Pontos deVistas

Uma discussão prolongada significa que ambas as partes estão erradas.

Traça a recta Anterior Seguinte

Traça a recta

       Anterior Seguinte       

#Urbanism

Traça a recta e a curva,
a quebrada e a sinuosa
Tudo é preciso. De tudo viverás.

Cuida com exactidão da perpendicular
e das paralelas perfeitas.
Com apurado rigor.
Sem esquadro, sem nível, sem fio de prumo,
traçarás perspectivas, projectarás estruturas.
Número, ritmo, distância, dimensão.
Tens os teus olhos, o teu pulso, a tua memória.

Construirás os labirintos impermanentes
que sucessivamente habitarás.

Todos os dias estarás refazendo o teu desenho.
Não te fatigues logo. Tens trabalho para toda a vida.
E nem para o teu sepulcro terás a medida certa.

Somos sempre um pouco menos do que pensávamos.
Raramente, um pouco mais.

Poema «Desenho» de Cecília Meireles.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 2694
Publicação: 2016-04-11
Grupo: Urbanismos
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 8
Distância focal: 18 mm
Velocidade do obturador: 1/250 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Convergências e divergências Meteorologia Copas, clero Uma espécie de escaravelho Sermão do Remus ao Suricata Vai um Pneu? Grua de lagartas Para onde vai toda a gente?

  Escolha da semana

Arco-Íris Reloaded: Se ao dizer adeus à vida...
Arco-Íris Reloaded: Se ao dizer adeus à vida...

  Comentários

Existem 11 pontos de vista. Quem será o próximo?
Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar
01
Gravatar Oldshutterhand
em 2016-04-11 20:27:59

Interesting lines and strong color.

02
Gravatar Elisa Fardilha
em 2016-04-11 20:49:50

Adorei o poema que está em total sintonia com a excelente foto.

Beijinhos.

03
Gravatar Joao Meneres
em 2016-04-11 23:18:20

Conheço edifícios com uma arquitectura similar, mas não sei onde este se situa.
E como a Cecília Meireles sugere, NÃO ME VOU FATIGAR a tentar descobrir a sua localização.

Gostei bastante da perspectiva obtida pelo REMUS!

04
Gravatar Manu
em 2016-04-12 00:07:49

Vou direitinha em linha recta :P mas primeiro vou-me deliciar com esta relva onde apetece rebolar.
Gostei da arquitectura e das linhas rectas das paralelas perfeitas assim chega-se mais depressa e com este belíssimo poema que tem tudo a ver com a foto e com a vida.

05
Gravatar Rute
em 2016-04-12 01:49:04

às vezes as palavras e a imagem têm tanta sintonia que mais vale ver, ler, pensar e sentir... e sair de mansinho, para não quebrar a harmonia...
1 beijo

06
Gravatar Omid
em 2016-04-12 18:17:19

very nice shot!
such beautiful composition, colors, lights & graphics!

07
Gravatar Willem
em 2016-04-12 20:15:05

Beautiful clear photo of this interesting building, nice compo as well.

08
Gravatar Ana Lúcia
em 2016-04-15 18:42:22

Hum... já estou aborrecida... as rectas não estão relacionadas com matemática?!!!! Mas que chatice! :P

09
Gravatar Alex
em 2016-04-28 16:15:40

ui... esta tem mtas retas... e todas paralelas...

10
Gravatar Roadrunner
em 2016-05-01 12:42:59

Basicamente uma caixa de fósforos em cima de um relvado, suportada numa ponta por um côto...

11
Gravatar Remus
em 2016-05-16 09:53:05

Estou muito agradecido pelos vossos comentários e visitas.

Oldshutterhand, Willem and Omid: Thank you.
Joao Meneres: Este edifício fica na vila do Mogadouro, e por sinal alberga o posto de Turismo.
Ana Lúcia: A matemática faz parte da vida... ;-)
Roadrunner: Essa é uma forma de ver as coisas... :-P