Pontos deVistas

Nada é mais poderoso do que uma ideia que chegou no tempo certo.

Facilmente e em quantidade Anterior Seguinte

Facilmente e em quantidade

       Anterior Seguinte       

#Fauna

Quando usamos a expressão de que algo se reproduz como coelhos, basicamente estamos a dizer que se reproduz facilmente e em grande quantidade.
Mas acho que essa expressão deveria ser ajustada para algo mais verdadeiro...

Se um casal de coelhos consegue ter em média cinco filhos em cada ninhada, com a gestação a durar cerca de 30 dias. Por ano, se eles não tiverem televisão para ver, podem estar a produzir filhos de dois em dois meses, o que dará cerca de 30 filhos por ano.
Mas as moscas domésticas, essas loucas excitadas, depositam uma média de 120 ovos por vez.
Um cientista, que aparentemente não tinha muito o que fazer, fez umas contas. Se um único par de moscas fosse capaz de se reproduzir sem limites ou mortalidade para seus filhos, essas duas moscas, em apenas 5 meses, seriam os progenitores (pais, avós, bisavós, trisavôs, ...) de 191010000000000000000000 de moscas domésticas, o suficiente para cobrir todo o planeta.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 3777
Publicação: 2020-02-11
Grupo: Fauna
Câmara: NIKON D70
Abertura: f 0
Distância focal: 0 mm
Velocidade do obturador: 1/800 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Jota Às linhas Fios de seda Brilhas de rosa Vida em clausura Debaixo das sombras da guerra Um dia de chuva Flechadas na mente

  Escolha da semana

omid: solar eclipse
Omid: Solar Eclipse

  Comentários

Existem 15 pontos de vista. Quem será o próximo?
JJJAMSDWOLLOMRA
01
J
Janita
em 2020-02-11 21:01:31

Já aqui disse que detesto essa praga de insectos, não disse?
A abominável mosca, que tem uma energia sexual tarada e promiscua, foi a causa de eu ter batido com o carro quando saí do parque de estacionamento do cinema, sabia?

A intrometida, meteu-se na experiência deste cientista e destruiu-lhe. Maldita...« A Mosca»!! :P



:)

02
J
Janita
em 2020-02-11 21:03:13

Ah... bati com o carro porque vinha atarantada... :D

03
J
Janita
em 2020-02-11 21:06:22

...e pelos vistos, atarantada continuo, pois não disse que o que a mosca destruiu, foi a vida do cientista.

04
A
Ana Lúcia
em 2020-02-11 21:07:50

Apesar de ser uma mosca está magnífica. O nível de detalhe é fabuloso.

05
M
Manu
em 2020-02-11 21:29:30

Estas informações fascinam- me.
A foto ficou com um nível de detalhe fantástico

06
S
Steven
em 2020-02-11 23:09:28

Sounds like the spread of the Coronavirus! Splendid clarity in the subtle light!

07
D
Dida
em 2020-02-12 00:34:54

:-) -)
Ri.
Mas assusta.

08
W
Willem
em 2020-02-12 17:03:08

Beautifully photographed, a fine close-up.

09
O
Omar
em 2020-02-12 18:01:23

Well known tormentors, but they have their life authorization (-;
I love the low light on the scene, well done!

10
L
Lis
em 2020-02-13 04:25:54

Delícia 'um dia de chuva' _ já estou com três dias seguidinhos só chovendo chovendo... e já tenho algumas fotos _como as suas impossível quem me dera ter um quintal cheio de gotinhas.
Amei, Remus

11
L
Lis
em 2020-02-13 04:33:31

O sinal da net estava falhando e acabei errando o local do comentário_ esse seria para o dia e chuva _ liga não tá? aqui nao dá para excluir e acertar.
Como não sou muito fã de moscas_ melhor assim!
Penso que nunca vou publicar fotos de moscas ou de qualquer outro inseto. Só gosto de borboletas.
Desculpas aí. rs
meu abraço

12
O
Omid
em 2020-02-15 22:05:40

such beautiful focus & lights!
Amazing!

13
M
Martine Libouton
em 2020-02-18 11:22:54

Très belle ta photo avec cette mouche! j'aime beaucoup!

14
R
Remus
em 2020-03-13 18:28:10

Muito obrigado por terem vindo ver esta bonita "mosquinha". :-D

Janita: Se assim foi, que culpa pode ter a pobre da mosca!? Ela não tem força para conduzir. A condutora é que não gosta delas e distrai-se com elas. :-D :-[
Steven, Willem, Omar and Omid: Thank you.
Martine Libouton: Merci.

15
A
Alex
em 2020-04-03 19:46:45

detesto estes bichos