Pontos deVistas

É necessário que as coisas acabem, para que coisas novas aconteçam.

Meu pai montava a cavalo Anterior Seguinte

Meu pai montava a cavalo

       Anterior Seguinte       

#Fauna

Meu pai montava a cavalo, ia para o campo.
Minha mãe ficava sentada cosendo.
Meu irmão pequeno dormia.
Eu sozinho menino entre mangueiras
lia a história de Robinson Crusoé,
comprida história que não acaba mais.

No meio-dia branco de luz uma voz que aprendeu
a ninar nos longes da senzala – e nunca se esqueceu
chamava para o café.
Café preto que nem a preta velha
café gostoso
café bom.

Minha mãe ficava sentada cosendo
olhando para mim:
- Psiu... Não acorde o menino.
Para o berço onde pousou um mosquito.
E dava um suspiro... que fundo!

Lá longe meu pai campeava
no mato sem fim da fazenda.

E eu não sabia que minha história
era mais bonita que a de Robinson Crusoé.

Poema «Infância» de Carlos Drummond de Andrade.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 3276
Publicação: 2018-05-18
Grupo: Fauna
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 8
Distância focal: 105 mm
Velocidade do obturador: 1/320 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Craveiro Na relva do olhar Sentes? Frágil como uma avenca i de incógnita Muitos nomes, uma utilidade Happy hour Tão só!

  Escolha da semana

To whom it may concern: .....
To whom it may concern: .....

  Comentários

Existem 14 pontos de vista. Quem será o próximo?
Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar
01
Gravatar Steven
em 2018-05-18 12:45:27

A sentimental poem that accommodates this great shot!

02
Gravatar Elisa Fardilha
em 2018-05-18 18:42:35

Magnífica momento soberbamente fotografado e legendado.

Beijinhos.

03
Gravatar Willem
em 2018-05-18 19:53:57

Wow a great image Remus, nice to look at, well spotted and photographed.

04
Gravatar Manu
em 2018-05-18 22:58:29

Passo a lembrar um comentário que deixou lá no meu canto:
"Nunca andei em cima de um cavalo. Mas já tive várias oportunidades para o fazer, mas recusei sempre. Fico a pensar no pobre bicho, e no mal que ele fez para andar comigo às costas"
Quem me garante que este personagem que mostra aqui não é o Remus?:)
Eu sei, eu sei, se fosse o Remus, não podia tirar a foto e em boa hora o fez, porque gostei deste movimento que imprimiu ao cavalo e da envolvência da paisagem.
Muito bem conseguida esta foto e quem sabe um dia o Remus não apareça por aqui com um registo da sua passagem no Texas estilo xerife do farwest:) :)

05
Gravatar Roadrunner
em 2018-05-18 23:00:33

Ah ganda Bonanza!😝
Saudações!

06
Gravatar Will Williams
em 2018-05-18 23:27:07

I read from this photo a tale of traveling off into the wilderness and sunset, very well done.

07
Gravatar Omid
em 2018-05-19 16:03:02

such beautiful composition, DOF, colors & lights!
Amazing!

08
Gravatar Ana Lúcia
em 2018-05-20 13:34:05

"Leva-nos" numa viagem aos antigos filmes western.
Gostava muito quando era pequena. :)

09
Gravatar L Reis
em 2018-05-20 20:08:40

Mas este senhor é um verdadeiro profissional, aquelas perneiras não enganam.
Só falta ali um poente para este Lucky Luke, cowboy solitário, e a coisa estaria perfeita.

10
Gravatar Mariam
em 2018-05-20 23:31:26

WoW! Grande registo (e para a posteridade)! Pbs

11
Gravatar Dida
em 2018-05-21 01:48:28

Estava vento? O homem segura o chapéu com força.
Já ouvi dizer (comentário anterior) que nunca andarias a cavalo, logo...
Acredito que o pai também não. :-)

12
Gravatar Maria Antonieta
em 2018-05-21 11:11:11

Hummm...aquele braço não me engana....;)
O tripé estava atrás... e mais não digo...
:)

13
Gravatar Alex
em 2018-05-24 22:38:14

este senhor está todo top... numa paisagem top... com um cavalo top... tudo top

14
Gravatar Remus
em 2018-06-11 22:07:38

Muito obrigado pela vossa presença e comentários.

Steven, Willem, Will Williams and Omid: Thank you.
Manu: Não sou eu, simplesmente porque... já existem provas fotográficas que tenho mais pêlos nos braços. :-D :-D
Dida: Olhe que não sei... Acho que o meu pai era bem capaz de andar a cavalo. Pelo menos de burro eu sei que ele andou quando era mais jovem. :-)
Maria Antonieta: Acha mesmo que o braço é igual?? :-P
Alex: E tu também és top! ;-)