Pontos deVistas

As suas primeiras 10 mil fotografias são as piores.

Por todos aqueles... Anterior Seguinte

Por todos aqueles...

       Anterior Seguinte       

#Flora

Na última fotografia de 2017, deixo uma flor.
Deixo uma singela flor por todos aqueles que entraram connosco em 2017, mas que infelizmente não chegaram ao final do ano. Estou pensar em todas aquelas pessoas que morreram nos incêndios florestais deste ano.
Para que não fique esquecido, porque a memória parece que é sempre curta nestas situações, os incêndios fizeram pelo menos 116 mortos e queimam mais de 500 mil hectares.
Mas o que são 500 mil hectares? Se acham que Lisboa é grande, então 500 mil hectares é mais ou menos cinquenta vezes a área do concelho de Lisboa. É o mesmo que ter ardido 50 cidades de Lisboa.
Mas existiram mais desgraças: Na Madeira, 13 pessoas morreram porque caiu uma árvore em cima delas. Árvores que já estavam assinaladas que não seriam seguras, mas ninguém (Câmara e Junta de Freguesia) fez algo para as cortar.
Outras seis pessoas morreram por causa dos surtos de legionela. Isto porque os equipamentos de refrigeração de um hospital não eram devidamente inspeccionados.
E perante estas e outras desgraças que não mencionei, mas que aconteceram em Portugal durante o ano de 2017, temos um primeiro-ministro que diz numa entrevista, 2017 "Foi um ano particularmente saboroso para Portugal". O primeiro-ministro e eu temos ideias antagónicas do que é ser saboroso. Para mim saboroso seria vê-lo a apanhar uns valentes açoites no rabo, dados pela minha mãe com recurso a um vime. Isso é que seria realmente saboroso! Ver-lhe o rabo todo vermelho e ouvir os "Aiiii! Aiiiii! Aiiii!" sempre que a vergastada lhe era dada.

Que 2018 seja um ano melhor que o de 2017. Saúde para todos e que para o ano estejamos por aqui novamente todos juntos.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 3171
Publicação: 2017-12-31
Grupo: Flora
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 7.1
Distância focal: 65 mm
Velocidade do obturador: 1/100 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Bagas douradas O outro, com a câmara vintage Aclamações Rabo, patas e remela Casinha vodafone Estrela cadente Comichãozita De Proteu

  Escolha da semana

In' Pression a LUZ: {grafismos}
In' Pression a LUZ: {grafismos}

  Comentários

Existem 18 pontos de vista. Quem será o próximo?
Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar
01
Gravatar Chica
em 2017-12-31 08:48:00

Linda e emocionante homenagem! abraços, chica

02
Gravatar Questiuncas
em 2017-12-31 12:04:40

Um excelente ano de 2018 para o Remus e para todos os que por aqui vem aprender e deliciar-se com as fotografias.

03
Gravatar Elisa Fardilha
em 2017-12-31 12:15:58

Belíssima e sensivel olhar com quem o publicou.

Uma foto de uma beleza rara soberbamente legendada por tão comovente e real texto.

Mais uma vez, os meus desejos de um Bom 2018.

Beijinhos.

04
Gravatar Ana Lúcia
em 2017-12-31 14:05:23

Gentil, linda e singela.
Feliz 2018 Remus.

05
Gravatar Janita
em 2017-12-31 16:12:52

Nesta homenagem, singela e sentida, que o Remus presta a todos os que partiram vitimados por um inferno de dor e incúria, já que os grandes actos não necessitam de floreados, singelas têm de ser as palavras de retorno.
Obrigada, Remus.
Que no próximo ano nos possamos continuar a juntar todos e que consigamos chegar ao final de 2018, com saúde e de consciência tranquila.

Um abraço grato, por todos os sorrisos que me pôs no rosto ao longo destes meses em que tive o privilégio de estar consigo.

Feliz Ano Novo.

06
Gravatar Steven
em 2017-12-31 16:53:20

A vert Happy New Year to you filled with good health and happiness!

07
Gravatar L Reis
em 2017-12-31 20:18:00

Conta comigo para as vergastadas com vime e outras coisas, igualmente letais!
Neste caso nada me resta fazer, a não ser fazer minhas as palavras do Remus.

08
Gravatar Manu
em 2018-01-01 15:47:41

Mensagem acutilante, lúcida e triste sobre o que se passou em 2017, contrastando com a delicadeza da foto.

Feliz 2018 Remus!

09
Gravatar Lis
em 2018-01-01 16:48:59

Sim, Remus
Que 2018 seja mais leve e que as famílias enlutadas tenham conforto para seguir em frente. Muitíssimo coerente e triste essa homenagem o texto excelente e uma flor que simboliza a gentileza que nossos governantes desconhecem.
Eles precisam mesmo é de vergonha na cara. Aqui felizmente grande parte já está atrás das grades e tem muitos mais pra chegar lá. Roubam da Saúde da Educação acintosamente e envergonham nossa Nação. Muitos açoites não pagariam o que nos devem.
Que nossos desejos sejam concretizados, Remus.
grande abraço

10
Gravatar Dida
em 2018-01-01 22:51:44

Adorei a simplicidade do gesto. Adoro estas rosas pequeninas.
Quanto ao resto...
Já nem apetece bater.
Abraço Remus.

11
Gravatar Omid
em 2018-01-04 17:07:49

Lovely!
Lovely!

12
Gravatar Ana Lúcia
em 2018-01-04 17:22:52

Esqueci-me de dizer que conheço essas rosinhas e sei que cheiram muitíssimo bem. Mesmo daqui, lembro-me do seu perfume.

13
Gravatar Olivier
em 2018-01-05 11:30:53

I really like your composition. The proportions are really good. It is possible to see your hand and the rose. Exercise not always easy. And the black background... superb!

14
Gravatar Cristina Ferreira
em 2018-01-06 16:33:19

Tão linda e delicada flor!
Feliz Ano Novo para vc Remus!!!
Continue sempre com suas fotos que adoro e seu bom humor nos comentários, fazem toda a diferença!!!

15
Gravatar JoÃo MenÉres
em 2018-01-10 23:30:06

50 vezes a área do concelho de Lisboa?
- É um retrato fiel da área ardida!
Não contando com as vítimas mortais, teremos que adicionar todas as pessoas que viram os seus parcos bens desaparecerem.
Uns açoites é francamente insuficiente para quem teve a desafez de afirmar que "foi um ano saboroso"!

16
Gravatar Mariam
em 2018-01-11 00:06:12

Linda homenagem! Uma flor também para o Remus, pela sensibilidade :) beijinhos

17
Gravatar Alex
em 2018-01-25 22:54:40

sentimental... mas bem relembrado!

18
Gravatar Remus
em 2018-01-26 21:33:39

Obrigado pelas vossas palavras.

Steven and Omid: Thank you.
Olivier: Merci.