Pontos deVistas

Para ver claramente, basta mudar a direcção do olhar.

Quem espera desespera Anterior Seguinte

Quem espera desespera

       Anterior Seguinte       

#Water

Todos nós esperamos por algo. Alguns, preferem esperar em pé, outros preferem esperar sentados. Eu não tenho paciência para esperar muito tempo, mas quando tenho que esperar, prefiro esperar sentado... :)

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 331
Publicação: 2007-01-28
Grupo: Água
Câmara: KODAK DX6490
Abertura: f 6.3
Distância focal: 15.6 mm
Velocidade do obturador: 1/500 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Formação de ataque "Ananas Comosus" Porque eles passaram! Latência modal Feliz Natal MMVII Portal para outra dimensão Despertar

  Escolha da semana

Omid: |||||.|||||
Omid: |||||.|||||

  Comentários

Existem 6 pontos de vista. Quem será o próximo?
FBFRPP
01
F
Francisco Oliveira
em 2007-01-28 20:32:23

A fotografia está ok. Mas parece-me que há uma rede mesmo em cima da rebentação. Isto é proibidíssimo. Mas ninguém deve estar a ver.

02
B
Badala
em 2007-01-28 23:01:30

Bem tenho de dizer que o que me atraí primeiro são as cores e a composição. Gosto de ver as pessoas a verem o tempo passar e a divertirem-se só com o facto de pôrem a conversa em dia.

03
F
Fotografias Aglo
em 2007-01-29 07:08:03

Creo que ya lo he comentado en algun sitio pero vuelvo a decirlo ahora, las fotos con mar me encantan y debe ser por vivir en el interior...Por cierto y perdon por la ignorancia pero esas redes que hay se usan tan cerca de la playa?

un saludo

PD: La paciencia es la madre de todas las ciencias.

04
R
Remus
em 2007-01-29 20:36:07

Antes demais obrigado pelos vossos comentários.
Esta fotografia foi tirada durante a recolha das redes de pesca, pelos pescadores da cidade de Espinho. Seguindo as tradições da Arte Xávega, as traineiras lançam as redes de alto mar e depois são recolhidas na praia.

05
P
Paulo Costa
em 2007-02-01 12:45:21

gostei do enquadramento

06
P
Pedro Ribau
em 2007-02-19 19:44:28

Boa foto,documenta um pedaço da cultura portuguesa.