Pontos deVistas

Sem chuva não há flores.

Ensina a cair Anterior Seguinte

Ensina a cair

       Anterior Seguinte       

#Black&White

O poema ensina a cair
sobre os vários solos
desde perder o chão repentino sob os pés
como se perde os sentidos numa
queda de amor, ao encontro
do cabo onde a terra abate e
a fecunda ausência excede

até à queda vinda
da lenta volúpia de cair,
quando a face atinge o solo
numa curva delgada subtil
uma vénia a ninguém de especial
ou especialmente a nós uma homenagem
póstuma.

Poema «O Poema Ensina a Cair» de Luiza Neto Jorge, in "O Seu a Seu Tempo".

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 4509
Publicação: 2022-08-05
Grupo: Preto e Branco
Câmara: KODAK DX6490
Abertura: f 4.5
Distância focal: 23.1 mm
Velocidade do obturador: 1/350 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Fazer como se nada houvesse para fazer Todas as ruas do amor Construir ou plantar Alcançar a próxima Fogo andou por aqui Na porta Viver em abertura Há muitos, muitos anos

  Escolha da semana

To whom it may concern: Buizerd, Buteo buteo
To whom it may concern: Buizerd, Buteo buteo

  Comentários

Existem 5 pontos de vista. Quem será o próximo?
SWMLA
01
S
Steven
em 2022-08-05 12:59:59

A mesmerizing "zoom" effect to illustrate the poem perfectly!

02
W
Willem
em 2022-08-05 17:03:52

A very successful zoom effect in this photo that also fits the poem exactly.

03
M
Manu
em 2022-08-05 21:05:01

Aqui há magia!
Parece que as árvores estão a mexer, uma técnica que resultou muito bem.

04
L
Lis
em 2022-08-05 23:50:49

Lembra a técnica do 'zoom total' e resultou bem,
colorida também deveria ficar bonita!
De vez em quando não resisto aos print's de filmes rsrs
** aquela casa do campo foi uma que estava perfeitinha demaiiiis!
enfim, prossigamos com a nossa diversão ...
um abraço. Remus

05
A
Ana Lúcia
em 2022-08-09 09:09:20

Esta fotografia é um atentado ao meu equilíbrio!!!! Chamem a Polícia... que levem o Remus para a cadeia e deitem a chave da cela fora!!! :) Isto é inadmissível!!!! :P