Pontos deVistas

Vive cada dia como se fosse o último, um dia tu acertas.

Vem dar uma voltinha Anterior Seguinte

Vem dar uma voltinha

       Anterior Seguinte       

#Object

Vem dar uma voltinha na minha lambreta
E deixa de pensar no tal Vilela
Que tem carro e barco à vela
O pai tem a mãe também
Que é tão tão
Sempre a preceito
Cá para mim no meu conceito
Se é tão tão e tem tem tem
Tem de ter algum defeito.

Vem dar uma voltinha na minha lambreta
Vê só como é bonita
É vaidosa, a rodinha mais vistosa
Deixa um rasto de cometa
É baixinha mas depois
Parece feita para dois
Sem falar nos eteceteras
Que fazem de nós heróis.

Eu sei que tenho estilo gingão
Volta e meia vai ao chão
Quando faz de cavalinho
Mas depois passa-lhe a dor,
Endireita o guiador
E regressa de beicinho
Para o pé do seu amor.

Vem dar uma voltinha na minha lambreta
Eu juro que eu guio devagarinho
Tu só tens de estar juntinho
Por razões de segurança
E se a estrada nos levar
Noite fora até ao mar
Páro na beira da esperança
Com a luzinha a alumiar

E deixar de pensar no tal Vilela
Em que tem carro e barco à vela
O pai tem a mãe também
Que é tão tão
Sempre a preceito
Cá para mim no meu conceito
Se é tão tão e tem tem tem,
Tem que ter algum defeito
Se é tão tão e tem tem tem,
Tem que ter algum defeito
Se é tão tão e tem tem tem,
Tem que ter algum defeito...

Música «Lambreta» de António Zambujo.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 2673
Publicação: 2016-03-15
Grupo: Objectos
Câmara: KODAK DX6490
Abertura: f 2.8
Distância focal: 6.3 mm
Velocidade do obturador: 1/30 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Economizadora, mas não muito amiga In memoriam: Kopernik Ode marítima Vida de cão Fluir de um rio Aldeia Mais Portuguesa Que o olhar não se perca nas tulipas Sorria hoje, amanhã... Sempre!

  Escolha da semana

Arco-Íris Reloaded: Expensive Soul - Que Saudade
Arco-Íris Reloaded: Expensive Soul - Que Saudade

  Comentários

Existem 16 pontos de vista. Quem será o próximo?
Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar
01
Gravatar Chica
em 2016-03-15 10:27:55

Adoprei a foto e o convite!! Legal! abração, lindo dia! chicva

02
Gravatar Elisa Fardilha
em 2016-03-15 11:55:26

Excelente foto!
Fez parte da minha juventude.
O poema é belíssimo. Sexta vou ao concerto, dele.

Beijinhos.

03
Gravatar Manu
em 2016-03-15 18:28:41

Tudo o que não tenha quatro rodas, não me seduz, gosto de me sentir segura:P
Prefiro ver aqui a lambreta bem fotografada, será que o Remus agora se descola numa coisa destas ? :)

04
Gravatar Joao Meneres
em 2016-03-15 20:41:05

Com este frio e chuvinhas, obrigado...

05
Gravatar André M,
em 2016-03-15 23:31:16

Não vou dar voltinha nenhuma... prefiro ficar a ver as fotografias!

06
Gravatar Lis
em 2016-03-16 00:24:12

ah eu aceito!!
essas 'lambretas' fizeram a alegria da 'moçada' e ainda encanta!!
Muito linda a idéia e a fotografia.
Bravo Remus

07
Gravatar Ana Lúcia
em 2016-03-16 13:03:36

Impecável! Nem um pozinho! E parece-me segura. Sim, vamos dar uma voltinha.

08
Gravatar Mariam
em 2016-03-19 20:29:56

um clássico! Maravilhosa! A 'bomba' e a foto :) bjs

09
Gravatar Rute
em 2016-03-20 02:02:42

'Granda' pinta! Está 5*****. estás um mestre do p&b.
A música é a minha praia, sou vidrada no timbre de voz do António Zambujo e adoro todas as suas músicas, letras e afins. (com o Miguel Araújo é a mesma pancada...).
1 beijo

10
Gravatar Alex
em 2016-03-26 00:59:40

eu adorava ter uma assim... azul claro... amava.... :)

a tua foto, está... de invejar...

11
Gravatar Pat
em 2016-03-28 18:20:24

great black and white on this miniature!!

12
Gravatar Roadrunner
em 2016-04-10 12:48:56

Máquina infernal! E económica!

Saudações

13
Gravatar Roland-t
em 2016-04-11 19:01:00

Wow, magnific bw!

14
Gravatar Remus
em 2016-04-20 12:39:41

Obrigado pelos vossos comentários e visitas.

Manu: Não. Nunca entusiasmei-me por veículos de duas rodas, apesar de na minha infância, ter andado sempre de mota com o meu pai. Por causa disso, acho que ganhei trauma a capacetes. :-P
Alex: Passo muitas vezes por uma em azul. Qualquer dia tiro uma foto... :-)
Pat et Roland-t: Merci.

15
Gravatar João Menéres
em 2016-07-25 22:55:33

Bem... AGORA que estamos com tanto calor, é uma situação bem diferente...
O REMUS não sente ponta de remorso por tanto METALIZADO USAR?
Com tanta vitória (e JUSTA, diga-se!), os participantes ficam desmotivados, digo eu...

16
Gravatar Mário
em 2016-07-26 08:32:38

Uma lambreta, já por si, é uma beldade de linhas suaves e curvas perfeitas. Aqui até parece inox, impecável, saída da fábrica. Uma foto irrepreensível, de execução perfeita, como são as fotos de Remus.