Pontos deVistas

O bom humor tem algo de generoso: dá mais do que recebe.

Tragédia no Mar Anterior Seguinte

Tragédia no Mar

       Anterior Seguinte       

#Experiment

No dia 1 de Dezembro de 1947, numa noite de breu e tormenta, um naufrágio no mar causou a morte de 152 pescadores portugueses ao largo de Matosinhos. Essa tragédia deixou viúvas 79 mulheres e mais de 100 crianças órfãs.
Há setenta anos não havia televisão, mas todos podemos vislumbrar as imagens das mulheres e mães em desespero no areal à espera da impossível boa notícia que não chegava.
Desde 2005, estão cinco mulheres em desespero na praia de Matosinhos. Três têm os braços levantados aos céus, uma caiu de joelhos por terra e outra segura um bebé nos braços. São estátuas de três metros de altura, dispostas na entrada do areal. "Tragédia no Mar" é uma escultura de José João Brito, é um monumento à agonia, que assinala aquele dia fatídico.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 3329
Publicação: 2018-07-27
Grupo: Experiências
Câmara: COOLPIX L29
Abertura: f 8
Distância focal: 4.6 mm
Velocidade do obturador: 1/640 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Linha de luz Café para dois Sou um esfrincha Será que lêem? Uma questão de badalo Fui ficando mais atento A três Mārtulah

  Escolha da semana

To whom it may concern: The Netherlands, Egmond aan den Hoef
To whom it may concern: The Netherlands, Egmond aan den Hoef

  Comentários

Existem 14 pontos de vista. Quem será o próximo?
SJWDMJAEEALORR
01
S
Steven
em 2018-07-27 12:43:22

A great PoV toward the sunlight which creates these moving (powerful) silhouettes!!

02
J
JoÃo MenÉres
em 2018-07-27 19:59:18

Nessa altura tinha 13 anos e vivia no Porto e não tenho ideia (culpa da não existência da TV).
O grupo escultórico simboliza bem o drama de muitas fim´lias de pescadores.

03
W
Willem
em 2018-07-27 20:08:04

Excellent photo, exposure and the silhouettes are amazing in this light.

04
D
Dida
em 2018-07-27 20:31:22

Já passei por estas mulheres. As verdadeiras não me cruzei com elas, cheguei mais tarde.
Gosto do aspeto quente da foto e do dramatismo das sombras.
BFDS

05
M
Manu
em 2018-07-27 21:06:41

Quando vi sem ler a foto, pensei que era mesmo uma tragédia ao final de tarde, afinal era mesmo, mas escultura.
Muito boa a luz escolhida para concretizar a fotografia.

06
J
JoÃo MenÉres
em 2018-07-28 08:01:07

O meu computador é muito "inteligente":
Em vez de FAMÍLIAS (na última linha) gostou mais de borrada que fez...

07
A
Ana Lúcia
em 2018-07-28 09:11:37

Excelente aproveitamento da luz, que realçou as silhuetas dessas mulheres em agonia.

08
E
Elisa Fardilha
em 2018-07-29 07:42:59

Excelente foto de um monumento que conheço e nunca fotografei!
A luz está fabulosa, acentuando a tragédia que a está tua simboliza.
Beijinhos.

09
E
Elisa Fardilha
em 2018-07-29 07:45:22

Já tinha comentado, quando vi a minha foto em destaque!
Obrigada, Remus!
Até olhei 2 vezes para ver se era a minha foto!!!

Beijinhos.

10
A
Alex
em 2018-07-30 01:27:26

uma homenagem aos homens (mortos) d(n)o mar... a imagem tem um impacto visual grande.. o facto de ser um por do sol, valorizou ainda mais...

11
L
L Reis
em 2018-07-31 16:43:51

Não conheço e, como não conheço, não percebi logo que não era gente a sério e já ia começar a dizer disparates do género: isto deve ser uma nova arte marcial, o Li Pin Tu Tu.
Mas não... Não sei como é ver a escultura ao vivo mas, na fotografia, as poses das silhuetas a rogar aos céus e à terra, estão espetaculares.

12
O
Omar
em 2018-08-01 07:24:20

Excellent, title fits perfect to the picture, great lights, and I can hear them crying for coming back of the water

13
R
Roadrunner
em 2018-08-05 12:51:55

Ficou muito bem, com aquele céu magnífico. Deu uma dimensão catastrófica à foto.😱

14
R
Remus
em 2018-08-21 20:44:15

Obrigado pelas vossas visitas e palavras. Ambos são sempre muito importantes.

Steven, Willem and Omar: Thank you.