Pontos deVistas

A lente revela mais do que o olho pode ver.

Nem terra, nem céu e nem nada Anterior Seguinte

Nem terra, nem céu e nem nada

       Anterior Seguinte       

#Black&White

Enquanto me não dispuser a viver
A vida dos mestres
Que se governam sozinhos
Em ermos distantes
Sem termos
Nem pressupostos
Nem leis
Nem armas
Nem fogo
Nem água
Nem ar
Nem terra
Nem céu
E nem nada

Viverei só no mundo
Que cai aos bocados
Nas mãos de quem
O acolhe
Como quem colhe
Frutos maduros
Mas apodrecidos
Nos pomares esquecidos

Abrirei os braços
E dir-te-ei de uma fome
Que alastra por todos
Os cantos da terra
Enquanto se gastam
As metades que dividem
O chão que pisas

Poema «Nem terra, nem céu e nem nada» de Dolores Marques.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 2153
Publicação: 2014-04-30
Grupo: Preto e Branco
Câmara: KODAK DX6490
Abertura: f 2.8
Distância focal: 6.3 mm
Velocidade do obturador: 1/30 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Torre antenada Brincar às escondidas Sem safa possível Vazio Verde mar antigo Letras que escapam lentamente Sigo atrás do Baluarte Santo António

  Escolha da semana

Existe um Olhar: Cumprimente com um sorriso
Existe um Olhar: Cumprimente com um sorriso

  Comentários

Existem 15 pontos de vista. Quem será o próximo?
JWMCJAEMLROARVA
01
J
Jarek
em 2014-04-30 07:03:45

Simple and great photo. I like geometric shots! B & W great fit here. Good work!

02
W
Willem
em 2014-04-30 09:51:06

Nice abstract photo in beautiful b/w.

03
M
Mariiana Capela
em 2014-04-30 14:41:44

Peço desculpa por desiludir, mas acho que a mandy nao iria aceitar :p
Adoro o preto e branco, ficou bastante bonita esta!

04
C
Chica
em 2014-04-30 16:49:14

Cimento, pedras das cidades! Linda foto! abraços, tudo de bom, chica

05
J
Jéfferson Cezimbra
em 2014-04-30 17:22:21

Tem sim, muita história...
Imagina se essas pedras falassem? rsrsrsr
Belo grafismo. Abraço

06
A
Ana Freire
em 2014-04-30 17:46:08

Olá, Remus!
Ora nem céu, nem terra, nem nada... só posso concluir que o Remus estará em estado de meditação e paz interior, prestes a atingir o Nirvana... logo, não querendo incomodar... e já incomodando... vou tentar ser rápida.
Como ninguém me disse nada... então, sou eu que tenho que adivinhar... o que vem confirmar a minha teoria, de que o Remus pensa que eu me desloco de vassoura, com a bola de cristal em equilíbrio na ponta do nariz...
E ontem lá me calhou adivinhar que o nosso blog foi incluído, aqui nas Ligações, do Pontos de Vistas.
Desde já agradecemos, e ficámos muito sensibilizados, e admirados com a escolha, pois não fazemos propriamente parte do tradicional formato de blogs, ligados somente a fotografia, nem participamos em desafios fotográficos, sendo o nosso blog uma "mixórdia" daquilo que mais gostamos de fazer, não apenas em fotografia, mas também noutras áreas.
Mais uma vez, os nossos agradecimentos, o que só nos motiva a darmos o nosso melhor.
Em relação à foto, uma foto à Remus, magnifica e simples, com padrões, e simetrias que já são a sua imagem de marca habitual, pelo que não haverá muito mais a acrescentar.
Um beijo, e mais uma vez obrigada...
Ana

07
E
Elisa Fardilha
em 2014-04-30 20:53:06

Uma foto diferente, cinzenta e fria!

Beijinhos.

08
M
Manu
em 2014-04-30 22:18:16

Como sempre o enigmático Remus , não quis mostrar para onde vai e só mostrou um bocadinho do caminho, que por acaso está limpinho e bem alinhado.
Imagino o que por aí não vem nas próximas fotos :P

09
L
Lis
em 2014-05-04 03:47:29

Parece que aí a limpeza urbana funciona. Beleza!

10
R
Roadrunner
em 2014-05-06 00:53:46

...mas com pastilhas elásticas...

11
O
Olivier
em 2014-05-09 13:04:17

Abstract and highly effective.

12
A
Ana Lúcia
em 2014-05-12 21:46:03

O conjunto foto e poema fez-me lembrar um grito. Um grito de quem já está farto.

P.S.- é só a minha interpretação.

13
R
Remus
em 2014-05-12 22:09:22

Muito obrigado pelos vossos pontos de vista.

Jarek and Willem: Thank you.
Mariiana Capela: Acha... mas não tem a certeza. Tem que lhe perguntar. :-P
Ana Freire: Não tem nada que agradecer, eu incluí o blogue na minha lista porque quis. ;-)
Manu e Lis: Eu não chamaria este chão de limpinho...
Olivier: Merci.
Ana Lúcia: Aceito a tua interpretação e até partilho dela... Pelo menos desta vez não pediste nada. :-P

14
V
Vera Cymbron
em 2014-05-19 14:13:56

Pavimentos, gosto. Talvez desse mais contraste a fotografia.

15
A
Alex
em 2014-06-03 23:55:12

grafismo puro e duro... simples e completamente funcional!