Pontos deVistas

É melhor que fale por nós a nossa vida, que as nossas palavras.

Pena de morte Anterior Seguinte

Pena de morte

       Anterior Seguinte       

#Object

Em pleno século XXI, mais de metade dos países já não praticam a pena de morte.
Portugal foi pioneiro na abolição da pena de morte para crimes civis. O decreto foi aprovado a 1 de Julho de 1867, durante o reinado de D. Luís.
Porém, o Código de Justiça militar português manteve a pena de morte e só a aboliu completamente em 1976. Por isso, a última aplicação da pena de morte em Portugal ocorreu durante a Primeira Guerra Mundial.
O soldado João Ferreira de Almeida, do Corpo Expedicionário Português, na altura com 23 anos, após cerca de sete semanas na linha da frente nas trincheiras, no teatro de guerra da Flandres, tentou passar para o inimigo. Foi apanhado e condenado em tribunal de guerra à pena de morte por crime de traição à pátria, tendo sido executado a 16 de Setembro de 1917.

No centenário dessa última execução, em 2017, foi publicado em Diário da República uma mensagem do Presidente da República Portuguesa Marcelo Rebelo de Sousa, na qualidade de Comandante Supremo das Forças Armadas, relativa à reabilitação moral do Soldado João Ferreira de Almeida, possibilitando "a reabilitação da memória de um soldado condenado a pena contrária aos direitos humanos e aos valores e princípios há muito enraizados na sociedade portuguesa, pena essa que seria hoje insusceptível de aplicação à luz da Constituição da República Portuguesa vigente".
Ou seja, desta forma é permitido que o soldado João Almeida passe a integrar a memória colectiva de todos os soldados, aos quais se presta tributo e homenagem por ocasião das celebrações da Primeira Grande Guerra.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 3718
Publicação: 2019-12-05
Grupo: Objectos
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 5.3
Distância focal: 95 mm
Velocidade do obturador: 1/60 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Indistinta rua Mete no porquinho Enjaulado Cada rocha é uma eterna sepultura Cucumellum Varinha sem magia Casa do tritão Quadrado perfeito?

  Escolha da semana

Existe um Olhar: Pensativa
Existe um Olhar: Pensativa

  Comentários

Existem 11 pontos de vista. Quem será o próximo?
SAMWMLROMAR
01
S
Steven
em 2019-12-05 22:34:44

An interesting history lesson! Thank you for sharing!

02
A
Ana Lúcia
em 2019-12-06 09:58:58

FOGO!
Mas que susto! Em época natalícia, não havia necessidade.
A foto está boa.

03
M
Manu
em 2019-12-06 12:28:45

Pena de morte só não devia ser abolida para os pedófilos :(
Gostei da foto e da informação :)

04
W
Willem
em 2019-12-06 16:01:43

Fantastic and attractive photo presentation of this book.

05
M
Michael Rawluk
em 2019-12-06 22:55:25

That is wonderful.

06
L
Lis
em 2019-12-06 23:16:21

Bom ler mais a respeito da pena de morte.
Concordo com a Manu que aos 'predatórios' de criança não poderia ter perdão_ pena de morte severa neles. Sem piedade!

07
R
Roadrunner
em 2019-12-08 10:43:39

Ou seja, sempre houve alguém que quis fugir para o outro lado, mas a história não começou aí, bem assim como não acabou. Antes disso houve muitos mais, e depois mais houve, fossem por motivos militares, políticos, económicos ou outros. E enquanto existirem fronteiras, sejam elas físicas ou não, sempre irá acontecer.
Saudações retóricas! 😴

08
O
Omid
em 2019-12-09 20:32:32

such beautiful idea, frame, focus, DOF & colors!
A M A Z I N G!

09
M
Martine Libouton
em 2019-12-10 09:18:37

Une très belle composition!

10
A
Alex
em 2019-12-14 23:39:09

podias ter ido buscar outro assunto.. e mantido a luz, o fundo azul q está top.. menos o título...

11
R
Remus
em 2020-01-14 18:10:38

Existem assuntos que por vezes é bom trazer novamente à memória, não vá corrermos o risco de ficarem completamente esquecidos. Obrigado pelas vossas visitas e comentários.

Steven, Willem, Michael Rawluk and Omid: Thank you.
Martine Libouton: Merci.