Pontos deVistas

Na vida o mais importante é não parar de respirar.

Quatro dentes Anterior Seguinte

Quatro dentes

       Anterior Seguinte       

#Experiment

No século XVI, os franceses achavam que o uso de garfos de metal deturpava o sabor dos alimentos. Por isso mesmo, preferiam continuar a comer com as mãos ou com espetos de madeira.
Mas a partir do século XVII o garfo tornou-se cada vez mais difundido na Europa, sendo usado em quase todos os lares. Porém, existia um pequeno pormenor: na grande maioria das casas era um garfo partilhado. Ou seja, durante uma refeição todos comiam com o mesmo garfo.
O actual aspecto de um garfo, com quatro dentes, foi criado no começo do século XIX. Esta última versão foi amplamente impulsionada por Fernando de Bourbon (Rei Fernando II das Duas Sicílias) que detestava ver os longos fios de esparguete escorregar nos garfos de três ou dois dentes.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 2592
Publicação: 2015-11-29
Grupo: Experiências
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 1.8
Distância focal: 50 mm
Velocidade do obturador: 1/40 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

O meu Fofo Barbas de milho Espectáculo desafinado 11.º aniversário do Pontos de Vistas Terras do Demo Raindrops are falling on my head As voltas da história Nas minhas veias

  Escolha da semana

To whom it may concern: The Netherlands, Vorden, Baakseweg
To whom it may concern: The Netherlands, Vorden, Baakseweg

  Comentários

Existem 17 pontos de vista. Quem será o próximo?
WJPPMELAACRRPOAJR
01
W
Willem
em 2015-11-29 13:06:23

Excellent use of focus and exposure.

02
J
João Meneres
em 2015-11-29 15:21:51

Serão 27 ou 28 dentes, REMUS?
Excelente o controle da profundidade do campo de vista!

Um abraço.

03
P
Pc Silva
em 2015-11-29 19:04:38

nada como um rei, e ainda por cima das 2 Sicílias, para entender a dificuldade de comer esparguete... graças a esse nobre homem hoje temos a tarefa facilitada! :D
excelente imagem!

04
P
Photo Attraction
em 2015-11-30 14:01:31

Nifty Fifty!
Grande (ou neste caso pequena) profundidade de campo.

05
M
Manu
em 2015-11-30 14:06:23

Quatro dentes e uns quantos mais que ficaram maravilhosamente desfocados.
Excelente foto!

06
E
Elisa Fardilha
em 2015-11-30 20:43:33

Quatro dentes vísiveis e mais uns tantos que se "esconderam no nevoeiro"!!!

Amei a foto!

Beijinhos.

07
L
Lis
em 2015-11-30 20:55:10

Ficou tão original essa foto... que beleza!
gostaria de saber e ter paciencia pra fotografar assim, num estudiozinho próprio _mas ainda nao consegui ...quem sabe? o Remus ensina ... rs
Adorei!

08
A
Ana Lúcia
em 2015-12-02 10:55:46

Excelente trabalho!
Nas feiras medievais é engraçado comer com talheres de madeira... mas só aí. Prefiro um bom "garfo".

09
A
Ana Lúcia
em 2015-12-02 10:56:37

Estou com a Lis, gostava de ter um pequeno estúdio para fazer estas maravilhas. :D

10
C
Carla Brito
em 2015-12-02 12:30:23

Preferiam comer com as maos??
lolol
Mas olha que vejo muito disso por aqui! :)

11
R
Rolero-t
em 2015-12-02 16:53:33

A very good focus!

12
R
Roadrunner
em 2015-12-02 22:20:07

Os berberes é que sabem, continuam a comer com as mãos para não deturpar o sabor dos alimentos!

Saudações!

13
P
Pat
em 2015-12-04 19:44:25

beautiful resonance effect

14
O
Olivier
em 2015-12-09 12:23:00

The king. The Prince... forks. Remus!
Always nice ideas. I love those black and white.

15
A
Alex
em 2015-12-14 22:29:43

efeito mto lindo... o desfoque.. o preto & branco...

16
J
Jéfferson Cezimbra
em 2015-12-23 19:48:04

Pela quantidade de garfos, nota-se que o Remus anda recebendo convidados para a janta.
Por que o amigo do lado de cá do Atlântico, nunca é convidado para tais jantares? rsrsr
Abraço

17
R
Remus
em 2015-12-30 10:55:11

Obrigadinho pelo vossos comentários.

Willem: Thank you.
João Meneres: Tendo os garfos 4 dentes cada um e pelas leis da matemática, o total terá de ser obrigatoriamente um número par. Logo, não pode ser 27. Mais que isto não lhe sei dizer, porque não os contei. :-)
Pc Silva: Ele podia sempre usar a técnica do "sugamento". Ela funciona, porque uso-a muitas vezes. :-D
Lis: Quando a Lis estiver disponível para ter umas aulas, eu ensinarei o que sei. O que não é muito, mas já dá para fazer umas coisas engraçadas. :-)
Ana Lúcia: Só não tens, porque não queres. Porque já disse muitas vezes como é o meu "estúdio" improvisado. ;-)
Rolero-t, Olivier et Pat: Merci.
Carla Brito: Então, pelos vistos, eles ainda não gostam dos garfos. :-P
Jéfferson Cezimbra: Nunca é convidado, porque segundo diz tem o coração demasiado puro, uma vez que entra na Cezimbraland. Em contrapartida, aos meus jantares, só vem gente com o coração impuro. É uma forma de manter o equilíbrio dos dois mundos. :-)