Pontos deVistas

O melhor existe, o único não.

Convergências e divergências Anterior Seguinte

Convergências e divergências

       Anterior Seguinte       

#Experiment

Consideremos o jardim, mundo de pequenas coisas,
calhaus, pétalas, folhas, dedos, línguas, sementes.
Sequências de convergências e divergências,
ordem e dispersões, transparência de estruturas,
pausas de areia e de água, fábulas minúsculas.

Geometria que respira errante e ritmada,
varandas verdes, direcções de primavera,
ramos em que se regressa ao espaço azul,
curvas vagarosas, pulsações de uma ordem
composta pelo vento em sinuosas palmas.

Um murmúrio de omissões, um cântico do ócio.
Eu vou contigo, voz silenciosa, voz serena.
Sou uma pequena folha na felicidade do ar.
Durmo desperto, sigo estes meandros volúveis.
É aqui, é aqui que se renova a luz.

Poema «O Jardim» de António Ramos Rosa.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 2658
Publicação: 2016-02-24
Grupo: Experiências
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 2
Distância focal: 50 mm
Velocidade do obturador: 1/125 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Ou é boi ou vaca Superiores Náilon Nem negra nem azul Molha toldos Dia do Estudante Noite sem termo O que dizer da primavera?

  Escolha da semana

To whom it may concern: Torenvalk, Falco tinnunculus
To whom it may concern: Torenvalk, Falco tinnunculus

  Comentários

Existem 20 pontos de vista. Quem será o próximo?
Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar
01
Gravatar Joao Meneres
em 2016-02-24 10:45:49

Estou maravilhado, REMUS!
Um autêntico CÂNTICO DO ÓCIO nas palavras do saudoso Ramos Rosa!
Face à tristeza deste cinzento e chuvoso dia, vale-nos a sua excelente imagem a que o Poeta refrescou silenciosamente.

02
Gravatar Willem
em 2016-02-24 13:14:15

Lovely colors and a attractive Bokeh.

03
Gravatar Manu
em 2016-02-24 15:17:59

Excelentes cores, bonito poema e sem dúvida uma bela tela.

04
Gravatar Lis
em 2016-02-24 17:08:54

Dá bem pra comparar a foto com o poema _ pontos que se encontram ou não. Abstrações que fica ao imaginário de cada olhar.
Gostei muito, Remus _ como é costume!
abraço

05
Gravatar Ana Freire
em 2016-02-24 19:53:49

Apesar das divergências... tenho que concordar que está por aqui, a fotografia mais bonita deste ano, e do anterior... daqui deste blog, claro... para não ficar demasiado vaidoso...
Hasta la vista!... Com os cumprimentos da Dona Rosa...

06
Gravatar João Farinha
em 2016-02-24 20:18:54

Um belo abstracto :)

07
Gravatar Luislapa
em 2016-02-24 21:59:53

Belo desfoque que resultou!!

08
Gravatar Clarice
em 2016-02-25 01:22:05

Isto não é uma fotografia!! É uma pintura!! Já disse :)

09
Gravatar Kaipiroska
em 2016-02-25 13:37:09

Nesta foto, fizeste arte Remus. Pbs!

10
Gravatar Elisa Fardilha
em 2016-02-25 18:09:50

Uma foto digna de estar numa galeria.

Beijinhos.

11
Gravatar Oldshutterhand
em 2016-02-25 18:48:46

Nice bokeh and good variety of colors.

12
Gravatar Rute
em 2016-02-27 00:36:26

Gostava de fazer uma grande ampliação desta fotografia e pôr na parede do meu quarto. adoro! Belo Bokeh, ainda não sei como 'isto se faz'!
beijinhos

13
Gravatar Mariam
em 2016-02-27 19:11:47

Belo. muito.Tudo. :) bj

14
Gravatar Pc Silva
em 2016-02-27 20:07:17

"calhaus, pétalas, folhas, dedos, línguas, sementes." - o que é que os dedos e as línguas andam lá a fazer????!!!!! :O :)
excelente bokeh

15
Gravatar Omar
em 2016-02-28 15:37:48

wow, great play with colors

16
Gravatar Roadrunner
em 2016-03-05 17:55:10

Andas a consumir muito LSD.

17
Gravatar Alex
em 2016-03-09 00:27:12

PERFEITA!

18
Gravatar Ana Lúcia
em 2016-03-12 15:48:30

Grande festa da cor! :D Adorei.

19
Gravatar Remus
em 2016-04-03 11:56:09

Estou muito grato pelas vossas visitas e comentários. Eles são sempre muito importantes.

Willem, Oldshutterhand and Omar: Thank you.
Pc Silva: Isso fica à imaginação de cada um... :-P

20
Gravatar Olivier
em 2016-04-20 12:55:21

Lovely colors and Bokeh...