Pontos deVistas

A vida já é curta, mas nós tornamo-la ainda mais curta, desperdiçando tempo.

Igreja do surf Anterior Seguinte

Igreja do surf

       Anterior Seguinte       

#Water

Existe uma nova igreja em Portugal. A «Surf Church», isto é, a Igreja do Surf, ou então «Christian Surfers», Cristãos Surfistas.
O movimento «Christian Surfers» surgiu na década de 1970, na Austrália. Pouco a pouco, propagou-se pelo mundo fora. Em Portugal chegou por volta de 2014 e desde então, todos os domingos, às 14h, encontram-se na chamada Rotunda da Anémona, na fronteira do Porto com Matosinhos, com pranchas e fatos extra. Passam ali a tarde, ora na água, ora na areia. Proporcionam uma experiência de surf a quem quiser.
Nas palavras de Troy Pitney, um dos membros que trouxe a igreja para Portugal, «A igreja não é o culto, não é o serviço religioso ao domingo de manhã, não é o templo. Igreja é o corpo vivo de Jesus na Terra. Os que acreditam em Jesus são igreja. Nós somos igreja. E esta é a Igreja do Surf.»

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 2971
Publicação: 2017-04-11
Grupo: Água
Câmara: COOLPIX L29
Abertura: f 10.6
Distância focal: 7.9 mm
Velocidade do obturador: 1/125 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

À descoberta de... Com tabuleta Barco branco Sejam puros Concatedral de Miranda do Douro Amor com amor se paga! Quando cai a noite Salva-unhas verde

  Escolha da semana

Efémera: Alta Velocidade
Efémera: Alta Velocidade

  Comentários

Existem 17 pontos de vista. Quem será o próximo?
Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar
01
Gravatar Omid
em 2017-04-11 17:22:25

such beautiful composition, colors, lights & shadows!
A M A Z I N G!

02
Gravatar Steven
em 2017-04-11 19:13:01

An interesting church to learn about. A great composition with great elements of scale, light and color. I love the footprints left in the sand. Were those left by the "followers"? :-)

03
Gravatar Dida
em 2017-04-12 00:52:28

Vê-se imensa gente por ali. Aliás, já vi outras coisas também.
Uns tipos que tiram o fato e enfiam uma espécie de camisola aberta dos lados :-)
Eu não queria ver mas?... A manga estava ali, aberta e eu, não me podia fazer de cega ahahahahhahahah
Da forma como a foto foi apanhada parece que o "padre" vai apressado para a missa.

04
Gravatar Martine
em 2017-04-12 08:59:53

Une belle composition. J'aime

05
Gravatar Questiuncas
em 2017-04-12 10:27:31

E foi precisamente nesta praia que iniciei a minha breve carreira de surf.
Podia ter sido o Kelly Slater português, mas na altura tinha muito cabelo.

06
Gravatar Manu
em 2017-04-12 11:01:00

Ora muito me conta... há a Igreja do Reino de Deus, a Cristã, a Ortodoxa e outras mais a do surf desconhecia:
como tenho um filho surfista tenho de lhe dizer que tem que fazer uma delegação deste local de culto a Oeste.
Mesmo sem igreja fartei-me de rezar quando o via, ainda miúdo, a entrar pelo mar adentro.
Tenho que lhe dizer para ir à igreja mãe, porque a avaliar pela foto, é muito bonita
Como só vejo um surfista deduzo que as rezas já tivessem acabado :P

07
Gravatar Willem
em 2017-04-12 11:45:07

A beautiful composition and light, also a fantastic timing.

08
Gravatar Ana Lúcia
em 2017-04-12 14:26:43

Na minha próxima vida farei surf!! :)

09
Gravatar Elisa Fardilha
em 2017-04-12 18:01:44

Com missa ou sem ela, lá vai o surfista, apressado.
Amei a foto!
O Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões ao fundo ficou belíssimo!

Beijinhos.

10
Gravatar L Reis
em 2017-04-12 21:28:30

Devo confessar que a minha primeira ideia foi que o Remus estivesse a inventar. Até fiz o sorrisinho interior e exterior a pensar "as coisas de que este rapaz se lembra". Mas depois fui acometida por uma guinada de dúvida e fui direitinha à Net e afinal, não! É tudo verdade.
O que faz todo o sentido pois, se pensarmos bem, Jesus foi, talvez, o primeiro homem a caminhar sobre as águas no famoso Mar da Galileia. É certo que não há registo de qualquer prancha mas, não há dúvida que foi ali lançada a ideia.
Acho até que isto devia estender-se a outras modalidades desportivas/recreativas. Porque não a Igreja do Futsal, dos Matraquilhos ou mesmo dos praticantes de Sudoku?!
Nesta fotografia temos ali um acólito em passada enérgica e decidida. Talvez apressado para praticar um ato de fé... sabe-se lá.

11
Gravatar Lis
em 2017-04-13 02:34:13

Suave estava o dia_cores pálidas, com pouco sol.
Sobre a igreja, desconheço mas nesse mundo moderno... as igrejas proliferam.
abraço

12
Gravatar Roadrunner
em 2017-04-14 11:32:37

Há igrejas para tudo. Se calhar daqui a uns tempos ainda aparece para aí a igreja da blogosfera (se é que já não existe)!

Saudações!

13
Gravatar Alex
em 2017-05-09 19:38:45

acho q se o surfista estivesse "mais dentro da imagem", seria mais harmoniosa... o nosso olhar é captado para ele... e sai logo da fotografia... já nem vemos a paisagem... que vale a pena...

14
Gravatar Remus
em 2017-05-09 19:55:35

Obrigado pelas visitas e comentários.

Omid, Steven and Willem: Thank you.
Dida: Ora! Ora! A verdade a vir ao de cima. Não quer ver, mas quando acontece esbugalha os olhos para ver bem... :-D :-[
Martine: Merci.
Questiuncas: E deve ter sido o cabelo que estragou os planos todos. :-)
Ana Lúcia: E porque não já nesta vida?
L Reis: Com que então acha que ando aqui a "inventar" coisas... Pois sim! :-)
Roadrunner: Se não existe, criamos já! :-D

15
Gravatar Ana Lúcia
em 2017-05-09 21:57:39

Por que a vida nos prega partidas e às vezes já não pudemos fazer tudo.
Também vou ter rastas, mas não contes a ninguém. :D

16
Gravatar Ana Lúcia
em 2017-05-09 21:58:20

Porque... desculpa, escrevi mal.

17
Gravatar Remus
em 2017-05-10 21:47:27

Ana Lúcia: Não deixes para a próxima vida, o que podes fazer nesta. Acho que devias fazer isso tudo nesta vida. Dessa forma, arrumavas já com a coisa. :-)