Pontos deVistas

Não leves a vida muito a sério. Nunca irás sair dela vivo.

Se quisermos cebolo... Anterior Seguinte

Se quisermos cebolo...

       Anterior Seguinte       

#Flora

Se quisermos produzir as nossas próprias sementes de cebolo, a semear por volta de Novembro ou Dezembro, teremos que em Abril, enterrar três ou quatro cebolas, podendo aproveitar-se as que já se apresentam um pouco greladas.
Nos dias da lua de cheia ou de lua nova, de Novembro ou Dezembro, em local abrigado mas com boa exposição solar, fazemos então os nossos canteiros, semeando directamente no solo, ou utilizando um pequeno tabuleiro. Deveremos usar uma mistura de terra bem enriquecida com estrume e semeamos as sementes, tendo o cuidado de não as enterrar demasiado, basta espalha-las e remexer um pouco a terra de modo cobri-las. Se o tempo estiver seco, podemos orvalhar a terra com um regador. Depois tapamos com um pedaço de plástico transparente, que irá produzir um efeito estufa, aumentando a temperatura e conservando a humidade, estimulando a germinação. Se tudo correr bem, em Março ou Abril, já teremos cebolo em condições de ser replantado.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 2374
Publicação: 2015-02-15
Grupo: Flora
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 4
Distância focal: 50 mm
Velocidade do obturador: 1/320 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

De nome, Camélia Bayerische Motoren Werke «Himantopus Himantopus» Romã na romãzeira num romãzeiral De perfil Pequena Primavera Água e desenvolvimento sustentável TNT

  Escolha da semana

Omid: O
Omid: O

  Comentários

Existem 11 pontos de vista. Quem será o próximo?
Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar
01
Gravatar Ana Freire
em 2015-02-15 11:17:33

Quem me dera perceber de horta...
Eu tenho para mim, que o cebolo, é o marido da cebola e os filhos, são os cebolinhos...
Realmente de cebolos não percebo nada...
Eu é mais bolos, mesmo... Vai um pastel de nata?
Se o Remus diz que é assim que se plantam cebolos, quem sou eu para duvidar?...
Pois cá está uma foto... que me faz olhar para algumas das minhas, e ter vontade de chorar...
aqui até os cebolos são fotogénicos... bah... deprimi... vou comer bolos...

02
Gravatar Pat
em 2015-02-15 15:35:47

Beautiful view in the furrows of the garden!! onions grow well

03
Gravatar Manu
em 2015-02-15 16:49:44

Já estou a imaginar o Remus a meter as mãos na terra e cuidar com todo o esmero das suas plantações e digo no plural, porque pelo que já vi por aqui, semeia de tudo um pouco.
Eu adorava ter um quintal onde pudesse também ter muitas espécies verdes e quando precisasse de cozinhar, não ter de ir a nenhum espaço comercial.
Fiquei com uma dúvida, será que é daqui que também podemos colher o cebolinho enquanto verde?
Ao ver a foto só me apeteceu remexer a terra, mas o melhor é ficar apenas pelo olhar, podia estragar uma captura que ficou excelente!

04
Gravatar Willem
em 2015-02-15 18:05:25

Nicely captured.

05
Gravatar Paulo César Silva
em 2015-02-15 23:02:06

bem vou seguir as tuas dicas. espero em Março já estar a replantar o cebolo e lá mais para a frente já poder chorar a descascar uma cebola para uma salada... só não sei onde arranjar estrume!!! dá para mandar vir directamente da assembleia da república??!! :D

06
Gravatar João Menéres
em 2015-02-15 23:48:36

Acho que o caseiro sabe disso...
Não sabe é fotografar!

07
Gravatar Alex
em 2015-02-16 22:29:35

acho que a focagem podia ter sido noutro ponto!! mas isto sou eu a pensar alto... :)

gosto do verde... e sim, gosto de cebola! :)

08
Gravatar Ana Lúcia
em 2015-02-17 13:46:30

Tenho uma receita onde ele cai bem. Envia-me um molho! :)

09
Gravatar Elisa Fardilha
em 2015-02-17 16:09:32

Gostei de ler a informação embora não tencione plantá-lo.

A foto está de MESTRE!

Beijinhos.

10
Gravatar Cristina
em 2015-02-17 20:52:18

Boa nitidez e cores.

11
Gravatar Remus
em 2015-03-02 21:39:16

Muito obrigado pelos vossos comentários.

Pat: Merci.
Manu: Sim. Basicamente cebolinho é quando a planta ainda é muito pequena.
Willem: Thank you.
Paulo César Silva: Não. Essas merd@s já estão contaminadas e nem para estrume servem. ;-)