Pontos deVistas

O ser humano que não comete erros geralmente não faz nada.

Fortificação Anterior Seguinte

Fortificação

       Anterior Seguinte       

#Landscape

Dos livros da história de Portugal, sabemos que foi no século XVII que Portugal reconquistou a sua independência do domínio espanhol. Durante 60 anos, foi um período em que continuou a existir dois reinos, mas o rei de Espanha era simultaneamente o rei de Portugal.

Com a reconquista da independência, todas as forças militares portugueses foram reordenadas para enfrentar a repressão espanhola que se antecipava que viesse a acontecer. Com vista a recuperar Portugal, os espanhóis organizaram dois exércitos – um na Extremadura e outro na Galiza.

Valença, como outras vilas e cidades mais expostas, situadas nas fronteiras dos dois países, preparou-se com entricheiramentos, fossos e barreiras. Valença tornou-se numa Praça-Forte.
As guerras da independência colocaram-na sob fogo da artilharia espanhola, mas só seria tomada pelos atacantes espanhóis uma única vez, durante este período de quase três décadas de guerras.

No final dessas guerras da independência, com as muralhas fragilizadas e sem capacidade para enfrentar o poder da artilharia, foram necessárias grandes obras para recuperar o património destruído. No início do século XVIII, Valença já encontrava-se dotada com uma das mais impressionantes e monumentais fortificações portuguesas. Com cerca de 5 km de perímetro, é um exemplo mundial da arquitetura militar abaluartada.

Esta fortaleza de Valença enfrentou mais dois grandes conflitos: as Invasões Napoleónicas e as Guerra Civil Portuguesa (1832-1834).
Mas nada resiste eternamente ao tempo e no ano passado, por esta altura do ano, uma zona da muralha da Fortaleza de Valença sofreu uma derrocada. Como estamos em Portugal, até hoje, as obras de recuperação ainda não avançaram.

  Informação técnica

Fotografia N.º: 4937
Publicação: 2024-01-16
Grupo: Paisagens
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 9
Distância focal: 32 mm (35mm equiv.: 48 mm)
Velocidade do obturador: 1/200 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Linguagem das pedras Associado à temporada Consumir ao natural Limpadores Não há e não serás Devem ser para aí... Água corrente Não há um raio de luz

  Escolha da semana

Sayami.de - Feuchte Halme
Sayami.de - Feuchte Halme

  Comentários

Existem 7 pontos de vista. Quem será o próximo?
SOCMAWR
01
S
Steven
em 2024-01-17 00:21:25

A beautiful composition to accompany this great history lesson! Kudos to Portugal!

02
O
Omar
em 2024-01-17 09:26:46

Well shown part of a rich history of Portugal. Nice place to be now, maybe in the time of construction and use not that nice.

03
C
Chic' Ana
em 2024-01-17 10:02:56

Obrigada pela partilha. Não conhecia, mas vou colocar na minha lista de locais a visitar com tempo ameno.
Beijinhos

04
M
Manu
em 2024-01-17 10:46:59

Nunca lá fui, mas gostava.
Nós, portugueses somos os maiores :P
Bela foto!

05
A
Ana Lúcia
em 2024-01-17 17:36:56

Isto é Valença do Minho? Estive lá o ano passado quando fui fazer os caminhos e santiago. É um local muito sereno.

06
W
Willem
em 2024-01-17 18:05:50

A lovely and interesting view is beautifully photographed.

07
R
Roadrunner
em 2024-01-17 18:17:22

Ironia do destino, pode ser que até sejam os espanhóis a recuperá-la...