Pontos deVistas

Tu nasceste como um original. Não morras como uma cópia.

Já mal corre água Anterior Seguinte

Já mal corre água

       Anterior Seguinte       

#Urbanism

Estamos a viver um período de tempo extremamente seco e quente.
Segundo a NASA, o mês de Julho de 2016 foi o mês (dos de Julho) mais quente de sempre, desde que há registos globais de temperatura. O recorde anterior pertencia a Julho de 2015. Os últimos meses têm sido de recordes. Os dados da NASA mostram que os últimos nove meses tiveram recordes de temperatura para o respectivo mês.

O verão em Portugal é sinónimo da expressão "época de incêndios". Todos os anos vemos áreas extensas do país completamente ardidas. Em apenas pouco mais de uma semana do mês de Agosto ardeu mais floresta em Portugal do que em três dos anos da última década. De 1 a 9 deste mês arderam 25 738 hectares, enquanto em todo o ano de 2007 arderam 16 605 hectares, em 2008 foram 14 410 e em 2014 foram 19 700.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 2793
Publicação: 2016-08-20
Grupo: Urbanismos
Câmara: KODAK DX6490
Abertura: f 5.6
Distância focal: 6.3 mm
Velocidade do obturador: 1/350 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

O símbolo Uma questão de perspectiva De cabeça perdida Houve sangue... Brasão de Portugal Molusco Quero um navio só para mim Amarílis

  Escolha da semana

Digit@l Pixel: Plano de fuga
Digit@l Pixel: Plano de fuga

  Comentários

Existem 11 pontos de vista. Quem será o próximo?
Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar
01
Gravatar Manu
em 2016-08-20 07:13:29

Os dados são assustadores e o pior é que vão ser as gerações vindouras que mais vão sofrer deste flagelo.
Não se vislumbram atitudes e estratégias para repor o que se perdeu e continuamos a ver manchas negras ao invés de verde.
Até quando?
Felizmente a foto é um deleite para os olhos e faz-nos esquecer por momentos a desgraça... resta-nos a esperança.

02
Gravatar JoÃo MenÉres
em 2016-08-20 09:33:20

Nunca vi o Rio Lima tão sem água!
Se cada incendiário apanhado fosse amarrado a uma árvore no meio do fogo por si ateado, ele morria feliz no seu paraíso e daqui a dois anos o nº de fogos cairia vertiginosamente.

03
Gravatar Martine Libouton
em 2016-08-20 15:48:44

Très belle ta photo!

04
Gravatar Willem
em 2016-08-20 16:56:23

There is not much water in the river Remus.
Beautifully captured this nice bridge.

05
Gravatar Steven
em 2016-08-21 02:46:37

Wow!! This photo really drives home your point how hot and dry it has been in Portugal. Let's hope it doesn't continue in the wrong direction.

06
Gravatar Photo Attraction
em 2016-08-21 11:46:21

Coitado do Lima...
Este blog, alem de boas fotografias tb faz "consciência social". Muito bem!
E obrigado por mais um destaque!

07
Gravatar Elisa Fardilha
em 2016-08-21 15:01:31

Magnífico postal turístico.

Beijinhos.

08
Gravatar Ana Lúcia
em 2016-08-24 21:44:38

Uma imagem documental dos teus complicados que vivemos.

09
Gravatar Mário
em 2016-08-27 01:15:06

Se o Tâmega, em Chaves, já está assim, como vai ele conseguir chegar ao Douro? Há algo de errado na gestão das águias dos rios. As barragens não regularam nada e continuam as cheias nos piores invernos. No verão a água é retida quase até secar o leito pós barragem. Um bom alerta nesta imagem.

10
Gravatar Alex
em 2016-09-01 00:34:26

teria um impacto completamente diferente com agua, é um facto... :) mas é o que temos.. é o que andamos a "semear"...

11
Gravatar Remus
em 2016-10-03 21:16:28

Obrigado pelos vossos comentários e visitas.

João Menéres e Photo Attraction: Rio Lima? Não... Este é o rio Tâmega. A fotografia foi tirada em Chaves.
Martine Libouton: Merci.
Willem and Steven: Thank you.