Pontos deVistas

Se queres prever o futuro, estuda o passado.

As águas miro Anterior Seguinte

As águas miro

       Anterior Seguinte       

#Water

Outono. Em frente ao mar. Escancaro as janelas
Sobre o jardim calado, e as águas miro, absorto.
Outono... Rodopiando, as folhas amarelas
Rolam, caem. Viuvez, velhice, desconforto...

Por que, belo navio, ao clarão das estrelas,
Visitaste este mar inabitado e morto,
Se logo, ao vir do vento, abriste ao vento as velas,
Se logo, ao vir da luz, abandonaste o porto?

A água cantou. Rodeava, aos beijos, os teus flancos
A espuma, desmanchada em riso e flocos brancos...
Mas chegaste com a noite, e fugiste com o sol!

E eu olho o céu deserto, e vejo o oceano triste,
E contemplo o lugar por onde te sumiste,
Banhado no clarão nascente do arrebol...

Poema «Em uma Tarde de Outono» de Olavo Bilac, in «Poesias».

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 4322
Publicação: 2021-12-17
Grupo: Água
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 5.6
Distância focal: 200 mm
Velocidade do obturador: 1/3200 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Génio da Independência Eu também subi Folha seca Rodopio Substância do tempo Feiura Arte de comprar Resistir

  Escolha da semana

Existe um Olhar: Que caminho devo seguir?
Existe um Olhar: Que caminho devo seguir?

  Comentários

Existem 8 pontos de vista. Quem será o próximo?
AMSLMLWR
01
A
Ana Lúcia
em 2021-12-17 13:29:59

Extraordinariamente bela.

02
M
Manu
em 2021-12-17 13:41:16

Lindo este ondular das águas!

03
S
Steven
em 2021-12-17 13:58:32

Beautiful glittering of gold captured on the water's surface!

04
L
L Reis
em 2021-12-17 22:24:43

Esta fotografia com o toque de Midas que transformou as águas em ouro líquido, foi o suficiente para me deixar os nervos em frangalhos. Miro, remiro e admiro e não consigo despregar os olhos deste efeito quase hipnótico.
Nada melhor do que vir a este blog para uma pessoa se sentir pior que uma esfregona amarfanhada.

05
M
Michael Rawluk
em 2021-12-18 00:34:37

A lovely golden image.

06
L
Lis
em 2021-12-18 03:15:08

O brilho ofusca Remus
As vezes exageras um pouco nas belezas aqui, menos amigo!
E Olavo Bilac também mandou bem.
O poema dele é um Outono a contemplar...
Goste também da citação_ calorias, nao!
beijim

07
W
Willem
em 2021-12-18 17:41:48

Golden wrinkles, a beautiful photo.

08
R
Roadrunner
em 2022-01-04 14:39:09

E eu a pensar que vinha aí uma enxurrada de ouro! 😳