Pontos deVistas

Apressa-te a viver bem e pensa que cada dia é, por si só, uma vida.

Craveiro Anterior Seguinte

Craveiro

       Anterior Seguinte       

#Flora

O craveiro deve ser plantado num solo bem drenado, leve, fértil, rico em matéria orgânica e com pH entre 6 e 8.
A propagação pode ser realizada por sementes, que podem ser semeadas no local definitivo, mas são geralmente semeadas em alforges, com as mudas a ser transplantadas quando atingem entre os 5 a 8 cm de altura. Mas a propagação também pode ser feita por estaquia, por alporquia ou por divisão.

Mas o que é isso de estaquia, alporquia e divisão?
Todos são métodos de reprodução assexuada de plantas. A estaquia consiste no plantio de pequenas estacas de caule ou folhas que, plantados em um meio húmido, desenvolvem raízes, logo novas plantas. A alporquia consiste em estimular o crescimento de raízes num ramo ou no caule principal de uma planta, envolvendo-o por terra ou musgo em um pedaço de plástico ou pano humedecido. Após algum tempo, formam-se as raízes, e o ramo pode ser cortado para ser plantado. Finalmente a divisão pode ser feita em plantas mais velhas, já que elas geralmente podem apresentar vários ramos já enraizados. Estas plantas podem ser divididas e replantadas.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 3254
Publicação: 2018-04-19
Grupo: Flora
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 4.5
Distância focal: 50 mm
Velocidade do obturador: 1/800 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Sei que me ouves na tempestade Dieta da maçã No tufo Sacada Onde a sombra de ti Com vogal epentética Inflorescências Happy hour

  Escolha da semana

Omid: O
Omid: O

  Comentários

Existem 13 pontos de vista. Quem será o próximo?
Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar
01
Gravatar JoÃo MenÉres
em 2018-04-19 13:17:43

Estou numa de guerra ao plástico!

E a que propósito me veio à cabeça o MLG dizer que não quer ter filhos do marido?
-Ah... foi a alporquia!...

Linda a imagem desabrochada.
- Olha, outra que me veio à cabeça!...

Um abraço.

02
Gravatar Kaipiroska
em 2018-04-19 14:57:36

Que lindo!
Parece tecido pintado à mão.
Adoro a composição da imagem, como nos preenche bem o olhar :)

03
Gravatar Alex
em 2018-04-19 16:09:03

mais um bela lição de botânica.. :) a fotografia, com a profundidade de campo "imprimida" ficou muito fixe...

04
Gravatar Steven
em 2018-04-19 18:53:31

Wow!! What a beautiful flower whose petals provide such impact with the rich color that outlines them!

05
Gravatar Willem
em 2018-04-19 19:53:16

Fantastic result, fine focus work and exposure.

06
Gravatar Dida
em 2018-04-19 23:31:06

Fosse o cravo vermelho ae té pensaria que estavamos em data comemorativa.
Conhecia o método de "engravidamento", só não sabia os termos técnicos.
É um belo exemplar. E foi muito bem tratado pelo fotógrafo.

07
Gravatar L Reis
em 2018-04-20 14:10:27

Já percebi que os craveiros são uns g'anda malucos!! Vale tudo na hora de pôr em ação o kamasutra vegetal, alporquia, estaquia ou divisão é um ver se te avias!
Cá para mim houve aqui uma alporquia entre um cravo vermelho e branco no recanto de um canteiro e que depois de uma prolongada estaquia originou esta divisão de cores. O resultado: um exemplar de fino debruado vermelho nas farfalhudas pétalas brancas. A coisa correu bem, portanto. :):)

08
Gravatar Ana Lúcia
em 2018-04-20 19:12:35

As plantas são as mais safadas, de toda a Natureza, nestas questões. Espero que o pobre Branquinho não tenha ficado traumatizado na alporquia!!! E pagou renda? Sim, pagou????"!!!!! O Vermelho, pois quem devia ser??!!

09
Gravatar Manu
em 2018-04-20 19:52:15

Vi-me aflita para ler a lição de botânica, lia duas linhas e olhava para flor, li-a mais duas ou três e cobiçava o desfoque, depois lá consegui chegar ao fim.
Acho que no meu caso fiquei alporquiada (inventei uma palavra nova :P) isto para dizer que o meu crescimento fotográfico tem que ser bem estimulado, para conseguir fazer fotos assim :)

10
Gravatar Roadrunner
em 2018-04-20 23:36:38

Um craveiro numa água-furtada
Cheira bem, cheira a Lisboa
Uma rosa a florir na tapada
Cheira bem, cheira a Lisboa

11
Gravatar Elisa Fardilha
em 2018-04-21 20:27:34

Soberba macro!
O cravo é das flores que menos gosto.

Beijinhos.

12
Gravatar Omid
em 2018-04-24 21:50:24

very nice shot!
L O V E L Y!

13
Gravatar Remus
em 2018-05-15 21:20:25

Obrigado pelas vossas visitas e comentários.

João Menéres: Guerra ao plástico? E qual é a ligação entre o plástico e a fotografia? O cravo é natural, não é de plástico...
Steven, Willem and Omid: Thanks.
Ana Lúcia: Não sei esses pormenores. Eu não me meto na vida dos cravos. Cada um faz da vida o que quer. :-P
Manu: Alporquiada... Acho que essa palavra deveria entrar directamente para o dicionário. :-P
Roadrunner: Nos dias de hoje, acho que já não existem cravos em Lisboa. :-)