Pontos deVistas

Fotografia é um dom. Acredite, um ângulo errado muda tudo.

O primeiro de todos os meus sonhos Anterior Seguinte

O primeiro de todos os meus sonhos

       Anterior Seguinte       

#General

o primeiro de todos os meus sonhos era sobre
um amante e o seu único amor,
caminhando devagar (pensamento no pensamento)
por alguma verde misteriosa terra

até o meu segundo sonho começar —
o céu é agreste de folhas; que dançam
e dançando arrebatam (e arrebatando rodopiam
sobre um rapaz e uma rapariga que se assustam)

mas essa mera fúria cedo se tornou
silêncio: em mais vasto sempre quem
dois pequeninos seres dormem (bonecas lado a lado)
imóveis sob a mágica

para sempre caindo neve.
E então este sonhador chorou: e então
ela rapidamente sonhou um sonho de primavera
— onde tu e eu estamos a florescer

Poema «O Primeiro de Todos os Meus Sonhos» de E. E. Cummings, in "livrodepoemas" numa tradução de Cecília Rego Pinheiro.

  Partilhe

  Informação técnica

Fotografia N.º: 3698
Publicação: 2019-11-12
Grupo: Geral
Câmara: NIKON D90
Abertura: f 5
Distância focal: 50 mm
Velocidade do obturador: 1/160 sec
Flash: Não Disparado

  Mais fotografias

Cercado por muralhas altas Secreto me acho «Olea Europaea» Origem do entendimento Conceito de beleza Esfumados na mesma cor baça Pena de morte Tectrizes

  Escolha da semana

Grifo Planante: O Pequeno Pastor
Grifo Planante: O Pequeno Pastor

  Comentários

Existem 12 pontos de vista. Quem será o próximo?
AAAJSJWMLRRJ
01
A
Ana Lúcia
em 2019-11-12 22:27:51

A "cortina" de ramos não esconde o mundo mágico e tentador que está do outro lado. Cativante.

02
A
Ana Lúcia
em 2019-11-12 22:28:36

:) Obrigada pelo destaque da semana. É sempre bom ter um miminho de vez em quando.

03
A
Alex
em 2019-11-12 23:30:30

grande grafismo

04
J
Janita
em 2019-11-12 23:52:09

Então, esta fotografia obtida a partir da janela do sótão, da casa paterna, que sonho do Remus simboliza? ;)

05
S
Steven
em 2019-11-13 00:47:50

A nicely-layered composition!

06
J
João Menéres
em 2019-11-13 06:52:45

Sinto-me preso, tal mosca numa teia de aranha.

07
W
Willem
em 2019-11-13 14:26:25

A beautifully layered composition in this fall photo.

08
M
Manu
em 2019-11-14 12:11:24

Ainda longe, afastei devagarinho um pouco da ramagem e espreitei 🤔
Digamos que vim matar saudades tuas 😎

09
L
Lis
em 2019-11-14 22:42:31

Primeiro pra dizer que gostei muito da citação de hoje (97% da população não acredita nos políticos, e os outros 3% são os políticos)_ ainda bem que somos parte dos 97%, não?
E gostei também dessa ramagem 'agreste de folhas que dançam e dançando arrebatam'... e com as cores dos casarios_ a imaginação!
_o poema, bem romantiquinho!

10
R
Roadrunner
em 2019-11-16 10:15:45

Isto agora virou um tratado de poesia... 😏
Um sonho desfolhado.

11
R
Remus
em 2019-12-11 18:26:28

Obrigado por partilharem os vossos sonhos (comentários e visitas) comigo.

Janita: Simboliza que existe um mundo sempre lá fora. Pode ser um mundo bom ou um mundo mau, mas seja o que for, ele existe. E que mesmo que o mundo seja mau, nele existem boas pessoas. Assim como num mundo bom, existirão más pessoas. ;-)
Steven and Willem: Thank you.
Lis: Eu claramente não sou político. :-D

12
J
Janita
em 2019-12-20 21:44:50

Remus... Só hoje me debrucei sobre o que aqui me respondeu.
De facto, quando olhamos o mundo, lá fora, a partir da segurança das nossas quatro paredes, temos tendência para idealizar gente perfeita, num mundo onde tudo é bonito e bom. Era aí, que gostaríamos de estar, de viver, de ser, mas...

Conhece o soneto de Florbela Espanca: "Minha Culpa"?

No segundo terceto está a chave que abre a alma e a verdade de todo o ser humano. A meu ver, bem entendido.

“Sei lá quem sou? Sei lá! Cumprindo os fados,
Num mundo de maldades e pecados
Sou mais um mau, sou mais um pecador...”

Se já não "nos falarmos", desejo-lhe um Feliz Natal. :)