Pontos deVistas

Só há um tipo de amor que dura, o não correspondido.

Rodopio Anterior Seguinte

Rodopio

       Anterior Seguinte       

#Experiment

Volteiam dentro de mim,
Em rodopio, em novelos,
Milagres, uivos, castelos,
Forcas de luz, pesadelos,
Altas tôrres de marfim.

Ascendem hélices, rastros...
Mais longe coam-me sois;
Há promontórios, farois,
Upam-se estátuas de herois,
Ondeiam lanças e mastros.

Zebram-se armadas de côr,
Singram cortejos de luz,
Ruem-se braços de cruz,
E um espelho reproduz,
Em treva, todo o esplendor...

(...)

Há vislumbres de não-ser,
Rangem, de vago, neblinas;
Fulcram-se poços e minas,
Meandros, paúes, ravinas
Que não ouso percorrer...

Há vácuos, há bolhas de ar,
Perfumes de longes ilhas,
Amarras, lemes e quilhas -
Tantas, tantas maravilhas
Que se não podem sonhar!...

Excerto do poema «Rodopio» de Mário de Sá-Carneiro, in «Dispersão».

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 4316
Publicação: 2021-12-10
Grupo: Experiências
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 7.1
Distância focal: 48 mm
Velocidade do obturador: 1/60 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

O Mosca Terebintina & Colofónia Dente-de-leão cabeludo Conexão moderna Substância do tempo As águas miro Desenha uma elipse Hoje deserta e fria

  Escolha da semana

To whom it may concern: Mus, Passeridae
To whom it may concern: Mus, Passeridae

  Comentários

Existem 9 pontos de vista. Quem será o próximo?
WOMSARLLR
01
W
Willem
em 2021-12-10 14:43:21

A cool part of this poem and also provided with an excellent matching photo.

02
O
Omar
em 2021-12-10 16:37:24

Great visual impact, whatever this is (-;

03
M
Manu
em 2021-12-10 23:59:28

Estou aqui a rodopiar e a dar voltas à cabeça, para tentar descobrir a experiência fotográfica... será um caderno? Um separador?
Só sei que ficou um grafismo certinho e direitinho.

04
S
Steven
em 2021-12-11 00:41:44

An eye-catching capture that looks like a backlit frame that's been pulled out of a (man-made) bee hive!

05
A
Ana Lúcia
em 2021-12-11 11:01:34

Uma fotografia hipnótica, apesar da simetria, os bordos desfocados fazem-nos cair num "buraco amarelo" cósmico, recentemente descoberto pelo astronauta Remus! ;)

06
R
Roadrunner
em 2021-12-12 19:19:44

Rodopiei. 🥴

07
L
L Reis
em 2021-12-12 21:20:07

Esta imagem devia ter sido acompanhada pelo poema do fecho éclair do António Gedeão. Sim, porque isto é um fecho éclair e, mesmo não sendo um fecho éclair, é um fecho éclair, porque me dá jeito que seja e eu digo que sim e mais nada! E é um fecho éclair aceso, é um fecho éclair que se liga à tomada, para iluminar as coisas que ficam por trás dos fechos éclair. Não sei se isto é bom ou mau, porque há coisas que é preferível ficarem às escuras. Posto isto, resta-me dizer que esta fotografia só pode ser prima direita da fotografia de 29 de julho e a etiqueta em vez de dizer "experiências" devia dizer "ficheiros secretos" E pronto!

08
L
Lis
em 2021-12-15 20:24:00

Bem bolado Remus
_quisera ter tua veia inventiva rsrs ando tão sem graça!
empresta-me aí alguns motivos para me animar rs
Gosto da cor amarelo- açafrão.
e também das maravilhas do poema.
Um abraço

09
R
Remus
em 2022-02-04 18:33:51

Agradeço a todos as vossas palavras e visitas.

Willem, Omar and Steven: Thanks.
Manu e L Reis: Nem uma coisa nem outra. :-D Mas posso dizer-vos que fiz esta fotografia dentro da Casa da Música no Porto. ;-)