Pontos deVistas

O ser humano que não comete erros geralmente não faz nada.

Ninguém vos vê chorar Anterior Seguinte

Ninguém vos vê chorar

       Anterior Seguinte       

#Water

É triste, diz a gente, a vastidão
Do mar imenso! E aquela voz fatal
Com que ele fala, agita o nosso mal!
E a Noite é triste como a Extrema-Unção!

É triste e dilacera o coração
Um poente do nosso Portugal!
E não vêem que eu sou... eu... afinal,
A coisa mais magoada das que são?! ...

Poentes de agonia trago-os eu
Dentro de mim e tudo quanto é meu
É um triste poente de amargura!

E a vastidão do Mar, toda essa água
Trago-a dentro de mim num mar de Mágoa!
E a noite sou eu própria! A Noite escura!!

Soneto «Mais Triste» de Florbela Espanca.

#Flinpo #Saudade

  Informação técnica

Fotografia N.º: 2652
Publicação: 2016-02-16
Grupo: Água
Câmara: COOLPIX L29
Abertura: f 14
Distância focal: 17.6 mm (35mm equiv.: 95 mm)
Velocidade do obturador: 1/400 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Serviços Florestais Dia da Paz Uma questão de vista Economizadora, mas não muito amiga De olhos postos no chão Meteorologia Noite sem termo Copas, clero

  Escolha da semana

Sayami.de - Feuchte Halme
Sayami.de - Feuchte Halme

  Comentários

Existem 15 pontos de vista. Quem será o próximo?
JPAJMCAAQWEMPAR
01
J
Jarek
em 2016-02-16 11:17:17

Powerful one

02
P
Photo Attraction
em 2016-02-16 11:17:35

Uma fotografia fantástica com um título e um poema bastante "negros".
Gosto dos três se bem que não me parece que "encaixem" bem...

03
A
Ana Freire
em 2016-02-16 11:38:59

Livra!
Cruzes!
Credo!
Que deprimência!...
Mal empregada foto... Que post tenebroso!
Só de colar de alhos, ao pescoço, e crucifixo na mão, quando... e se...vier aqui novamente...
Livra! Fuuuuuuuuuui!...

04
J
João Menéres
em 2016-02-16 12:30:21

Quando chora é já debaixo do lençol de água.

05
M
Manu
em 2016-02-16 14:45:13

Quando venho aqui é sobretudo para apreciar a foto e esta está divinal, o resto são detalhes que de modo nenhum alteram a beleza da foto :P

06
C
Carla Brito
em 2016-02-16 17:03:34

Saudades de ver esse pôr-do-sol!

07
A
Ana Freire
em 2016-02-16 21:48:15

Sorry! Foi mais forte... não resisti... aqui fica... :D

https://www.youtube.com/watch?v=8KIgMqLFMNA

08
A
Alex
em 2016-02-16 23:18:18

deliciosa!

palavras e imagem

09
Q
Questiuncas
em 2016-02-17 13:53:38

Fantástico flare, até vieram as lágrimas aos olhos.
Felizmente não estava ninguém para ver.

10
W
Willem
em 2016-02-17 18:24:49

Excellent compo and exposure, a lovely photo as result.

11
E
Elisa Fardilha
em 2016-02-18 20:03:02

Magnífica e mágica foto que merecia outro poema!

Beijinhos.

12
M
Mariam
em 2016-02-20 12:17:49

Belo, foto & poema! embora pareça paradoxal a beleza e calor da foto com tristeza cinzenta do poema... pois então eu consegui 'ver' muito sentido neste post, talvez um dia lhe conte porquê :) beijinhos

13
P
Pc Silva
em 2016-02-20 19:09:08

o por do sol às vezes é triste e deprimente... outras vezes é o inicio de muita alegria e felicidade.
esta foto dava para ambas as situações. muito bem conseguida, boas cores e até o flare é bonito!

14
A
Ana Lúcia
em 2016-03-12 15:59:09

As lágrimas que choramos para dentro são mais tristes. Belo pôr do sol. Espero que estejas feliz e a sorrir.

15
R
Remus
em 2016-03-24 23:02:59

Obrigado pelos vossos comentários. Como tudo na vida, também na fotografia por vezes existem momentos mais negros.

Jarek and Willem: Thank you.
Mariam: Muito obrigado.
Ana Lúcia: Está tudo bem. Obrigado pelo cuidado.