Pontos deVistas

A melhor lente de uma câmara é o nosso olhar.

Facilmente e em quantidade Anterior Seguinte

Facilmente e em quantidade

       Anterior Seguinte       

#Fauna

Quando usamos a expressão de que algo se reproduz como coelhos, basicamente estamos a dizer que se reproduz facilmente e em grande quantidade.
Mas acho que essa expressão deveria ser ajustada para algo mais verdadeiro...

Se um casal de coelhos consegue ter em média cinco filhos em cada ninhada, com a gestação a durar cerca de 30 dias. Por ano, se eles não tiverem televisão para ver, podem estar a produzir filhos de dois em dois meses, o que dará cerca de 30 filhos por ano.
Mas as moscas domésticas, essas loucas excitadas, depositam uma média de 120 ovos por vez.
Um cientista, que aparentemente não tinha muito o que fazer, fez umas contas. Se um único par de moscas fosse capaz de se reproduzir sem limites ou mortalidade para seus filhos, essas duas moscas, em apenas 5 meses, seriam os progenitores (pais, avós, bisavós, trisavôs, ...) de 191010000000000000000000 de moscas domésticas, o suficiente para cobrir todo o planeta.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 3777
Publicação: 2020-02-11
Grupo: Fauna
Câmara: NIKON D70
Abertura: f 0
Distância focal: 0 mm
Velocidade do obturador: 1/800 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Uma planta depois de muito tempo Amphiprion I ❤ Aveiro Na consulta Não há liberdade absoluta Catarino Há uma Primavera Voadora

  Escolha da semana

Existe um Olhar: A visita do Malaquias
Existe um Olhar: A visita do Malaquias

  Comentários

Existem 14 pontos de vista. Quem será o próximo?
JJJAMSDWOLLOMR
01
J
Janita
em 2020-02-11 21:01:31

Já aqui disse que detesto essa praga de insectos, não disse?
A abominável mosca, que tem uma energia sexual tarada e promiscua, foi a causa de eu ter batido com o carro quando saí do parque de estacionamento do cinema, sabia?

A intrometida, meteu-se na experiência deste cientista e destruiu-lhe. Maldita...« A Mosca»!! :P



:)

02
J
Janita
em 2020-02-11 21:03:13

Ah... bati com o carro porque vinha atarantada... :D

03
J
Janita
em 2020-02-11 21:06:22

...e pelos vistos, atarantada continuo, pois não disse que o que a mosca destruiu, foi a vida do cientista.

04
A
Ana Lúcia
em 2020-02-11 21:07:50

Apesar de ser uma mosca está magnífica. O nível de detalhe é fabuloso.

05
M
Manu
em 2020-02-11 21:29:30

Estas informações fascinam- me.
A foto ficou com um nível de detalhe fantástico

06
S
Steven
em 2020-02-11 23:09:28

Sounds like the spread of the Coronavirus! Splendid clarity in the subtle light!

07
D
Dida
em 2020-02-12 00:34:54

:-) -)
Ri.
Mas assusta.

08
W
Willem
em 2020-02-12 17:03:08

Beautifully photographed, a fine close-up.

09
O
Omar
em 2020-02-12 18:01:23

Well known tormentors, but they have their life authorization (-;
I love the low light on the scene, well done!

10
L
Lis
em 2020-02-13 04:25:54

Delícia 'um dia de chuva' _ já estou com três dias seguidinhos só chovendo chovendo... e já tenho algumas fotos _como as suas impossível quem me dera ter um quintal cheio de gotinhas.
Amei, Remus

11
L
Lis
em 2020-02-13 04:33:31

O sinal da net estava falhando e acabei errando o local do comentário_ esse seria para o dia e chuva _ liga não tá? aqui nao dá para excluir e acertar.
Como não sou muito fã de moscas_ melhor assim!
Penso que nunca vou publicar fotos de moscas ou de qualquer outro inseto. Só gosto de borboletas.
Desculpas aí. rs
meu abraço

12
O
Omid
em 2020-02-15 22:05:40

such beautiful focus & lights!
Amazing!

13
M
Martine Libouton
em 2020-02-18 11:22:54

Très belle ta photo avec cette mouche! j'aime beaucoup!

14
R
Remus
em 2020-03-13 18:28:10

Muito obrigado por terem vindo ver esta bonita "mosquinha". :-D

Janita: Se assim foi, que culpa pode ter a pobre da mosca!? Ela não tem força para conduzir. A condutora é que não gosta delas e distrai-se com elas. :-D :-[
Steven, Willem, Omar and Omid: Thank you.
Martine Libouton: Merci.