Pontos deVistas

O mal é como as mulas: teimoso e estéril.

Olhar para o chão Anterior Seguinte

Olhar para o chão

       Anterior Seguinte       

#General

É possível falar sem um nó na garganta
é possível amar sem que venham proibir
é possível correr sem que seja fugir.
Se tens vontade de cantar não tenhas medo: canta.

É possível andar sem olhar para o chão
é possível viver sem que seja de rastos.
Os teus olhos nasceram para olhar os astros
se te apetece dizer não grita comigo: não.

Excerto de "Letra para um hino" de Manuel Alegre

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 919
Publicação: 2009-09-07
Grupo: Geral
Câmara: KODAK DX6490
Abertura: f 2.8
Distância focal: 6.3 mm
Velocidade do obturador: 1/350 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Monte Espinho Por baixo da realidade «Citrus Paradisi» «Calceolaria Herbeohybrida» Assembleia Para onde vamos? Zune que zune Reverência

  Escolha da semana

To whom it may concern: Bij, Antophila
To whom it may concern: Bij, Antophila

  Comentários

Existem 9 pontos de vista. Quem será o próximo?
CMSJDMCAR
01
C
Clic
em 2009-09-07 21:24:13

Eis que chego e já "tropeço" nesta delícia!... :)

02
M
Marco Marques
em 2009-09-07 22:03:09

Olhar para o chão é extremamente importante...

Bom trabalho.

03
S
Sérgio Aires
em 2009-09-08 00:58:50

Por acaso até acho que o tempo é mais de olhar para o céu... mas, como registo fotográfico, estamos conversados: fantástico!

04
J
Jorge C Reis
em 2009-09-08 20:32:11

E ainda há quem diga que a fotografia não é uma arte. Original e com impacto. Parabéns

05
D
Desfocado
em 2009-09-08 21:51:09

o chão ?... fazes melhor que isto :P

06
M
Mfc
em 2009-09-08 22:42:59

Aqui a profundidade de campo é abrangente.

07
C
Clarice
em 2009-09-09 11:24:17

Para encontrar os pés... fantástica!

08
A
Alex
em 2009-09-09 23:52:41

gosto... mas nao sei se percebi a mensagem.. :)

09
R
Remus
em 2009-09-17 17:50:50

Muito obrigado pelos vossos comentários.

Marco Marques: Não vá pisar algo indesejável. :-)
desfocado: Também não está assim tão mal... ;-)
alex: A mensagem é uma incógnita. :-)