eu ainda os use.
Será que estes vão atear alguma fogueira para o Remus se deliciar com um belo grelhado?
Como sempre estas fotos de estúdio deixam-me encantada e com vontade de tentar um dia fazer o mesmo.
Excelente o contraste, o rosa aqui foi rei!

07
Gravatar Lis
em 2014-12-07 21:33:29

Excelente Remus
_como sempre, só posso me repetir dizendo que criatividade e talento sobram nesse portal.
Gostei muito!
abraço

08
Gravatar Paulo César Silva
em 2014-12-07 22:24:04

só espero que nenhum destes se lembre de ter uma ideia brilhante... acho que transmitia a ideia aos outros rapidamente :D
agora mais sério: é impressionante como o nosso sector industrial foi drasticamente reduzido (bem como a agricultura)... quem pensa que um pais pode viver de serviços e turismo. desconheço que exista um pais cuja a principal actividade seja o turismo e os serviços, e seja um pais evoluído, que respeite as pessoas e que as pessoas tenham um nível de vida aceitável!!!

09
Gravatar Jéfferson Cezimbra
em 2014-12-07 23:05:02

Gostei muito da imagem, da luz principalmente...
Obrigado por nos transmitir mais conhecimentos sobre Portugal.
Abraço

10
Gravatar Rute
em 2014-12-07 23:51:09

De facto eram aos molhos e agora mal se usam e eu nunca tinha pensado nisto! Agora são isqueiros, fogões eléctricos com bicos eléctricos. enfim, tudo se transforma, tudo vai mudando!
Gostei imenso do forte cor-de-rosa das cabeças dos fósforos. boa fotografia.
Beijinhos

11
Gravatar Dalmeida
em 2014-12-08 00:06:10

As coisas que uma pessoa aprende neste blogue... Muito interessante este apontamento! Desconhecia totalmente!
E muito agradável esta foto, mais um grafismo de sucesso :). Bem cuidada a composição entre fósforos maiores e mais pequenos, nem dá vontade de os acender, tal é o efeito decorativo. Perigosamente decorativo :).
Ah, e adoro fósforos! Ainda uso bastante! Para certas coisas dão mais jeito que os isqueiros. E quem está ligado a rituais espíritas, por exemplo, só deve mesmo usar fósforos, pelo simbolismo da madeira.

12
Gravatar Oldshutterhand
em 2014-12-08 14:00:13

Poerful sticks.

13
Gravatar Pat
em 2014-12-09 19:38:59

You put us on fire! beautiful composition

14
Gravatar Roadrunner
em 2014-12-10 13:54:21

E agora já não há fósforos made in Portugal?!

15
Gravatar Alex
em 2014-12-11 02:37:34

e entao deixamos de fazer fosforos? nao me digas q até isso já importamos... enfim... :S

quer dizer, diga-se em abono da verdade, q agora ja quase tudo é eletrico... mas eu gostava de ver a malta com tanta modernice a ter uma falha de energia em casa... e nao é tão bom jantar/estudar/trabalhar/ler um livro à luz das velas?... pois... e sem eletricidade como se acende a vela?! :)

16
Gravatar Remus
em 2014-12-22 18:37:07

Obrigado pelos vossos comentários.

Willem and Oldshutterhand: Thank you.
Manu: Está a ver como sabe. Cá em casa só se usa fósforos. :-D
Paulo César Silva: Peço-lhe que quando o senhor Paulo chegar a primeiro-ministro, não se esqueça de nós. Pelo menos faça o mesmo que o Zé, o preso n.º 44, que nunca se esqueceu dos seus amigos do peito. ;-)
Pat: Merci.
Roadrunner: Actualmente deverá existir. Mas na altura em que fecharam a Fosforeira, ela era a única empresa de fósforos a operar em Portugal. Segundo sei, mais tarde, antigos funcionários e um dirigente da Fosforeira, abriram uma nova empresa em Vila Nova de Gaia. Mas actualmente não sei se ela continua em elaboração.
Alex: Podemos usar duas pedras para acender uma fogueira, é que segundo os filmes, resulta sempre. :-P

17
Gravatar Gonçalo
em 2014-12-22 22:36:05

Foto muito bem construída! É uma foto à Remus!

18
Gravatar Ana Lúcia
em 2014-12-23 17:58:28

:) Concordo com o Gonçalo.