Pontos deVistas

Tu nasceste como um original. Não morras como uma cópia.

Ecos Anterior Seguinte

Ecos

       Anterior Seguinte       

#Water

O vazio é um cansaço
O corpo versus as palavras
Apenas aguardo
Apenas sinto um eco musicado
Meu nada, vejam, já foi tudo
Meus versos, percebam, já te transfiguram
Já não me moves mais
Já não pergunto até quando
Que meu coração não endureça
Que dores escondidas não apareçam
Sou um pássaro abandonado descobrindo o próprio canto
Mas nunca quis te transformar em versos.

Poema «Ecos» de Alexandre Kuciak.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 4022
Publicação: 2020-11-30
Grupo: Água
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 1.8
Distância focal: 50 mm
Velocidade do obturador: 1/800 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Onde se apanha este peixe? Um roxo vago Lagoa natural Vale uma casa Será que dorme? Três de sessenta e quatro Quando caem, nas tardes de Novembro Tom rosado

  Escolha da semana

A Left-Eyed View: Intersecting Buildings?
A Left-Eyed View: Intersecting Buildings?

  Comentários

Existem 5 pontos de vista. Quem será o próximo?
AJWSM
01
A
Ana Lúcia
em 2020-11-30 12:38:02

O vazio é um cansaço...
Absorve-te a vida, os movimentos, os risos... deixa-te sem forças.
Bonito reflexo... talvez aqui o pb ainda reforçasse mais a ideia de desalento, apesar de os tons castanhos serem muito bonitos.

02
J
Janita
em 2020-11-30 17:00:40

Ecos que me chegam soluçantes, quais reflexos em águas tremidas pelo vento...

Gostei muito da fotografia e do poema também.

03
W
Willem
em 2020-11-30 17:32:18

A fine reflection photo.

04
S
Steven
em 2020-11-30 19:03:27

Beautiful reflection providing a nice contrast between the warm and refreshing tones!

05
M
Manu
em 2020-11-30 20:27:59

Que o coração nunca endureça e tenha sempre a sensibilidade para sentir o que é belo.
Belos são estes reflexos que gosto muito.