Pontos deVistas

Se queres prever o futuro, estuda o passado.

Podemos escolher Anterior Seguinte

Podemos escolher

       Anterior Seguinte       

#Urbanism

Na vida...
Podemos escolher entre ser ponte...
Que une uma margem à outra de um rio.
Ou ser uma cerca...
Que separa um território de outro.

Se compararmos...
Podemos perceber que se formos ponte...
Iremos unir todas as coisas...
Que por algum motivo nesta vida...
Vivem separados.

Se formos cerca...
Estaremos dividindo... Marcando espaço...
Quando poderíamos formar elos...
Entre mundos em duelos.

Como ponte...
Podemos aumentar amizades...
Fazer elos de ligações entre comunidades...
Amar com mais intensidade...
Juntar forças entre dois extremos em inimizades.

Como cerca...
Aumentamos divisões... Isolamentos...
Deixamos a vida mais solitária...
Esquecemos de ser humanitários...
Quando poderíamos nos unir a quem necessita...
De alguém mais solidário.

Sejamos nesta vida rápida e passageira...
Ponte que une... Mensageira...
Elo de ligação... Entre nações estrangeiras...
Ponto de união...
Simples... Como flor de laranjeira...
Lançando perfume com notas sublimes...
A solitários e sofridos corações...
Que tanto o mundo reprime.

De nada nos serve a cerca...
Se formos nós mesmos a perder liberdade...
A encher o coração de saudade...
A deixar que vagarosamente nossa vida se perca.

É jubiloso se sentir ponte...
Ser para nossos semelhantes, verdadeira fonte...
De amizade... União...
Alguém que na hora necessária conosco conte...
Para que possamos sentir saudável o coração.

A escolha é nossa... É minha...
Ser cerca... Ou estar sozinha?
Ou ponte... E ter sempre a fronte...
Companhia... Sincero sentimento...
Que à nossa vida...
Só trará acalento.

Sejamos ponte na comunidade...
Ponte em nossa família...
Ponte da fraternidade...
Semeando amor em grande quantia.

Sejamos PONTE...
Derrubemos CERCAS...
Seremos de companheirismo uma fonte...
Para que muita alma não se perca.

Poema «A Ponte e a Cerca» de Marilene Mees Pretti.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 4344
Publicação: 2022-01-13
Grupo: Urbanismos
Câmara: COOLPIX L29
Abertura: f 4.9
Distância focal: 10.3 mm
Velocidade do obturador: 1/320 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Criança coincide com a infância ) ( Agulha, caruma e mais Sou uma gota Tubulosa Hoje deserta e fria Vão e vêm, vão e vêm Só pode fazer bem

  Escolha da semana

Existe um Olhar: Que caminho devo seguir?
Existe um Olhar: Que caminho devo seguir?

  Comentários

Existem 10 pontos de vista. Quem será o próximo?
WAMMSDROLL
01
W
Willem
em 2022-01-13 19:33:06

A attractive image with a great point of view.

02
A
Ana Lúcia
em 2022-01-13 22:22:18

Fabulosa! Luz, grafismo e cor!!!
Há aqui feiticeira. Aposto que tiveste ajuda de Severus Snape, alguma poção maliciosa ou feitiço armadilhado com tremeduras para fazer tudo abanar!!! ;)

03
M
Manu
em 2022-01-13 23:57:57

Uma ponte fabulosa com cores fantásticas. Certamente une quem vem aqui.
Lembra-me um fecho éclair que que se abre e fecha, conforme há frio ou calor.

04
M
Michael Rawluk
em 2022-01-14 00:47:12

Very nicely composed.

05
S
Steven
em 2022-01-14 01:13:14

An eye-catching composition of this sweeping arch! The symmetry adds power to this shot.

06
D
Dida
em 2022-01-14 12:17:38

Adoro a foto e o efeito que provoca.
Adoro pontes que unem.

07
R
Roadrunner
em 2022-01-14 17:33:27

Sou pelas pontes. Mas há pontes e pontes... Umas até ruem...

08
O
Omar
em 2022-01-15 17:28:37

Human kind is constructing pretty wild things...

09
L
L Reis
em 2022-01-15 20:01:24

Esta é uma daquelas imagens cuja existência acho absolutamente desnecessária. Qual é o objectivo de se tirar uma fotografia destas? Para quê?
Porquê?
- Para mostrar um grafismo que se agiganta ao nossos olhos?
- Para mostrar como a escolha da perspectiva e composição conferem uma excelente dinâmica a todas as linhas?
- Para mostrar que o céu estava azul, a luz clara e que não chovia?
- Para mostrar o rendilhado de luz e sombra?
- Para mostrar a minúscula bolinha que está dependurada do lado direito?
É que não se percebe. Desnecessário! Absolutamente desnecessário.
Adianto até que o melhor seria eliminar este "post" e fazer de conta que esta fotografia nunca viu a luz do dia.

10
L
Lis
em 2022-01-16 01:35:20

Um belo recorte, Remus
E o poema, muito bom também (estou levando) rs
meu abraço e Parabéns.