Pontos deVistas

Se a miséria é triste em fotografia, imagine no estômago.

Espreitei e nada vi... Anterior Seguinte

Espreitei e nada vi...

       Anterior Seguinte       

#Experiment

Bati, bati... mas nada, e por isso, como por aqui as portas nunca estão fechadas à chave, lá entrei na casa do Coelho e reparo que a casa dele está horrivelmente suja e velha, com aquele ar de casa abandonada. Naquele momento, parei para reflectir um pouco e apercebi-me de que nunca antes tinha ido a casa do Coelho. Afinal, nunca tinha sido preciso, já que ele sempre chegava à mesa primeiro do que eu. Agora, não o encontrava. Eu nunca poderia começar a tomar chá sem ele, seria devastador para a minha pobre e frágil alma.
Fui logo à sua procura, em todos os sítios possíveis e imaginários. Comecei por vasculhar em todos os cantos da velha casa, em todos os prados esverdeados eu andei, em todas as tocas subterrâneas eu espreitei e nada vi. Fui então bater à porta das pessoas da aldeia Maravilha, a aldeia das pessoas que tinham a terrível mania de me chamarem louco, mas, naquele momento de desespero, não me preocupei muito com isso.
(...)
A primeira casa onde bati pareceu-me tão exageradamente colorida como todas as outras, à minha volta, o que sempre me repugnava. Quando a porta se abriu, não hesitei em perguntar logo pelo Coelho, que estava sempre a tomar chá comigo. A mulher ao ouvir aquilo começou-se a rir, essa sim, que nem uma autêntica louca. Quando, finalmente, a mulher parou de rir, embora continuando a olhar-me com ar alucinado, disse-me, em tom muito sério, algo que nunca tinha pensado ouvir antes:
- O teu amigo Coelho? Esse já morreu há 10 anos!!!

Excerto do texto «Memória de um louco, de um chapeleiro louco» escrito por Diana Rogagels, aluna do décimo ano e participante no projecto Alice no País das Maravilhas.

#Flinpo #Pelo buraco da fechadura

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 2933
Publicação: 2017-02-20
Grupo: Experiências
Câmara: COOLPIX L29
Abertura: f 3.2
Distância focal: 4.6 mm
Velocidade do obturador: 1/8 sec
Flash: Disparado

  Mais fotografias

Brindemos a isso... Flor de Inverno Sinalética Até me perder... Peristilo Aceso na alma Não sei quem és Igreja do surf

  Escolha da semana

Gootchaï 's Photoblog: L'intérieur de la tour de refroidissement 4/4
Gootchaï 's Photoblog: L'intérieur de la tour de refroidissement 4/4

  Comentários

Existem 14 pontos de vista. Quem será o próximo?
Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar Gravatar
01
Gravatar Questiuncas
em 2017-02-20 15:55:42

Vamos lá esclarecer esta fotografia.
Primeiramente, os aspectos técnicos. O porquê do flash, com aquele tempo de obturação. Foi mesmo para ficar uma fotografia brilhante?
Segundo, os apectos da composição e outros.
Está visto que a fotografia tem o alto patrocínio da nokiN. Não conheço esta marca, deve ser uma sucursal da Nokia. E a camisa?! Faz-me lembrar aquelas camisas havaianas ou moçambicanas. E as unhas, muito bem cortadas, certamente que foram passadas horas na estaticista.
Resumindo, algo de útil neste meu comentário? Nada vi...

02
Gravatar Steven
em 2017-02-20 16:03:44

An interesting shot that appears to be through a keyhole. It leaves it up to many interpretations, which is a good thing.

03
Gravatar Dida
em 2017-02-20 19:47:24

Andou aos tiros?
Parece a ponta de uma arma.
Não é que eu tenha alguma, entenda-se :-)
Bem, se calhar é uma viola invertida.
Oups... uma fechadura? Ai é?

04
Gravatar Manu
em 2017-02-20 22:52:30

Eu tou a ver, já espretei pelo buraco da fechadura :P
Já percebi que foi à manicure, as unhas estão bem arranjadinhas :) :)

05
Gravatar João Menéres
em 2017-02-20 23:52:55

Como não se deve espreitar, nada vi.
:-) :-)

06
Gravatar Willem
em 2017-02-21 09:07:11

A fine successful experiment, it seems that you have photographed through a keyhole..

07
Gravatar Elisa Fardilha
em 2017-02-21 12:19:27

Bela e misteriosa foto!
Entrei de mansinho e vi mão do Remus a apontar-me uma arma e?... já fui!
Espreitei, curiosa e pareceu-me ver o buraco de uma fechadura!!!

Beijinhos.

08
Gravatar Omid
em 2017-02-21 12:35:09

:)
such beautiful frame, focus, colors, lights & reflections!
Amazing!

09
Gravatar Ana Lúcia
em 2017-02-21 20:49:51

Alice no País das Maravilhas e o Chapeleiro Louco! Adoro a história :)

10
Gravatar L Reis
em 2017-02-21 21:58:58

Oooohhh! Eu sei o que isto é! O Chapeleiro Louco atirou uma flashada à alma penada do Coelho que se tinha escapulido, pelo buraco da fechadura, para a sala ao lado onde se encontrava a Rainha de Copas que desatou a gritar sustenidos histéricos: "NIKONNIKON". Está feito e explicado.

11
Gravatar Roadrunner
em 2017-02-26 12:10:56

Nem eu...

12
Gravatar Ana Simões
em 2017-02-28 10:14:29

O Chapeleiro louco da Alice... adorei ler e reviver um pedacinho desta historia louca...
A foto.. bom.. pelo buraco tb nada vi.. então o Remus inverteu a situação e mostrou outros elementos do lado de fora. Está bem imaginada sem dúvida! Mas.. pelo buraco da fechadura.. nada vi... rsss
Beijos

13
Gravatar Alex
em 2017-03-02 23:46:08

lol... isto até parece o cano de uma pistola!! :) qual buraco da fechadura.. :)

14
Gravatar Remus
em 2017-03-25 18:20:16

Obrigado por terem também espreitado comigo pelo buraco da fechadura. :-)

Questiuncas: Foi uma experiência em que tirei várias fotografias, umas com flash, outras sem flash. No momento da escolha acabei por optar por esta, porque achei que estava fora do normal e porque consegue-se ver o buraco da fechadura muito bem delineado. Pormenor que na maioria das outras fotografias que tirei não aconteceu.
E não era uma camisa, mas sim uma camisola bem quentinha, porque a fotografia foi feita em Janeiro e estava frio. ;-)
Steven, Willem and Omid: Thank you.
Dida: Uma coisa é certa: Algures nessas dúvidas, está a sua resposta. :-P
L Reis: Agora sim, está tudo devidamente bem explicado. :-P
Alex: Eu nunca vi o cano de uma pistola de perto, mas acho que o cano das pistolas não possuem este formato. Penso eu... ;-)