Pontos deVistas

A vida é uma fotografia desfocada.

Desfocada amplidão d'olhar errante Anterior Seguinte

Desfocada amplidão d'olhar errante

       Anterior Seguinte       

#filmphoto  #Urbanism

A cidade se ondula no horizonte
E, ao fundo, lhe emoldura sua serra.
Espaço entre edifícios, em si encerra
Significado a quem lhe está defronte:

Cenário da existência além desponte
Enquanto do mirante a mirada erra...
Longínquos movimentos sobre a terra,
Como um mar de colinas contra o monte.

Realidade imediata, interessante...
Imensa panorâmica sim, embora
Desfocada amplidão d'olhar errante.

Metrópole - Um lugar onde se mora.
Olhar e ver dos altos do mirante
A perceber o todo aqui e agora.

Soneto «Grande-Angular» de Ricardo Cunha Costa.

Fotografia tirada pela máquina analógica Praktica MTL 5 e com um rolo LFORD HP5 Plus (preto e branco) - ISO 400.
Distância focal: 58mm

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 3170
Publicação: 2017-12-29
Grupo: Urbanismos
Câmara: Praktica MTL 5
Abertura:
Distância focal:
Velocidade do obturador:
Flash:

  Mais fotografias

O ser diferente Nariz de tomada No limiar do labirinto Jardim inteiro para a Dida Construção Faca Fugindo de mim Homem da sande?

  Escolha da semana

Existe um Olhar: Gosto de sorrisos assim
Existe um Olhar: Gosto de sorrisos assim

  Comentários

Existem 14 pontos de vista. Quem será o próximo?
Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar
01
Gravatar Willem
em 2017-12-29 20:03:10

It looks like an old postcard, well done Remus.

02
Gravatar Pp
em 2017-12-29 21:25:13

Por que ruas anda o menino?

03
Gravatar Janita
em 2017-12-29 22:35:01

Ruelas onde o sol não chega a beijar o chão...
Uma bela fotografia que dava para escrever um romance sobre tudo o que nela se antevê. Digo isto, porque me fez lembrar: "A Viela da Duquesa".
Gostei...

04
Gravatar Ana Lúcia
em 2017-12-30 08:25:31

Começo a achar que as máquinas analógicas é que faziam realmente boas fotografias.

O grão da fotografia estava na já fotografia ou acrescentaste? Ficou ótimo.

05
Gravatar Martine Libouton
em 2017-12-30 11:24:27

Une très belle photo en noir et blanc

06
Gravatar L Reis
em 2017-12-30 14:14:52

Eu nesta, sou contra aquele céu.
O que é uma pena, porque a rua ficou mesmo bem, com aquele ar de coisa antiga dos filmes portugueses, com o B&W a dar-lhe força.

07
Gravatar Elisa Fardilha
em 2017-12-30 20:01:03

Nesta "despida" viela ouve-se o silêncio da noite...

Brilhante foto! Adorei!
Desejo-te um Óptimo 2018 com Paz e saúde... o resto vem por acréscimo.

eijinho especial e um xi apertadinho.

08
Gravatar Ana Lúcia
em 2017-12-30 22:51:07

♪♫•*¨*•.¸¸♥ ¸¸.•*¨*•♫♪... Feliz 2018!♪♫•*¨*•.¸¸♥ ¸¸.•*¨*•♫♪...

09
Gravatar Manu
em 2017-12-30 22:51:30

Gosto de vielas e desta também. Perco-mo nelas porque acho sempre que há mistérios para descobrir um pouco mais além.

FELIZ 2018 Remus

10
Gravatar Lis
em 2018-01-01 16:36:25

Gosto dessas bifurcações _ se o céu estivesse azul o visual seria mais gostoso de ver. rs
E como tenho um blog de poemas, vou levando a 'grande angular' do sr.Ricardo Cunha Costa. Afinal, o poeta pode ser meu primo rs e não vai se zangar.
abraços

11
Gravatar Ricardoc
em 2018-01-07 14:16:22

Com efeito, arquiteturas silentes sugerem mais do que querem dizer. Fotografia mágica, de ausências expectantes ao observador!

12
Gravatar Ricardoc
em 2018-01-07 14:20:22

Não, não me zango, Lis. Apenas disponibiliza a interligação para o primo compartilhar. Abraços, RicardoC.

13
Gravatar Remus
em 2018-01-24 21:09:26

Obrigado pelos vossa presença nesta viela chamada Pontos de Vistas. :-)

Willem: Thanks.
PP: Esta é uma das ruelas do centro histórico do Porto.
Ana Lúcia: O grão é original. Este rolo, o LFORD HP5 Plus a 400, criou este efeito granulado.
Martine Libouton: Merci.
L Reis: Prontos! Devia ter mandado desligar o céu. :-D
Lis: Afinal o seu "primo" não se zanga. Ele deu-lhe aval. :-)
Ricardoc: Obrigado. ;-)

14
Gravatar Alex
em 2018-01-25 22:53:59

Muito estoirada no céu... mas ou era isso ou a parte inferior estaria escura demais... o preto e branco realça o grão. originando um belo postal de uma rua.