Pontos deVistas

A vida é uma fotografia desfocada.

A tempestade se aproxima Anterior Seguinte

A tempestade se aproxima

       Anterior Seguinte       

#Landscape

Sei que vem uma tempestade porque posso olhar à distância, ver o que está acontecendo no horizonte. Claro, a luz ajuda um pouco – é o final do entardecer, o que reforça o contorno das nuvens. Vejo também o clarão dos raios.
Nenhum ruído. O vento não está soprando nem mais forte, nem mais fraco do que antes. Mas sei que vem uma tempestade, porque costumo olhar o horizonte.
Lembro-me de um velho amigo, que quando criança vivia na Normandia, e pode presenciar o desembarque das tropas aliadas na França ocupada pelos nazistas. Não me esqueço de suas palavras:
«Acordei, e o horizonte estava repleto de navios de guerra. Na praia ao lado de minha casa, os soldados alemães contemplavam a mesma cena que eu. Mas a coisa que mais me aterrorizava era o silêncio. Um silêncio total, que precede um combate de vida ou morte.»
É esse mesmo silêncio que me cerca. E que pouco a pouco é substituído pelo barulho – muito suave – da brisa nos campos de milho a minha volta. A pressão atmosférica está mudando. A tempestade está cada vez mais próxima, e o silêncio começa a ser substituído pelo farfalhar suave das folhas.
Já presenciei muitas tempestades em minha vida. A maior parte das tormentas me pegou de surpresa, de modo que precisei aprender – e muito rápido – a olhar mais longe, entender que não sou capaz de controlar o tempo, a exercitar a arte da paciência, e a respeitar a fúria da natureza. Nem sempre as coisas acontecem do jeito que eu desejava, e é melhor me acostumar com isso.

Excerto do texto «A tempestade se aproxima» de Paulo Coelho.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 2370
Publicação: 2015-02-09
Grupo: Paisagens
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 8
Distância focal: 18 mm
Velocidade do obturador: 1/640 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Museu de Arte Contemporânea E o Menino Jesus onde ficou? Ajustem as dioptrias Cor, para vos alegrar o dia Porque a chuva cai em gotas? Sem cor Água e desenvolvimento sustentável Tardes duma pureza de açucenas

  Escolha da semana

In' Pression a LUZ: {escravelho}
In' Pression a LUZ: {escravelho}

  Comentários

Existem 16 pontos de vista. Quem será o próximo?
Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar
01
Gravatar Questiuncas
em 2015-02-10 09:19:49

Já é antigo, mas é também um anunciar da tempestade que se aproxima

(ver até ao segundo 50).

02
Gravatar Ana Freire
em 2015-02-10 12:54:07

Ouviram isso onde? No boletim meteorológico?...
Ora... já se sabe que quando eles fazem avisos amarelos, cor de laranja, às bolinhas... nunca se passa nada...
Quando algo acontece de mais grave... ninguém avisou nada... e a coisa dá-se... vejam-se as últimas cheias em Lisboa, há uns mesitos... ninguém avisou nada... ninguém sabia de nada... nem o Costa do Castelo, estava na área, nesse dia...
Prognósticos de meteorologia... acertam sempre, depois da situação já ter ocorrido... que é para não falharem muito...
Bela panorâmica... com um céu adivinhando uma chuvita...
E belo texto... dum autor que aprecio imenso... que diz sempre o que tem a dizer, e o que vale a pena ser dito, sem grandes floreados...
Boa conjugação de imagens e palavras, por aqui...
Bjs
Ana

03
Gravatar João Menéres
em 2015-02-10 13:18:25

Uma tempestade utilizando uma metáfora.
Boa, REMUS!

04
Gravatar Manu
em 2015-02-10 14:53:08

As tempestades naturais também costumo adivinhá-las olhando para o horizonte, tudo fica calmo, sente-se um silêncio que faz adivinhar que a chuva vai aparecer, só o vento tem a capacidade de as levar para bem longe. Ainda bem que na foto não soprou e elas deram um tom mais dramático à paisagem que ficou aqui muito bem retratada.
Já as tempestades interiores, não há maneira de as prever, elas surgem quando menos se espera e por vezes causam danos mais graves que uma tenebrosa tempestade. :P

05
Gravatar Roadrunner
em 2015-02-10 16:40:53

Bonito verde sob um azul acizentado ameaçador.

Saudações!

06
Gravatar Elisa Fardilha
em 2015-02-10 17:05:04

Com temporal ou sem ele a foto está maravilhosa.

Beijinhos.

07
Gravatar Willem
em 2015-02-10 18:33:16

Beautiful serene landscape picture.

08
Gravatar Tossan
em 2015-02-10 22:42:20

Claro que conheço este texto. Vagamente! Ele serve muito bem, simbolicamente para sintetizar o que estamos passando aqui no nosso país na política e na economia. Não estão usando o arsenal bélico, mas sim o arsenal moral. Assim vamos vivendo.
As tuas postagens sempre me inspiram. Abraço

09
Gravatar Dida
em 2015-02-11 21:03:58

Tempestade?
Daqui deste lugar eu não prevejo. Assisto a uma imagem fantástica.
A foto tem um pouco disto e daquilo, na quantidade certa. O que tem em maior porção, faz-nos acreditar que também o há do restante, basta andar, um pouco mais adiante.
Parabéns caro Remus

10
Gravatar Mariianacapela
em 2015-02-12 17:27:32

Que paisagem linda!

11
Gravatar Ana Lúcia
em 2015-02-13 10:12:15

E nem um arboredo que nos sirva de guarda-chuva... vou já a correr para casa.

12
Gravatar Rute
em 2015-02-14 00:52:24

Será mesmo que a tempestade se aproximava? Muitas vezes é imprevisível! Gostei do texto do Paulo Coelho. a paisagem é linda...
Beijinhos

13
Gravatar Paulo César Silva
em 2015-02-14 13:38:42

tempestade?! qual tempestade!?!?!?! não arranjes desculpas, e toca a andar e percorrer esse caminho que tem uma paisagem fantástica!!! :)

14
Gravatar Alex
em 2015-02-16 22:15:10

tens a certeza que vem tempestade? acho que não... q talvez caiam umas pingas de chuva mas pouco mais... :)

linda paisagem

15
Gravatar Remus
em 2015-02-24 21:41:56

Obrigado pelos vossos comentários.

Willem: Thank you.
Tossan: Não é assim em todo o lado?
Paulo César Silva: Na dúvida, acho que é melhor ficar aqui à espera que apareça um autocarro. :-)

16
Gravatar Jéfferson Cezimbra
em 2015-03-01 21:22:44

Nem tanto Remus. Pelas nuvens vê-se que aí vem apenas uma chuva convencional. Vc tem que ver o que é uma tempestade tropical, aí sim vc iria apavorar-se rsrsrrss
Abraço