Pontos deVistas

12 fotografias significativas por ano é uma boa marca.

Entre linhas e memórias Anterior Seguinte

Entre linhas e memórias

       Anterior Seguinte       

#Object

Vários carretos de linhas perfilavam-se diante dos meus olhos
Trajando cores garridas nos seus finos fios de lã
Outros encontravam-se guardados numa caixa, aos molhos
Naquele dia frio em que visitei a minha avó pela manhã.

Com mãos hábeis e de rosto compenetrado
Desfiava as suas memórias enquanto cosia
Eu escutava-as totalmente sério e embargado
Enquanto um tacho ao lume cozinhava a aletria.

A lareira estava acesa e ouvia-se o lume a crepitar
Conseguia distinguir um forte cheiro a canela no ar
E o meu estômago roncava de prazer.

Entre agulhas e linhas, a minha avó fazia lembrar
Uma costureira daquelas histórias de encantar
Que à noite me faziam adormecer.

Um soneto criado de propósito para esta fotografia, pelo Sr. Solitário. Ter-se algo a dizer sobre carrinhos de linhas não é fácil e dizê-lo num soneto que faça sentido, ainda mais difícil é. Obrigado ao Sr. Solitário por ter aceite o desafio e como diziam no programa de televisão: Desafio superado!

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 2882
Publicação: 2016-12-15
Grupo: Objectos
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 5.6
Distância focal: 200 mm
Velocidade do obturador: 1/13 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

ÓÓÓ 1866 Mastros ao alto 0% O olhar grave Órgão vestibulococlear G2 Mistura estranha

  Escolha da semana

In' Pression a LUZ: {escravelho}
In' Pression a LUZ: {escravelho}

  Comentários

Existem 15 pontos de vista. Quem será o próximo?
Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar
01
Gravatar Sr Solitário
em 2016-12-15 11:29:37

Obrigado eu, foi um gosto :D

02
Gravatar Manu
em 2016-12-15 13:59:20

Gostei de os ver assim às cores e perfilados, agora pegar na linha e coser seja o que for, isso é outra história, pelo menos meia hora levava para enfiar a linha no c* da agulha :P
Parabéns pelo bonito soneto do senhor Solitário.

03
Gravatar Willem
em 2016-12-15 18:02:46

Colorful picture with a elegant depth of field.

04
Gravatar Sasa S
em 2016-12-15 22:13:02

Great :)

05
Gravatar João Menéres
em 2016-12-16 10:41:40

Como se prova, não é preciso construir uma rebuscada composição!
E o REMUS com uns carrinhos e uns metros de coloridas linhas é o sábio nessa matéria.

06
Gravatar Elisa Fardilha
em 2016-12-18 21:05:37

Linhas mais ou menos coloridas tais como os "fios" da memória.

Amei a foto, o seu colorido e o belíssimo poema que o ladeia.
Beijinhos.

Beijinhos

07
Gravatar Carla
em 2016-12-21 10:17:14

Ficou muito bem.
Parabéns aos dois.

08
Gravatar Dida
em 2016-12-21 18:10:17

A cor viva, faz lembrar a conversa
A cor mais desfocada as memórias com cheiro a aletria da avó
Gostei.
Parabéns a dobrar.

09
Gravatar Ana Lúcia
em 2016-12-22 09:48:53

Tenho algumas maias para coser, se fores prendado... :P

10
Gravatar Novembro
em 2016-12-22 13:42:09

Parabéns aos dois. Acho que o desafio foi amplamente superado.

11
Gravatar Alex
em 2016-12-23 23:05:54

entre linhas e memórias, tem metros! :)

tb aqui para casa havia carrinhos de linhas destes às carradas, da minha avó :) a harmonia das cores, e o desfoque dá toda a graça à fotografia

12
Gravatar Roland
em 2016-12-29 18:59:54

Very nice photo!

13
Gravatar Remus
em 2017-01-20 13:56:42

Obrigado pelos vossos comentários e visitas, mas em especial ao Sr. Solitário por ter escrito este soneto.

Willem and Sasa S: Thank you.
Ana Lúcia: Muito prendado não serei, mas desenrasco-me. ;-)
Roland: Merci.

14
Gravatar Ana Lúcia
em 2017-01-20 20:47:47

:) Como a minha mãe sabe de costura, eu sei o que é dar uns pontos, mas sei que nem uma bainha sei fazer.
Tenho, então, algumas meias a precisar das tuas mãos :P

15
Gravatar Remus
em 2017-01-21 17:30:39

Ana Lúcia: Como as meias são para andar dentro dos sapatos, não faz mal que fiquem mal remendadas. :-D