Pontos deVistas

Uma boa foto é aquela que abre sua imaginação, que traz emoção.

Eram aos molhos Anterior Seguinte

Eram aos molhos

       Anterior Seguinte       

#Object

Nos finais do século XIX, existia em Portugal um número considerável de pequenas oficinas e fábricas de fósforos.
Esta realidade altera-se em 1895, por decisão do Governo, com a criação da Companhia Portuguesa de Fósforos, à qual concedeu o exclusivo do fabrico de fósforos. Esta abre duas fábricas de grande porte, uma em Lordelo do Ouro, no Porto, e outra no Beato, em Lisboa. Durante cerca de trinta anos, a Companhia produziu fósforos de enxofre, integrais e amorfos, de cera e de madeira.
Entretanto outras empresas aparecem em Portugal, nomeadamente em 1926 surge a Fosforeira, que se localizou em Espinho, mas era no Porto que se concentrava a produção de fósforos. A Fosforeira laborou até ao dia 30 de Setembro de 2006, na altura era a última empresa que produzia fósforos em Portugal.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 2321
Publicação: 2014-12-07
Grupo: Objectos
Câmara: KODAK DX6490
Abertura: f 3.2
Distância focal: 23.1 mm
Velocidade do obturador: 1/60 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Xisto 10º aniversário do Pontos de Vistas Não deixes que sejam só sombras Porta do Sol Debaixo da minha cama Hidrófitas De nome, Camélia Gilete

  Escolha da semana

In' Pression a LUZ: {hotênsias #5}
In' Pression a LUZ: {hotênsias #5}

  Comentários

Existem 18 pontos de vista. Quem será o próximo?
Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar
01
Gravatar Chica
em 2014-12-07 10:07:15

Foto linda e foi bom saber mais da história dos fósforos! legal!abraços, lindo domingo! chica

02
Gravatar Willem
em 2014-12-07 11:27:50

Beautifully done, fantastic result.

03
Gravatar Ana Freire
em 2014-12-07 14:13:40

Efectivamente... eram mesmo aos molhos, as coisas que este país já produziu em tempos... e que se constata, como aos poucos deixa de o fazer... não escapando à onda de desindustrialização e deslocalização, da produção europeia, para países asiáticos.
Nem os fósforos escapam...
E a mim também não me escapa, o facto de ver por aqui, mais uma foto genial, pela sua concretização e simplicidade aparente...
Como sempre uma iluminação impecável... que não me parece ser feita... à luz de fósforos...
Esses fósforos estão mesmo com um ar iluminado... cheios de bons pensamentos, pudera... vê-se que só têm pensamentos cor de rosa...
Bjs
Ana

04
Gravatar Elisa Fardilha
em 2014-12-07 16:00:42

Tudo se "mata" neste país empobrecido!

Uma foto de luxo, com a cabeça dos fósforos com um rosa forte contrastando, magnificamente, como preto do fundo.

Beijinhos.

05
Gravatar João Menéres
em 2014-12-07 19:47:32

Deixo o meu comentário para quando o REMUS vir estes FÓSFOROS e como a foto mais votada no Flinpo!
Portanto, desde já, os meus parabéns.

06
Gravatar Manu
em 2014-12-07 20:35:34

Os fósforos deram lugar aos isqueiros, embora eu ainda os use.
Será que estes vão atear alguma fogueira para o Remus se deliciar com um belo grelhado?
Como sempre estas fotos de estúdio deixam-me encantada e com vontade de tentar um dia fazer o mesmo.
Excelente o contraste, o rosa aqui foi rei!

07
Gravatar Lis
em 2014-12-07 21:33:29

Excelente Remus
_como sempre, só posso me repetir dizendo que criatividade e talento sobram nesse portal.
Gostei muito!
abraço

08
Gravatar Paulo César Silva
em 2014-12-07 22:24:04

só espero que nenhum destes se lembre de ter uma ideia brilhante... acho que transmitia a ideia aos outros rapidamente :D
agora mais sério: é impressionante como o nosso sector industrial foi drasticamente reduzido (bem como a agricultura)... quem pensa que um pais pode viver de serviços e turismo. desconheço que exista um pais cuja a principal actividade seja o turismo e os serviços, e seja um pais evoluído, que respeite as pessoas e que as pessoas tenham um nível de vida aceitável!!!

09
Gravatar Jéfferson Cezimbra
em 2014-12-07 23:05:02

Gostei muito da imagem, da luz principalmente...
Obrigado por nos transmitir mais conhecimentos sobre Portugal.
Abraço

10
Gravatar Rute
em 2014-12-07 23:51:09

De facto eram aos molhos e agora mal se usam e eu nunca tinha pensado nisto! Agora são isqueiros, fogões eléctricos com bicos eléctricos. enfim, tudo se transforma, tudo vai mudando!
Gostei imenso do forte cor-de-rosa das cabeças dos fósforos. boa fotografia.
Beijinhos

11
Gravatar Dalmeida
em 2014-12-08 00:06:10

As coisas que uma pessoa aprende neste blogue... Muito interessante este apontamento! Desconhecia totalmente!
E muito agradável esta foto, mais um grafismo de sucesso :). Bem cuidada a composição entre fósforos maiores e mais pequenos, nem dá vontade de os acender, tal é o efeito decorativo. Perigosamente decorativo :).
Ah, e adoro fósforos! Ainda uso bastante! Para certas coisas dão mais jeito que os isqueiros. E quem está ligado a rituais espíritas, por exemplo, só deve mesmo usar fósforos, pelo simbolismo da madeira.

12
Gravatar Oldshutterhand
em 2014-12-08 14:00:13

Poerful sticks.

13
Gravatar Pat
em 2014-12-09 19:38:59

You put us on fire! beautiful composition

14
Gravatar Roadrunner
em 2014-12-10 13:54:21

E agora já não há fósforos made in Portugal?!

15
Gravatar Alex
em 2014-12-11 02:37:34

e entao deixamos de fazer fosforos? nao me digas q até isso já importamos... enfim... :S

quer dizer, diga-se em abono da verdade, q agora ja quase tudo é eletrico... mas eu gostava de ver a malta com tanta modernice a ter uma falha de energia em casa... e nao é tão bom jantar/estudar/trabalhar/ler um livro à luz das velas?... pois... e sem eletricidade como se acende a vela?! :)

16
Gravatar Remus
em 2014-12-22 18:37:07

Obrigado pelos vossos comentários.

Willem and Oldshutterhand: Thank you.
Manu: Está a ver como sabe. Cá em casa só se usa fósforos. :-D
Paulo César Silva: Peço-lhe que quando o senhor Paulo chegar a primeiro-ministro, não se esqueça de nós. Pelo menos faça o mesmo que o Zé, o preso n.º 44, que nunca se esqueceu dos seus amigos do peito. ;-)
Pat: Merci.
Roadrunner: Actualmente deverá existir. Mas na altura em que fecharam a Fosforeira, ela era a única empresa de fósforos a operar em Portugal. Segundo sei, mais tarde, antigos funcionários e um dirigente da Fosforeira, abriram uma nova empresa em Vila Nova de Gaia. Mas actualmente não sei se ela continua em elaboração.
Alex: Podemos usar duas pedras para acender uma fogueira, é que segundo os filmes, resulta sempre. :-P

17
Gravatar Gonçalo
em 2014-12-22 22:36:05

Foto muito bem construída! É uma foto à Remus!

18
Gravatar Ana Lúcia
em 2014-12-23 17:58:28

:) Concordo com o Gonçalo.