Pontos deVistas

O trabalho mais duro do mundo - é não fazer nada.

O que a noite nos fez Anterior Seguinte

O que a noite nos fez

       Anterior Seguinte       

#Experiment

E por vezes as noites duram meses
E por vezes os meses oceanos
E por vezes os braços que apertamos
nunca mais são os mesmos     E por vezes

encontramos de nós em poucos meses
o que a noite nos fez em muitos anos
E por vezes fingimos que lembramos
E por vezes lembramos que por vezes

ao tomarmos o gosto aos oceanos
só o sarro das noites       não dos meses
lá no fundo dos copos encontramos

E por vezes sorrimos ou choramos
E por vezes por vezes ah por vezes
num segundo se evolam tantos anos

Poema «E por Vezes» de David Mourão-Ferreira, in "Matura Idade".

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 3659
Publicação: 2019-09-29
Grupo: Experiências
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 22
Distância focal: 42 mm
Velocidade do obturador: 10 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

De madeira Cães, não! Umbelas Verdade crua Guindastes Aqueduto atribulado Simplesmente mar Pioneiros

  Escolha da semana

Arco-Íris Reloaded: In the woods
Arco-Íris Reloaded: In the woods

  Comentários

Existem 8 pontos de vista. Quem será o próximo?
JRWADLRA
01
J
Janita
em 2019-09-29 11:41:40

"E por vezes sorrimos ou choramos
E por vezes, por vezes, ah por vezes
num segundo se evolam tantos anos"

Grande verdade!
E a fotografia é tão bela, mas tão maravilhosamente bela, que me fez chorar...
Aceita um abraço?

02
R
Roadrunner
em 2019-09-29 12:11:24

Aí a malandra da noite. É por isso que eu gosto dela.
Saudações!

03
W
Willem
em 2019-09-29 15:23:49

A beautiful and well exposed evening/night photo.

04
A
Ana Lúcia
em 2019-09-30 14:38:33

E por vezes as noites duram... segundos.
Por aqui é mais assim.
Boa longa exposição.

05
D
Dida
em 2019-10-01 23:40:45

E cem vezes
Ás vezes mil
Fazemos perguntas
Que sabemos sem respostas

Bela escolha da poesia.
Belo momento que a noite o inspirou

06
L
Lis
em 2019-10-02 16:23:11

E, quem mais saberia definir tão bem a noite que não um poeta na 'matura idade' como David Mourão-Ferreira? Amo ler essa cara.
Me rendo também com fotos da noite _(comigo nunca ficam boas), e me faz pensar em travessias, encontros, proximidades...
fica o abraço, Remus

07
R
Remus
em 2019-11-04 17:56:02

Estou grato pela vossa presença constante e por fazerem parte do PdV.

Janita: Chorar por causa de uma modesta fotografia de uma ponte? Acho que não era caso para isso. Mas o abraço... Quanto custa? É de tempo contado? :-P
Willem: Thanks.

08
A
Alex
em 2019-11-12 22:47:02

a noite faz-nos coisas altamente.. :D esta é uma delas: fotos com arrasto :D