Pontos deVistas

Nada pode nascer do nada.

Monsanto Anterior Seguinte

Monsanto

       Anterior Seguinte       

#Landscape

A cerca de 25 quilómetros de Idanha-a-Nova fica aquela que foi considerada a Aldeia mais Portuguesa de Portugal.
As suas origens remontam ao Paleolítico. A descoberta de vestígios arqueológicos dão conta de um castro lusitano e de termas romanas no denominado campo de S. Lourenço, no sopé do monte.
Estas terras foram conquistadas aos Mouros por D. Afonso Henriques, em 1165 e logo após foram doadas à Ordem dos Templários que lhe edificaram o castelo, sob as ordens de D. Gualdim Pais. Em 1174 Monsanto recebeu foral do mesmo monarca, o qual foi confirmado por D. Sancho I, em 1190, que, ao mesmo tempo, a mandou repovoar e reedificar a fortaleza desmantelada nas lutas contra Leão; mais tarde, em 1217, D. Afonso II confirmou novamente o primeiro foral. A Ordem do Templo mandou reedificar a fortaleza e as muralhas em 1293. Com D. Dinis obteve, em 1308, Carta de Feira na ermida de S. Pedro de Vir-a-Corça. O rei D.Manuel I outorgou-lhe novo foral e deu-lhe a categoria de vila no ano de 1510.
Já no século XIX, numa noite de Natal, o imponente castelo medieval de Monsanto foi parcialmente destruído pela explosão acidental do paiol de munições, restando actualmente apenas duas torres, a do Peão e a de Menagem.

Esta fotografia também possui a particularidade de mostrar o resultado final de um grande incêndio que tinha circundado a aldeia dias antes.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 2392
Publicação: 2015-03-10
Grupo: Paisagens
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 6.3
Distância focal: 105 mm
Velocidade do obturador: 1/800 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

O melhor rabo Couve Seja o primeiro que... Mijona Dá-me música Os contornos do casario Serrilha O meu mar está cercado de litorais

  Escolha da semana

Arco-Íris Reloaded: Café de chicória
Arco-Íris Reloaded: Café de chicória

  Comentários

Existem 20 pontos de vista. Quem será o próximo?
Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar
01
Gravatar Ana Freire
em 2015-03-10 23:46:57

Se o Dom Afonso Henriques soubesse no que isto ia dar... nem tinha andado a bater na mãe, nem se tinha cansado a conquistar o território aos mouros, visto que quase novecentos anos depois, isto está entregue à Chanceler... e já nem os espanhóis têm uma palavra a dizer sobre nós...
Ou talvez tenham três: "Mira que desgracia..."
Eu se fosse aos habitantes de Monsanto, pelo sim pelo não mandava rezar uma missa, ou benzer a terra... paiol pelos ares... incêndio... perdidos no alto dum monte... com um coelho a mandar nisto... e o país inteiro num cavaco...
Excelente panorâmica... pena o céu não estar mais azulinho...

02
Gravatar Manu
em 2015-03-11 00:46:54

Dá vontade de escalar, descobrir cada recanto, de entrar aldeia dentro e contemplar a vista fabulosa que se deve avistar lá do alto.
As cores ficaram fabulosas e bem reais.

03
Gravatar Elisa Fardilha
em 2015-03-11 08:09:58

Já aí estive e subi, subi ao castelo e fotografei Monsanto.
É dura a caminhada.
Ainda não tive paciência para agendar.

Adorei a tua perspectiva de Monsanto "emergindo" dos penedos.

Um autêntico postal turístico.

Beijinhos.

04
Gravatar Willem
em 2015-03-11 09:13:45

So beautiful against the blue sky.

05
Gravatar Questiuncas
em 2015-03-11 14:42:22

Monsanto além de ser a aldeia mais portuguesa de Portugal, pelo que li do texto, deve também ser a terra com mais reconfirmações de forais.

06
Gravatar João Menéres
em 2015-03-11 15:53:12

Fui lá, que me lembre, duas vezes.
Uma no pico do verão. Verdadeiramente insuportável o calor para quem desejava escalar.
Da outra vez, em pleno inverno e o frio era muito, apesar do sol.
Agora, já não tenho forças para subir, nem na primavera...
Das duas vezes, escapou-me esta perspectiva que, com um PL, teria feito as delícias da ANA FREIRE...

07
Gravatar Everson Oliveira
em 2015-03-11 19:23:56

Deve ser uma canseira subir a pé até lá, porem deve ter uma linda vista lá de cima.

08
Gravatar Luis Lapa
em 2015-03-11 20:27:24

Belo local, bem registado!!

09
Gravatar Paulo César Silva
em 2015-03-11 20:49:32

é uma pena estes incêndios... mas mesmo assim adoro esta localidade! adoro ir lá cima ao castelo, subir pelo meio da aldeia (ou vila) ou então seguir aquele caminho que vai dar a igreja abandonada antes do castelo... é mágico! e este morro é visível a muitos kms de distancia...

10
Gravatar Paulo César Silva
em 2015-03-11 21:11:33

começo a gostar deste blog... além de não ser tratado como um robot, ainda aparece a minha foto (não sei bem porquê!!!!!) :P

11
Gravatar Lis
em 2015-03-11 23:45:20

Gosto especialmente do nome 'Monsanto' _alguém quis simplificar e resultou bem. E são muito bonitos os elevados onde o pedregulhos se msituram a vegetação rasteira.
O céu azul deu um bonito contraste! Achei lindo!

12
Gravatar Pat
em 2015-03-12 19:21:07

Pretty village clinging to the mountain

13
Gravatar Ana Lúcia
em 2015-03-12 20:28:02

:) Que encantadora! Ando para lá ir...

14
Gravatar Rute
em 2015-03-12 23:34:27

Gosto tanto de viajar no tempo...bonito sitio, bonito local.
1 beijo

15
Gravatar Jarek
em 2015-03-13 14:03:15

Beautiful photo of nice village

16
Gravatar Kaipiroska
em 2015-03-15 02:04:20

Adoro estas nossas aldeias tão típicas e tão nossas. Há dois anos conheci Monsaraz e fiquei completamente rendida.

17
Gravatar Dida
em 2015-03-17 16:28:40

Gosto deste tipo de paisagem e de aldeias.
Parecem esconder histórias de encantar.
Pelo que li, neste caso, mostra a história do lobo-mau (incêndio).

18
Gravatar Alex
em 2015-03-22 23:13:13

ora aí está um local que nao conheco... e forte falha a minha... e tu tens aqui um postal...

19
Gravatar Remus
em 2015-03-26 20:50:28

Muito obrigado pelos vossos comentários.

Ana Freire: Quando tivermos uma máquina do tempo, pode ser que consigamos fechar o D. Afonso Henriques no quarto e dessa forma "salvar" Portugal. :-)
Willem and Jarek: Thank you.
Paulo César Silva: Aparece a sua foto, porque foi o que definiu no seu gravatar. Eu não inventei nada. ;-)
Pat: Merci.

20
Gravatar Roadrunner
em 2015-03-30 14:37:56

A aldeia mais portuguesa de Portugal, diziam eles.
Uma paisagem fabulosa!