Pontos deVistas

Tudo se aprende, até a virtude.

Perfume Anterior Seguinte

Perfume

       Anterior Seguinte       

#Experiment

O que sou eu? – O Perfume,
Dizem os homens. – Serei.
Mas o que sou nem eu sei...
Sou uma sombra de lume!

Rasgo a aragem como um gume
De espada: Subi. Voei.
Onde passava, deixei
A essência que me resume.

Liberdade, eu me cativo:
Numa renda, um nada, eu vivo
Vida de Sonho e Verdade!

Passam os dias, e em vão!
– Eu sou a Recordação;
Sou mais, ainda: a Saudade.

Poema «O Perfume» de António Correia de Oliveira, in «Antologia Poética».

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 4076
Publicação: 2021-02-09
Grupo: Experiências
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 5.6
Distância focal: 75 mm
Velocidade do obturador: 1/80 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Escrita do Alvão O forno a lenha Água e a electricidade Visão & faro Fitoterapia Sonhar a Primavera Vida num recife Há vidros no chão

  Escolha da semana

Arco-Íris Reloaded: Lanterna-das-bruxas
Arco-Íris Reloaded: Lanterna-das-bruxas

  Comentários

Existem 14 pontos de vista. Quem será o próximo?
AJJSJMOWLRRCRA
01
A
Ana Lúcia
em 2021-02-09 14:00:46

Desconheço o aroma... mas a fotografia reconheço que está maravilhosa.

02
J
Janita
em 2021-02-09 14:43:06

Belo soneto em hora do Perfume...qualquer perfume de Mulher.

Esse dai, só de ouvir o nome "ORCHIDÉE"... até me arrepio toda!
Não quer trocar para «Oscar de la Renta»? É o meu, o que eu uso.

Deu-me uma ideia. Um dia venho roubar-lhe o Poema, fotografo o meu frasco e faço um postal dedicado a si...isso é que vai ser a minha coroa de glória. ;)

03
J
Janita
em 2021-02-09 14:44:20

* Honra.
Hora, qualquer uma serve.

04
S
Steven
em 2021-02-09 15:09:25

The perfect advertisement for this company! Great use of backlighting.

05
J
Janita
em 2021-02-09 15:40:40

Já roubei o poema, já fotografei o meu perfume - e outros fraquinhos, por acréscimo - agora vou deixar passar uns dias e... quando menos esperar; ataco! :D

06
M
Manu
em 2021-02-10 11:49:37

Parece um perfume daqueles antigos do tempo da Cleópatra :P digo isto pelo nome, que desconheço. Será Orquídea?
A foto ficou maravilhosa.

07
O
Omid
em 2021-02-11 18:54:45

such beautiful frame & lights!
Lovely!

08
W
Willem
em 2021-02-12 17:45:43

A excellent photo, de colors are matching beautiful.

09
L
Lis
em 2021-02-14 03:11:58

A sépia deu um ar bem apropriado a imaginação do bom perfume.
E o poema fala na recordação_ sei em o que isso faz rs
Bonito o frasco, e o fundo com os ruídos deu o toque certo.

10
R
Roadrunner
em 2021-02-14 19:19:06

Então mas isto tranformou-se num OLX?! 🧐

11
R
Ryk rdo
em 2021-03-06 17:01:27

Poema lindíssimo sem dúvida alguma. Fascinante de ler.
Um grande poeta, António Correia de Oliveira
Cumprimentais

12
C
Cidália Ferreira
em 2021-03-06 17:26:34

Mais uma partilha fantástica!! ;)
*
Não há baú sem segredos ...
*
Beijos e um excelente fim de semana.

13
R
Remus
em 2021-03-19 20:00:24

Obrigado pelas vossas visitas e palavras.

Janita: «Oscar de la Renta» deduzo que seja caro. Este se calhar até era dos chineses. :-P
Steven, Omid and Willem: Thank you.
Manu: Deduzo que seja. Mas não posso descrever muito mais, porque esta fotografia é antiga e este perfume nunca mais o vi.
Roadrunner: Se render dinheiro, posso transformar. :-P

14
A
Ana Simões
em 2021-10-30 19:19:59

Está maravilhosa!! Excelente luz e tonalidades. Bfs.