Pontos deVistas

Tu podes adiar, mas o tempo não.

Terras do Demo Anterior Seguinte

Terras do Demo

       Anterior Seguinte       

#Landscape

A acção decorre naqueles lugares onde a lenda se exprime ainda deste jeito: «Uma vez um homem travou do bordão e partiu a correr as sete partidas do Mundo. Andou, andou, até que foi dar a uma terra de que ninguém faz ideia: a gente comia calhaus e ladrava como os cães.» Circunscrito, adivinha-se, a indivíduos rudes, teve em mira este trabalho pintar dessas aldeias montesinhas que moram nos picotos da Beira, olham a Estrela, o Caramulo, a cernelha do Douro e, a norte, lhes parece gamela emborcada o monte Marão. O vale, que as explora, trata-as despicientemente por Terras do Demo. Sem dúvida, nunca Cristo ali rompeu as sandálias, passou el-rei a caçar, ou os apóstolos da Igualdade em propaganda. Bárbaras e agrestes, mercê apenas do seu individualismo se têm mantido, sem perdas nem lucros, à margem da civilização.

Excerto da carta de Aquilino Ribeiro a Carlos Malheiro Dias, sobre o seu livro “Terras do Demo”.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 2571
Publicação: 2015-11-01
Grupo: Paisagens
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 8
Distância focal: 22 mm
Velocidade do obturador: 1/200 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Divisões que persistem Aqui sai sempre prémio Desenrasco do dia Dia Mundial da Alimentação Espectáculo desafinado União Tamanho de uma cabeça de alfinete História do burro

  Escolha da semana

Gootchaï 's Photoblog: Jeux d'enfants
Gootchaï 's Photoblog: Jeux d'enfants

  Comentários

Existem 14 pontos de vista. Quem será o próximo?
Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar
01
Gravatar Willem
em 2015-11-01 19:33:13

This landscape view very beautiful composed.

02
Gravatar João Meneres
em 2015-11-01 19:40:47

Se o texto de Mestre Aquilino é soberbo, a sua imagem não lhe fica a dever nada!

03
Gravatar Manu
em 2015-11-01 20:01:17

Esta imensidão faz com que se tenha consciência de quão somos pequeninos!
E se alguém organizasse uma caminhada através destas terras? Será que ouviríamos pessoas a ladrar como os cães? Ou o grupo fazia tamanha algazarra que até o Demo fugia? :P Brinco, o Remus sabe, que eu adoro estas paisagens a perder de vista!

04
Gravatar Elisa Fardilha
em 2015-11-01 20:09:35

Uma foto brutal! Adorei!
O reflexo/sombra do sol está maravilho!

Beijinhos.

05
Gravatar Photo Attraction
em 2015-11-02 11:17:18

Eia!
Dois destaques seguidos... Estou emocionado!

06
Gravatar Lis
em 2015-11-02 18:05:01

Gosto de paisagens, Remus
_ e esse horizonte visto do alto, abrindo ou fechando o dia é uma belíssima contemplação!
meu abraço, de chegada.

07
Gravatar Ana Lúcia
em 2015-11-02 19:36:38

Tu visitas cada sítio e com cada nome! :P

08
Gravatar Alex
em 2015-11-02 22:37:18

lindo lindo lindo... pena o flare... eu pessoalmente não gosto..

09
Gravatar Jéfferson Cezimbra
em 2015-11-03 00:59:06

Uma bela panorâmica.
Abraço

10
Gravatar Pc Silva
em 2015-11-04 22:49:16

desta vez a escolha do texto valoriza a fotografia, da-lhe outra dimensão!
o flare da-lhe um estilo cinematográfico :)

11
Gravatar Roadrunner
em 2015-11-12 02:03:38

E que rica pomada que aqui é produzida, principalmente o tinto!

Saudações demoníacas!

12
Gravatar Roadrunner
em 2015-11-12 02:07:04

As quintas das tabuletas dão sempre os fotos jeitosas...

Saudações RIPadas!

13
Gravatar Remus
em 2015-12-06 21:30:22

Estou-vos muito grato pelos vossos comentários e visitas.

Willem: Thank you.
Roadrunner: As quintas das tabuletas??? O que isso significa?

14
Gravatar Olivier
em 2015-12-09 12:43:38

Great scenery...