Pontos deVistas

É melhor que fale por nós a nossa vida, que as nossas palavras.

Flores e letras Anterior Seguinte

Flores e letras

       Anterior Seguinte       

#Experiment

As árvores como os livros têm folhas
e margens lisas ou recortadas,
e capas (isto é copas) e capítulos
de flores e letras de oiro nas lombadas.
E são histórias de reis, histórias de fadas,
as mais fantásticas aventuras,
que se podem ler nas suas páginas,
no pecíolo, no limbo, nas nervuras.
As florestas são imensas bibliotecas,
e até há florestas especializadas,
com faias, bétulas e um letreiro
a dizer: «Floresta das zonas temperadas».
É evidente que não podes plantar
no teu quarto, plátanos ou azinheiras.
Para começar a construir uma biblioteca,
basta um vaso de sardinheiras.

Poema «As árvores e os livros» de Jorge de Sousa Braga.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 3286
Publicação: 2018-05-31
Grupo: Experiências
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 10
Distância focal: 62 mm
Velocidade do obturador: 1/80 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

No cimo de uma colina Falso Castelo Pedra que nasceu para a casa Morangos encarcerados Coisas de parede Em tempo de jogo... Café para dois

  Escolha da semana

Arco-Íris Reloaded: Queen of flowers
Arco-Íris Reloaded: Queen of flowers

  Comentários

Existem 11 pontos de vista. Quem será o próximo?
Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar
01
Gravatar Willem
em 2018-06-01 16:53:54

A lovely photo with fine clear details.

02
Gravatar Steven
em 2018-06-01 18:31:41

Great poem! If only the gold lettering stood out on the book's spline. ;-)

03
Gravatar Elisa Fardilha
em 2018-06-01 20:35:00

Desconhecia o poema. Agradou-me!
Mais uma bela e original foto. Gostei do destaque que deu às flores, colocando os livros em segundo plano.

Beijinhos.

04
Gravatar Omid
em 2018-06-01 22:50:02

:)
Lovely!!!!

05
Gravatar Dida
em 2018-06-02 01:59:25

O fundo psicadélico resultou muito bem.
Como um fundo noturno estrelado de flores.
Gostei

06
Gravatar Mariam
em 2018-06-02 11:19:00

Adoro. Adoro. Tudo! A foto e esse é um dos poemas e um dos poetas (vivos) da minha eleição ♡

07
Gravatar Ana Lúcia
em 2018-06-03 09:29:37

Visualmente atraente... será este o papel de parede do nosso fotógrafo :) ?

08
Gravatar L Reis
em 2018-06-03 11:30:58

Gosto da ideia, suscitada pelo poema e da ideia para o "suporte visual" do que nele é dito, mas há qualquer coisa que, para mim, não resultou nesta fotografia. Não sei se as cores, não sei se a posição do livro ou outra coisa qualquer... estou para aqui farta de olhar para ver se descubro o que é, mas, no essencial acho que faltou aquela sensação de inveja profunda, quando vejo este género de imagens por aqui. :):)

09
Gravatar Ana Simões
em 2018-06-03 14:01:53

Que lindo poema e linda a foto. gostei muito do fundo.

10
Gravatar Alex
em 2018-06-12 16:35:31

sem ser visível, tudo é visível... :) gosto do contraste, das cores, das silhuetas

11
Gravatar Remus
em 2018-06-25 21:55:26

Estou muito grato pelas vossas visitas e palavras.

Willem and Omid: Thank you.
Steven: It was lacking of remembrance, because I could have added a small strip of light.
Ana Lúcia: Não é. Em casa nem tenho papel de parede. E no computador, não tenho nada assim tão florido. :-)
L Reis: Também não podemos estar sempre no topo. :-D