Pontos deVistas

97% da população não acredita nos políticos, e os outros 3% são os políticos.

Desmoronando-se permanece Anterior Seguinte

Desmoronando-se permanece

       Anterior Seguinte       

#Water

Ondas que descansam no seu gesto nupcial
abrem-se caem
amorosamente sobre os próprios lábios
e a areia
ancas verdes violetas na violência viva
rumor do ilimite na gravidez da água
sussurros gritos minerais inércia magnífica
volúpia de agonia movimentos de amor
morte em cada onda sublevação inaugural
abre-se o corpo que ama na consciência nua
e o corpo é o instante nunca mais e sempre
ó seios e nuvens que na areia se despenham
ó vento anterior ao vento ó cabeças espumosas
ó silêncio sobre o estrépito de amorosas explosões
ó eternidade do mar ensimesmado unânime
em amor e desamor de anónimos amplexos
múltiplo e uno nas suas baixelas cintilantes
ó mar ó presença ondulada do infinito
ó retorno incessante da paixão frigidíssima
ó violenta indolência sempre longínqua sempre ausente
ó catedral profunda que desmoronando-se permanece!

Poema «O Mar» de António Ramos Rosa.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 1992
Publicação: 2013-09-29
Grupo: Água
Câmara: KODAK DX6490
Abertura: f 5
Distância focal: 60.8 mm
Velocidade do obturador: 1/350 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

A sós com o mar Tiara Existe sempre um lado mau «Oxalis Pes-caprae» Limite: 20 Partir, nunca é o bastante Estrela da tarde Mértola

  Escolha da semana

Arco-Íris Reloaded: In the woods
Arco-Íris Reloaded: In the woods

  Comentários

Existem 20 pontos de vista. Quem será o próximo?
JTJAEMWZKLJCQRRVDRAM
01
J
João Menéres
em 2013-09-30 01:28:48

Felicito-o pela esplêndida imagem e por trazer uma poeia do António Ramos Rosa a este seu PONTOS DE VISTAS.

Um abraço.

02
T
Tossan
em 2013-09-30 02:52:34

Poesia na foto poesia no texto, postagem casada com beleza & técnica.Assim fica fácil comentar blogs. Abraço meu amigo

03
J
Jéfferson Cezimbra
em 2013-09-30 03:51:29

Uma magnífica imagem Remus.
Nos confesse: Combinou com os pássaros para pousarem ali no momento da foto ou mandou o mar recuar rsrsrsrsrsrs
Abraço

04
A
Ana Lúcia
em 2013-09-30 10:52:59

Linda, linda, linda...
E não são gaivotas! Mas não reconheço essas aves! :(
Que cores maravilhosas. O sol é um deus!!!

05
E
Elisa Fardilha
em 2013-09-30 11:17:58

Uma foto genial! Que sonho!

O poema um luxo!

Parabéns!

Beijinhos.

06
M
Manu
em 2013-09-30 20:53:43

O dourado a contrastar com o azul ficou perfeito e os airos (chamo-lhes assim, porque me parecem mais pequenos que as gaivotas) decoraram muito bem a foto e nem se assustaram com a aproximação do Remus :P

07
W
Willem
em 2013-09-30 21:26:39

Beautiful light here, lovely result.

08
Z
Zekarlos
em 2013-09-30 22:45:52

É o verdadeiro Ouro sobre Azul, está um espanto. Que grande momento. Parabéns

09
K
Kaipiroska
em 2013-10-01 00:22:21

Parece que a onda está em pausa à espera que os pássaros dêem licença para avançar :) bonitas tonalidades de final de dia... de final de verão.

10
L
Lis
em 2013-10-01 02:26:42

Deslumbrante! é muito a minha 'praia'_ amo paisagens !
está divina Remus

11
J
Julie Brown
em 2013-10-01 12:20:25

This is wonderful!

12
C
Cristina
em 2013-10-02 18:19:50

Simplesmente linda!!!

13
Q
Questiuncas
em 2013-10-03 09:08:42

Gostei muito daquelas cores final de tarde (acho eu).
Também acho que aqueles passaritos não estão muito preocupados com a onda, acho mesmo que se viesse um tsunami, mantinham a mesma calma.
No stress.

14
R
Roadrunner
em 2013-10-03 21:54:05

Maravilha de foto!

Saudações!

15
R
Rute
em 2013-10-04 23:36:39

Este post está maravilhoso! A fotografia está sublime e o poema de Ramos Rosa tb não lhe fica atrás. quando me deparo na minha vida com uma 'coisa' destes, já fico com o dia ganho.
1 beijo

16
V
Vera Cymbron
em 2013-10-07 01:24:28

Eu descobri que não consigo ficar mais que 1 semana sem mar...

17
D
Dida
em 2013-10-09 20:01:37

Ainda não tinha comentado, mas já tinha visto as fotos e adorei os tons e a suavidade que transmite esta.

18
R
Remus
em 2013-10-12 17:53:33

Estou muito agradecido pelos vossos comentários.

Jéfferson Cezimbra: Eu confesso que tive que pagar forte e feio, para que eles estivessem ali à minha disposição. ;-)
Ana Lúcia: Eu penso que são Pilritos-das-praias «Calidris alba». Mas é claro que posso estar totalmente enganado. ;-)
Willem and Julie Brown: Thank you.
Questiuncas: Sim. São cores de quase final de tarde.

19
A
Alex
em 2013-11-16 00:14:53

palavras sábias... a imagem está mágica.

20
M
Mariam
em 2018-09-07 17:21:28

Tão bonito. Tudo.