Pontos deVistas

A fotografia é a resistência da memória.

Masmorra Anterior Seguinte

Masmorra

       Anterior Seguinte       

#Urbanism

Nas masmorras do tempo
Correntes aprisionam-nos
Castram-nos os sonhos
Bloqueiam-nos a voz
Tolhem-nos os sentidos
Afastam-nos de nós.

Nesta cárcere onde me encontro
É tão forte a dor que sinto
Que impede o meu andar.
Mas mais forte que a dor
É este infinito amor
Que tem asas para voar.

Poema «Nas Masmorras do Tempo» de Mário Margaride

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 494
Publicação: 2007-11-04
Grupo: Urbanismos
Câmara: KODAK DX6490
Abertura: f 5.6
Distância focal: 7.1 mm
Velocidade do obturador: 1/500 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

«Encontramo-nos na bola Nívea!» «Allium Sativum» Adeus Verão Argolas em movimento 3º aniversário do Pontos de Vistas Passagem para outra margem «Kniphofia» Quem é quem?

  Escolha da semana

Omid: O
Omid: O

  Comentários

Existem 15 pontos de vista. Quem será o próximo?
Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar
01
Gravatar Ferrinhito
em 2007-11-04 12:17:43

Que belo poema para tão bela foto. Abraço

02
Gravatar Clarence
em 2007-11-04 16:06:35

Those lines keep you aware of the location - I like the foggy landscape in the distance as well.

03
Gravatar Maarten
em 2007-11-04 18:31:29

a city trapped behind bars

04
Gravatar Pmclio
em 2007-11-04 19:22:26

Bela foto e um tema muito bem escolhido.. O poema tambem ficou optimo..

Abraço

05
Gravatar Manuela
em 2007-11-04 21:08:55

WOnderful view and love the horizon disappearing in the fog. Great lines too.

06
Gravatar L Reis
em 2007-11-04 21:32:43

Paisagem com entrelinhas de grades...belo resultado!

07
Gravatar Sandra Rocha
em 2007-11-04 21:52:45

Lindo Remus. Qual é a localidade?

Esta imagem veio mesmo a calhar, lembrei-me do documentário que passou hoje na 2 sobre a Tarrafal, mas não tinham essa bela visão.

08
Gravatar Gonçalo
em 2007-11-04 22:54:10

Belissíma foto Remus! O P/B, a neblina da outra margem e as grades dão-lhe um ambiente especial. Parabéns!

09
Gravatar Fábio Teixeira
em 2007-11-05 02:04:36

É uma bela imagem, muito forte. Parabéns!

10
Gravatar Pedro
em 2007-11-05 10:17:43

Muito boa a opção P&B... Muito bom o grafismo gerado pelas grades da janela e mto bom o DOF. Gostei!

[]'s

11
Gravatar Francisco Oliveira
em 2007-11-05 21:10:03

Nesta masmorra não se está mal. Tem uma linda vista e o céu aberto das Virtudes.

É uma linda ilustração do poema.

12
Gravatar Luis Rodrigues
em 2007-11-05 22:21:54

Excelente mais uma vez!

13
Gravatar Pedro Alexandre
em 2007-11-09 23:18:03

resta saber se as grades servem para proteger quem está dentro da prisão!!, boa opção no p&b

14
Gravatar Jeremy
em 2007-11-11 01:17:54

Nice execution of this idea. I like it.

15
Gravatar Remus
em 2007-11-14 21:38:26

Muito obrigado pelos vossos comentários.

ferrinhito, pmclio e Francisco Oliveira: A beleza do poema, é completamente mérito do Mário Margaride.
sandra rocha: É o Porto! Por entre o nevoeiro, existe a ponte de Arrábida.
pedro alexandre: Acho que a principal função delas é proteger para que ninguém caia lá a baixo. :)
clarence, Maarten and Jeremy: Thanks!