Pontos deVistas

Tu nasceste como um original. Não morras como uma cópia.

O velhinho não voltou Anterior Seguinte

O velhinho não voltou

       Anterior Seguinte       

#Graphic

Aquele banco de jardim, abrigado pela árvore
tem histórias p'ra contar.
Fala de pássaros, de ninhos, de meninos a brincar.

Fala de um velhinho
que reparte pelos pombos saquinhos de afeição:
migalhas da migalha à sua mesa.
São eles os seus amigos, é com eles que conversa.
Conta dos filhos ausentes, do lar, da solidão...

Depois vem o outono expulsar os passarinhos
Vem o inverno p'ra ficar eternamente...

Porém, uma manhã, de repente
os pássaros voltam a encher de vida os ninhos,
voltam os pombos, o sol e o riso dos meninos.

Mas algo se faz diferente, alguma coisa mudou.
À tarde, naquele canto sombrio, o banco jaz vazio.
O velhinho não voltou.

Poema «Banco de Jardim» de Lídia Borges.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 3567
Publicação: 2019-06-05
Grupo: Grafismos
Câmara: COOLPIX L29
Abertura: f 5.3
Distância focal: 11.8 mm
Velocidade do obturador: 1/60 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Com que palavras Organização rítmica do movimento Que quem cantava Abertura da Época Balnear 2019 Reconciliação Pedra bagatela? Sombra rendilhada dos vitrais Os patinhos

  Escolha da semana

A Left-Eyed View: Intersecting Buildings?
A Left-Eyed View: Intersecting Buildings?

  Comentários

Existem 12 pontos de vista. Quem será o próximo?
MSMWMLAROORA
01
M
Maria Antonieta
em 2019-06-05 21:56:56

O velhinho não voltou, porque arranjou um banco mais confortável para estar sentadinho toda a santa tarde...

Sabia que esta poetisa, a Lídia Borges, é autora do blogue :
"Searas de Versos"? Cruzo-me amiúde com ela, aí por blogues que ambas seguimos.

02
S
Steven
em 2019-06-06 02:19:37

I thought what Maria was thinking. :-) Nice leading lines in this bench!

03
M
Maria Antonieta
em 2019-06-06 10:33:11

Steven...:) this smile is for you.
;)

04
W
Willem
em 2019-06-06 11:21:17

Cool shot of this bank, attractive chosen composition.

05
M
Manu
em 2019-06-06 18:16:22

Eu também não me sentava nesse banco, caso estivesse com alguém. Imagine que alguém se sentava no outro e ouvia a conversa? É um banco que convida à cusquice :P
Já da foto só posso dizer bem, gosto da cor e da composição.

06
L
Lis
em 2019-06-06 20:31:19

Gostei muito da foto que combina tão bem com o desfecho do poema.
Lídia Borges _amo as inspirações dela _ tudo que faz é bonito.
Sobre o velhinho tive uma ideia triste a respeito acho que a dona do poema também. ://

07
A
Ana Lúcia
em 2019-06-07 17:09:10

Gosto destes bancos de jardim, vermelhos, mas gosto deles como "poltronas" para alguém sentar e estar...

08
R
Roadrunner
em 2019-06-08 18:42:33

Só pela cor já vale a pena sentar. O velhinho não devia ser do Benfica. 😜

09
O
Omar
em 2019-06-09 11:01:23

Remus, another great work, I like the leading lines!

10
O
Omid
em 2019-06-18 21:26:04

such beautiful angle, frame, colors & graphics!
A M A Z I N G!!!!!!!!!!!!!!!!!

11
R
Remus
em 2019-07-09 20:45:08

Obrigado por voltarem sempre a este espaço.

Maria Antonieta: Por acaso, até pode ter sido isso que aconteceu. Vamos ficar sem saber... :-P E não sabia isso do blogue da Lídia Borges. Obrigado pela partilha. ;-)
Steven, Willem, Omar and Omid: Thank you.
Manu: Poderia ser mesmo um caso de falar mal pelas costas. :-D

12
A
Alex
em 2019-07-12 22:29:34

quanto velhinhos não voltam... :( estes bancos tão "nossos"...