Pontos deVistas

O bom fotógrafo não tira fotos. Eterniza momentos.

Sombra rendilhada dos vitrais Anterior Seguinte

Sombra rendilhada dos vitrais

       Anterior Seguinte       

#Graphic

Altiva e couraçada de desdém,
Vivo sozinha em meu castelo: a Dor!
Passa por ele a luz de todo o amor...
E nunca em meu castelo entrou alguém!

Castelã da Tristeza, vês?... A quem?...
– E o meu olhar é interrogador –
Perscruto, ao longe, as sombras do sol-pôr...
Chora o silêncio... nada... ninguém vem...

Castelã da Tristeza, porque choras
Lendo, toda de branco, um livro de horas,
À sombra rendilhada dos vitrais?...

À noite, debruçada, plas ameias,
Porque rezas baixinho?... Porque anseias?...
Que sonho afagam tuas mãos reais?...

Poema «Castelã da Tristeza» de Florbela Espanca, in "Livro de Mágoas".

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 3600
Publicação: 2019-07-19
Grupo: Grafismos
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 8
Distância focal: 95 mm
Velocidade do obturador: 1/250 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Que quem cantava Os emparedados Luz no prenúncio de mau tempo Sépalas vs. pétalas Sinal H3 Fazer ou desfazer? O vinho Amoras-silvestres

  Escolha da semana

Omid: crab plover
Omid: crab plover

  Comentários

Existe 1 ponto de vista. Quem será o próximo?
Gravatar
01
Gravatar Ana Lúcia
em 2019-07-19 08:42:12

Dão sempre belas fotografias. Eu teria sacrificado o pormenor da pedra para melhorar a visualização dos desenhos nos vitrais.