Pontos deVistas

A alegria não está nas coisas, mas em nós.

Simplicidade da curva Anterior Seguinte

Simplicidade da curva

       Anterior Seguinte       

#Object

Conhecer o caminho
enquanto apenas caminho
inspirar as portas e janelas
que a poesia me abre

Conhecer o caminho
com as pernas e os olhos
sem decifrar as perguntas
sem me encostar nas respostas

Conhecer o caminho
onde as horas florescem e murcham
os medos as mágoas os pesares

Conhecer o caminho
como se ficasse cego e a luz
na pele toda (e na alma) me tocasse

Soneto «Soneto do caminho» de Francisco Zebral.

#Flinpo #Curva de papel

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 3190
Publicação: 2018-01-25
Grupo: Objectos
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 32
Distância focal: 170 mm
Velocidade do obturador: 6 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Nariz de tomada Questão de ter tomates Comichãozita Dotes do Ambrósio Flor de lendas Auxiliares de leitura Sei que me ouves na tempestade Dieta da maçã

  Escolha da semana

To whom it may concern: The Netherlands, Egmond aan den Hoef
To whom it may concern: The Netherlands, Egmond aan den Hoef

  Comentários

Existem 13 pontos de vista. Quem será o próximo?
CQMEWOAAMSLDR
01
C
Camerando
em 2018-01-25 05:24:08

Na minha opinião, uma óptima fotografia. Preto-cinza-gradiente muito bem pensados diagonalmente. Eu, pessoalmente, teria sobre exposto provavelmente 2 steps a mais, por pura preferência pessoal.

02
Q
Questiuncas
em 2018-01-25 08:30:49

Poderia dizer maravilhas, poderia elogiar, poderia muitas outras coisas, mas não posso, pois só me apetece rasgar a cartolina em mil pedaços e perguntar "Então Remus, e agora?".
Mas é melhor não, ele ainda pegava nesses mil pedaços e tirava outras mil fantáticas fotografias.

03
M
Martine Libouton
em 2018-01-25 10:40:25

Une très belle prise j'aime

04
E
Elisa Fardilha
em 2018-01-25 15:53:48

A simplicidade e beleza da curva numa foto original!

Beijinhos.

05
W
Willem
em 2018-01-25 20:33:45

Fantastic photo.

06
O
Omid
em 2018-01-25 20:39:39

very nice abstract!
A M A Z I N G!

07
A
Ana Lúcia
em 2018-01-25 21:19:51

De uma suavidade... sensual.

08
A
Alex
em 2018-01-25 22:52:02

por vezes é na simplicidade que surgem grandes obras.. é o caso, aqui! parabéns!

09
M
Manu
em 2018-01-25 22:53:52

Uma estilo que nunca tinha visto por aqui, mas gostei da simplicidade e o facto da folha se diluir no canto direito deu uma beleza especial à foto.

10
S
Steven
em 2018-01-25 23:25:14

Beautiful abstract with great tones and light!!

11
L
L Reis
em 2018-01-26 14:56:36

Raios e coriscos!!!
Mais valia que me tivesse acertado com um martelo no mindinho do pé. A subtileza dos gradientes cinzentos, à mistura com a simplicidade e suavidade da curva, é coisa para me deixar, não só, muito abalada como a ranger os dentes do siso. Estivéssemos nós no faroeste e era capaz de recomendar que o besuntassem com alcatrão, que o mergulharem numa tina com penas e que o obrigassem a ir, montado num burro, de Matosinhos a Cinfães!

12
D
Dida
em 2018-01-29 12:24:40

Já disseram tudo.
Suave
Sensual
Belo
Não estrago. Às vezes menos é mais.
Bjs

13
R
Remus
em 2018-02-19 21:47:21

Estou muito grato pelas vossas visitas e palavras.

Martine Libouton: Merci.
Willem, Omid and Steven: Thank you.
L Reis: De Matosinhos a Cinfães são quase 100km. Será que o burro aguentava com um hipopótamo em cima do lombo, durante esse trajecto todo? :-D