Pontos deVistas

De erro em erro, vai-se descobrindo toda a verdade.

Quando o povo quer Anterior Seguinte

Quando o povo quer

       Anterior Seguinte       

#General  #festasdopovo

Conhecidas como Festas do Povo de Campo Maior, são consideradas como uma das festas mais bonitas de Portugal, devido à decoração que é feita em toda a vila, especialmente na zona do centro histórico. A última edição, em 2011, contou com 104 ruas enfeitadas.
Todos os milhares e milhares de flores: todas as rosas, todos os cravos, todas as tulipas, todas as glicínias, todas as papoilas garridas... foram preparadas pelos habitantes de Campo Maior. Foram meses e meses de trabalho sem limites, dedicados à criação e preparação das flores. Foram necessárias muitas horas, ás vezes até roubadas ao justo descanso, para que estas decorações coloridas ganhassem vida. No total, nas 104 ruas enfeitadas, foram utilizadas cerca de 23 toneladas de papel.
Por ser uma festa que requer muito trabalho, ela só é realizada quando o povo de Campo Maior quer. Mas já se fala, que estão a pensar em preparar uma nova festa em 2015.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 2136
Publicação: 2014-04-07
Grupo: Geral
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 6.3
Distância focal: 65 mm
Velocidade do obturador: 1/500 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Usar e deitar fora Energia hidráulica Brutus Vidas que passam Pombos Brincar às escondidas Existem outros como nós Podia e pude

  Escolha da semana

To whom it may concern: The Netherlands, Vorden, Baakseweg
To whom it may concern: The Netherlands, Vorden, Baakseweg

  Comentários

Existem 20 pontos de vista. Quem será o próximo?
WRAJJQMECAASWLRRRMMM
01
W
Will Williams
em 2014-04-07 19:05:31

The light shining through under all those colors must be amazing!

02
R
Roléro-t
em 2014-04-07 22:14:34

Wow best colors Remus! Very good photo!

03
A
Ana Lúcia
em 2014-04-08 00:13:06

A primavera em flores de papel! :)

04
J
Jarek
em 2014-04-08 07:21:09

Nice photo. Great job, Remus

05
J
João Menéres
em 2014-04-08 11:53:48

Visitei uma vez estas de Campo Maior.
Um ror de gente, num dia quente.

As de Redondo são mais calmas e igualmente belas!
É bom fotografar de manhã bem cedo, quando não quase gente nenhuma.

Bela fotografia, REMUS!

06
Q
Questiuncas
em 2014-04-08 12:04:03

Se algum dia tiver a oportunidade, vou seguir a sugestão do João Menéres por causa da confusão de gente.

07
M
Manu
em 2014-04-08 12:17:33

Gostava de um dia visitar, ver um céu assim cheio de flores deve ser qualquer coisa de mágico, assim como mágica está esta foto.

08
E
Elisa Fardilha
em 2014-04-08 20:44:32

A foto está belíssima.Um manto rosa!

Nunca estive lá.
Com muita confusão ninguém+em me apanha por lá. Tiveste sorte, praticamente não havia ninguém.

Beijinhos.

09
C
Cristina
em 2014-04-08 21:48:33

A fotografia está linda! Eu fui somente 1 vez lá e amei!

10
A
Ana Freire
em 2014-04-09 00:05:55

Belíssima foto e belíssimo efeito... numas cores que me são vagamente familiares...
Abraço
Ana

11
A
Alex
em 2014-04-09 00:09:15

o esplendor de campo maior...

12
S
Sérgio Pontes
em 2014-04-09 14:39:29

Não está geométricamente equilibrada, mas os tons estão fabulosos! Gosto bastante

13
W
Willem
em 2014-04-09 21:18:08

Beautiful colorful photo with a lovely depth.

14
L
Luis Lapa
em 2014-04-11 20:02:41

De belo efeito!!

15
R
Rute
em 2014-04-17 21:32:14

Não conheço estas festas, mas já conheço bem os seus famosos enfeites porque todos os anos eles aparecem aqui neste teu cantinho. Muito bonitos.
1 beijo

16
R
Remus
em 2014-04-19 18:10:54

Muito obrigado pelos vossos comentários. Eles são sempre muito importantes.

Will Williams, Willem and Jarek: Thank you.
Roléro-t: Merci.

17
R
Roadrunner
em 2014-04-28 15:43:19

É sempre um espectáculo!

18
M
Mário
em 2016-05-07 15:04:05

Perfeita; um trabalho minucioso. Uma imagem muito bem conseguida de um evento importante do nosso país. Parabéns, abraço e bom fim de semana.

19
M
Mariam
em 2016-05-14 17:08:21

wow! Nunca fui! Tão bonito! Pbs! bjs :)

20
M
Maria Antonieta
em 2018-11-23 19:13:22

:) Quando o povo quer, Deus ajuda e a obra nasce...